SEO para e-commerce: Guia completo [Funciona para lojas de dropshipping]

seo para e-commerce

Se você não aguenta mais gastar dinheiro com anúncios para fazer vendas nas suas lojas seus problemas acabaram.

Eu vou te entregar o passo a passo necessário para você otimizar a sua loja com técnicas de SEO e conseguir muito tráfego sem ter que investir em anúncios para fazer vendas.

Para quem é este artigo? Este artigo é para quem:

  • Tem e-commerce, de qualquer ncho;
  • Consultores de SEO que querem aumentar as visitas de seus clientes;
  • Tem Lojas de Dropshipping, iniciantes ou avançadas;
  • Quer abrir um E-commerce e, não tem ou, não quer investir em publicidade paga;

No final deste artigo você terá aprendido a:

  • Criar uma estratégia de tráfego orgânico eficiente para o seu projeto;
  • Otimizar os principais itens dentro de um E-Commerce;

Então, vamos lá, estou muito animado para passar esse conteúdo para você, o mercado de e-commerce vem crescendo bastante no Brasil, principalmente, pelo boom do dropshipping que trás, todos os dias pessoas novas para o nosso mercado de marketing e vendas na internet.

Antes de te ensinar sobre SEO, vamos entender algumas coisas básicas.

Tráfego para E-commerce

Não só e-commerces mas todo, e qualquer, site da internet precisa de tráfego para poder vender, tráfego são visitantes.

A aquisição de novos visitantes na internet é dividida é duas categorias; Orgânico e pago.

A maioria não entende o significado da palavra tráfego orgânico e acredita ser tráfego grátis, isso não é verdade, orgânico é orgânico e não grátis.

A maior parte do tráfego que eu tenho nos meus projetos é orgânico, eu sou especialista em SEO e consigo, com facilidade, gerar tráfego orgânico para os projetos e acredito também que o tráfego orgânico, vindo do Google, é a forma mais eficiente de gerar tráfego qualificado na internet.

O que nós vamos ver aqui, neste artigo, são técnicas de SEO para conseguir colocar o seu e-commerce no topo dos resultados das buscas e com isso receber visitantes que procuram por determinados produtos no Google.

No final desse artigo você poderá aplicar as técnicas que vou te ensinar e ficar relacionado entre os primeiros resultados de pesquisas do Google, gerando mais visitas e consequentemente mais vendas.

Introdução ao SEO para E-commerce

Começaremos pelo começo, a primeira coisa que você deve entender é que para um subir o outro tem que descer.

Eu não vou te dar um checklist e mandar você seguir para atingir o topo do Google, quem falar isso estará mentindo, isso não existe, o jogo aqui é 1v1. Você precisa ser melhor que o seu concorrente, PONTO.

Ao contrário do que muitos pensam fazer SEO para e-commerce é mais simples do que fazer SEO para sites e blogs.

Por que? O SEO é dividido em três etapas.

1 – Planejamento;
2 – Otimização;
3 – Autoridade.

A etapa do planejamento é a seleção das palavras-chaves, no e-commerce não é necessário se preocupar com esta etapa, visto que você vai posicionar para os seus produtos.

Ex.: Imagine que você tenha uma loja de cosméticos e precise posicionar para a palavra: “brinquedos vingadores guerra infinita”. Naturalmente você já terá essa palavra, pois é exatamente o produto que você vende.

A etapa da otimização é bem tranquila, como eu disse lá em cima, você precisa ser melhor que o seu concorrente e saca só essa história que eu vou te contar para te ensinar isso.

Imagine um campeonato de surf, mas em um mar com pouquíssimas ondas, você como surfista, não conseguirá fazer muitas manobras para impressionar os juízes e ganhar o campeonato, isso é ruim, não? A resposta é não, porque da forma que você tem dificuldades o seu concorrente também terá.

É exatamente assim que funciona o e-commerce, é ruim para otimizar, mas é ruim para todo mundo.

O maior fator de otimização de posicionamento dentro de uma página é a repetição de palavras-chave, logo, quanto mais palavras você tiver, mais você vai conseguir explorar as palavras-chave e mostrar para o Google que você está falando sobre determinado assunto, mas como é ruim para todo mundo, fica tudo na mesma.

O único fator passível de otimização pesada é a autoridade que são os backlinks adquiridos, apontamentos de outros sites que fazem com que a sua loja aumente a reputação com o Google.

Esse fator é o mais pesado na otimização de um e-commerce.

Agora que você sabe quais são os pontos fundamentais de um projeto de SEO, vamos à parte prática.

Como otimizar o planejamento da minha loja virtual?

A primeira coisa que você vai fazer é checar se seus produtos têm buscas, as vezes, por um erro estratégico você pode estar perdendo uma oportunidade muito grande de ter sua loja no topo do Google.

Como fazer isso? Simples, você deve utilizar uma ferramenta de planejador de palavras-chave para te ajudar, eu recomendo o Ubersuggest.

É muito importante que os seus produtos apareçam nas ferramentas de planejamento de palavras-chaves, assim você vai assegurar que existem pessoas buscando por esse produto no Google.

Antes que você se pergunte não se atente ao volume de buscas, esse volume de buscas é mensal mas ele é apenas uma estimativa, a quantidade de pessoas buscando o produto é sempre maior por conta que elas usam parâmetros diferentes para buscas que não necessariamente entram na contagem das ferramentas.

Você deve se assegurar que os seus produtos são produtos que você consiga encontrar no planejador, mesmo que tenha 10 buscas, ou zero. Eles precisam aparecer.

Otimização de loja virtual

Essa parte é bem interessante e o que eu vou falar aqui serve para qualquer plataforma seja: Shopify, WooCoomerce, Loja Integrada…

Otimizando a velocidade da sua loja

A primeira coisa que deve ser priorizada dentro de uma loja otimizada para SEO é a velocidade, a velocidade tem um fator de posicionamento muito forte nos últimos tempos e para saber a velocidade da sua loja você pode usar o Gtmetrix.com ele vai te dar, medido em segundos, a velocidade da sua loja.

O ideal é que a loja tenha o tempo de carregamento menor que 3 segundos, mais que isso poderá ser um problema para o posicionamento.

Otimizando o título da sua loja

O segundo item que deve ser priorizado é o título das suas páginas, eu vejo em muitas lojas um erro grotesco nos títulos, o título tem que ter a palavra-chave que você quer posicionar.

Ex.: Se você identificou através da análise a palavra “Brinquedo Homem de ferro Vingadores Guerra Infinita” o seu título deve conter essa palavra e nada mais.

Esquece colocar o nome da loja, informações inúteis como telefone ou qualquer outra coisa no título, você deve manter a palavra que você quer posicionar o mais próximo da esquerda possível.

Veja o título desse post: “SEO PARA E-COMMERCE”. Esse é o jeito certo de fazer.

Otimizando as palavras-chave da sua loja

Depois de ter otimizado o título vamos para todo o resto, a sua informação deve ser coesa, direta, objetiva e deve conter o máximo de vezes a palavra-chave do seu produto, sem causar uma má experiência para o usuário.

Muitas lojas não contém nenhuma vez a palavra-chave que quer posicionar no meio da página, dessa forma o Google não consegue identificar que aquele site em específico esteja falando de determinado assunto.

Otimizando as imagens da sua loja

Por último e não menos importante vem o fator imagens, elas não devem ser ignoradas, as imagens devem ser leves e conter a palavra-chave no NOME DA IMAGEM, a sua imagem deve ser upada para a loja com o nome.jpg.

Ex.: “brinquedos-homem-de-ferro-vingadores.jgp” para a palavra Brinquedos homem de ferro vingadores.

É mais uma forma de o Google entender que a sua loja está falando sobre determinado assunto.

Depois de ter terminado de fazer tudo isso na sua loja, vem a última e mais importante parte do processo que é a autoridade.

Aumentando a autoridade da sua loja

Essa é a parte mais complexa e mais importante do processo, você precisa aumentar a autoridade da sua loja perante o Google e você precisa fazer isso através de backlinks, os backlinks são apontamentos de um site para o outro.

Eu vou deixar o link de um artigo completo sobre backlinks para você entender melhor, caso queira.

Ler artigo completo sobre backlinks

A questão é: realmente vale a pena fazer tudo isso para conseguir tráfego do Google para a minha loja?

Vale a pena fazer SEO para loja virtual?

Bom, vamos ver alguns números.

Estatisticamente um site recebe em média 25%,18%,15%,12%,8% de acessos do volume total de buscas para as posições 1,2,3,4,5 respectivamente.

Isso significa que se você posicionar em primeiro para uma palavra com 40.500 buscas você terá 10.125 acessos mensais, em média.

Os resultados em SEO em algumas vezes não vem em curto prazo, mas a médio e longo prazo é o melhor investimento possível para quem quer ter uma consistência em vendas.

Se você curtiu esse assunto e quiser saber mais sobre SEO, Vendas, Marketing e negócios eu te convido a participar do meu canal no telegram, é gratuito e lá eu compartilho conteúdos novos todo dia.

Bruno Medeiros
Bruno Medeiros é Carioca, Nômade Digital, Ancap, Especialista em Marketing e viciado em quebrar padrões. #VemComigo

Mais Posts

Hey,

Deixe seu comentário