Como escrever um artigo em 40 minutos ou menos

Escrever um artigo pode parecer muito difícil para muitos, talvez, você tenha encontrado este artigo justamente por ter encontrado dificuldades em produzir os seus textos.

Hoje eu vou te ensinar o passo a passo detalhado de como escrever um artigo, mesmo que você seja um completo iniciante e nunca tenha escrito nenhum artigo.

Para escrever um artigo você não precisa ser um exímio escritor

A primeira coisa que você tem que entender é que você não precisa ser um professor pasquale para começar a produzir seus conteúdos na web, existe uma máxima que diz: “A melhor comunicação é a que é entendida.” Se preocupar com isso é uma tremenda perda de tempo.

Tirem-me como exemplo, sempre fui péssimo em português, tenho TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade) que atrapalha muito na concentração para escrever um artigo e ainda assim escrevi mais de 140 artigos para este blog, gero dezenas de orçamentos mensais e atinjo mais de 20mil visitantes únicos por mês. Tudo isso com um português bem mediano.

O ponto é: Se eu consigo, você também consegue.

Agora que você já sabe que você não precisa ser um expert em português vamos começar a aprender as técnicas que vai te ensinar como escrever um artigo em menos de 40 minutos.

O primeiro ponto a considerar antes de começar a escrever um artigo é entender qual é o objetivo do artigo. Os artigos, na maioria das vezes, fazem parte de uma estratégia de conteúdo que por sua vez faz parte de uma estratégia de marketing.

Com a produção de conteúdo é possível você ter inúmeros benefícios no marketing da sua empresa ou negócio, dentre eles os maiores são: Aumento de visibilidade, Aumento de autoridade e educação do cliente.

De todos os sites e blogs que eu analiso diariamente eu consegui identificar alguns erros comuns entre as pessoas que tem sucesso escrevendo artigos e as que não tem.

O primeiro grande erro que a maioria comete é: NÃO TER UM OBJETIVO CLARO PARA AQUELE CONTEÚDO.

As pessoas escrevem um artigo simplesmente por escrever, não encaixa esse conteúdo dentro de uma estratégia, não mantém uma frequência de postagem para cada artigo fazer o devido sentido. Se você buscar aqui no blog encontrará vários artigos relacionados ao mesmo tema, com menções, citações, o objetivo de todo o conteúdo que eu faço aqui é educar o meu potencial cliente.

Se você está lendo este artigo é porque se interessa pelo que eu escrevo e eu tenho muito mais para poder te ensinar, só que você não sabe disso, mais abaixo do texto eu vou te falar sobre a promoção do artigo, talvez, hoje, você só tenha o problema em saber como escrever o artigo e logo mais descobrirá que existem outras coisas além de somente escrever.

O objetivo deste artigo é te educar, te mostrar o que você precisa e deixar você tomar a decisão correta entre: Fazer sozinho ou me contratar para fazer.

Então, criar um artigo por criar não faz sentido algum, estará desperdiçando tempo e dinheiro.

Planeje a sua pauta de conteúdo antes de começar a produção, veja este vídeo que ensina como fazer um planejamento de conteúdo.

O segundo erro é: NÃO PENSAM NA PROMOÇÃO DO ARTIGO.

Escrever o artigo é uma coisa, fazer este artigo chegar nas mãos de uma pessoa é outra completamente diferente. São “setores” diferentes um da produção outro da promoção.

Como fazer o meu conteúdo chegar nas pessoas?

como escrever um artigo inicio

Só existe uma forma de você conseguir fazer o seu conteúdo atingir pessoas, fazendo promoção. Você precisa divulgar o seu artigo para que outras pessoas possam ver, correto? Agora, existem “N” maneiras, que estão divididas em duas categorias, de você fazer essa promoção. A forma orgânica e a forma paga.

Promoção orgânica x Promoção paga

A forma de divulgação paga é quando você utiliza de recursos financeiros, pagando a plataformas, para fazer o seu conteúdo chegar até outras pessoas. Facebook, linkedin, Instagram, YouTube e diversos outros canais de comunicação trabalham com essa modalidade.

Você paga ao Facebook e ele divulga para determinadas pessoas o seu conteúdo, essa é uma das maneiras de conseguir pessoas para lerem os seus artigos.

A outra forma de divulgar os seus artigos é organicamente.

Conseguir tráfego orgânico consiste em: “Ser encontrado naturalmente.” Você publica o seu artigo e naturalmente as pessoas encontram aquele conteúdo, existe a possibilidade de gerar tráfego orgânico em diversas plataformas, mas, de longe, a grande maioria dos blogs e sites que tem muitos acessos orgânicos tem uma presença muito forte no Google. Afinal, o Google é o site mais acessado no mundo inteiro e é referência para pesquisas em praticamente todos os mercados.

Quem nunca falou: “Não sei a resposta para isso, vou procurar no Google.”

O ponto é exatamente este: Não adianta você saber escrever um artigo se você não sabe fazer a promoção dele, eu vou te ensinar neste artigo como você além de aprender a escrever um artigo fazer com que ele posicione nas primeiras posições do Google, trazendo assim muitos visitantes.

Caso queira saber como escrever um artigo e não quiser aprender como escrever um artigo e fazê-lo ficar visível para as pessoas lerem ainda dá tempo de abandonar o post.

Como escrever um artigo: Otimizações a serem feitas

Existe uma técnica de otimização de textos para web que é chamada de “SEO” que significa Otimização de páginas para os mecanismos de buscas, a grosso modo é otimizar páginas para aparecem no Google.

Você pode perfeitamente inserir essas técnicas no seu artigo e além de escrever um bom artigo deixar ele otimizado para aparecer nas buscas.

Vamos à parte técnica do SEO.

O que eu preciso entender de SEO para conseguir escrever um bom artigo para o meu blog?

Você precisa saber o básico, você precisa entender que o Google é um algoritmo (robô) que faz a leitura das páginas e classifica quem fica e quem não fica no topo das pesquisas baseado no que ele encontrou.

Este artigo, por exemplo, pode ser muito bom para você, leitor, mas não tão bom para o Google. Isso porque o Google tem cerca de 200 fatores, 200 itens que ele avalia para determinar se o artigo é bom ou não.

Os 200 fatores estão divididos em 2 categorias: On-Page e Off-Page.

A categoria On-Page cuida de toda a parte de otimização interna da página e a off-page da parte externa.

A parte interna é: Títulos, textos, imagens, velocidade, vídeos, etc…

A parte externa é: Backlinks, autoridade, relevância do site, reputação, sinais sociais, etc…

Para você aprender como escrever um artigo e fazer com que pessoas consiga encontrar o seu texto você vai precisa necessariamente de entender de otimizações internas, mas fica tranquilo que eu vou te dar um passo a passo aqui simples para você executar.

Voltando a falar da parte técnica… Você precisa encontrar um equilíbrio no seu texto para que ele seja bem interpretado tanto pelo Google quanto pelo usuário.

O que o Google precisa saber para classificar meu artigo como bom?

O Google precisa de indícios que você está falando sobre determinado assunto, quando o Google acessa a sua página ele só consegue ler os códigos HTML (linguagem de programação) que compõem a página. Ele não tem sensibilidade humana para ler todo esse meu texto e ver, de fato, que estou passando uma informação de qualidade.

Ele se baseia em indícios, que são as conhecidas OTIMIZAÇÕES, para entender o contexto da página e é aí que você vai entrar.

Como escrever um artigo que o Google goste?

como escrever um artigo que gere dinheiro

Primeiro de tudo o seu texto TEM que estar claro para ele. OK, mas o que é “Claro para ele?” Lembra que te falei dos indícios?

Vamos lá, vamos começar a bombardear o Google para entender que estamos fazendo a coisa certa.

A primeira grande coisa para ser otimizada em um artigo é: Título. Ele é quem vai mandar na página, se o seu título não estiver condizente com a sua página ele simplesmente não vai te posicionar por não conseguir entender do que se trata.

Ex.: Você faz um artigo e deseja posicionar para a palavra: Ler livros on-line. E no seu título você coloca: “Como aprender mais sem sair de casa.”

O Google nunca vai entender que você está falando sobre LER LIVROS ON-LINE visto que o seu título é COMO APRENDER MAIS SEM SAIR DE CASA. Que faz total sentido para o usuário.

Eu posso estar navegando e encontrar um artigo que fale sobre como aprender mais sem sair de casa e lá dentro descubro um site bacana para ler livros on-line, perfeito. Mas o Google NÃO tem essa sensibilidade ele só vai conseguir entender que você está falando sobre ler livros on-line se no seu título estiver exatamente a palavra ler livros on-line ou algo muito relacionado.

Então anota aí, o seu título DEVE conter a palavra-chave principal do seu artigo, a palavra que faça sentido para o seu usuário encontrar quando ele te buscar no Google.

Depois do título vem a parte da otimização do artigo de uma forma geral que tem como peça fundamental o item: palavras-chave.

Quanto mais vezes você repetir a sua palavra-chave principal, a mesma que você definiu no planejamento, melhor é para o Google entender do que se trata o seu artigo.

Porém, o seu artigo não pode simplesmente ter varias vezes a palavra repetida sem estar em um contexto lógico, o Google precisa encontrar certa coerência entre as repetições.

O que eu sempre digo é: Repita o máximo de vezes possível, desde que mantenha um contexto lógico. Não vá repetir por repetir, o Google vai sacar que você está fazendo isso somente para enganar o robô e não vai gostar nada disso.

Inserindo componentes multimídias

Qualquer item multimídia (imagens, vídeos e áudios) inserido no seu artigo somam positivamente na otimização, isso porque além de trazer uma boa experiência para o usuário (que é um fator de ranqueamento) faz com que o usuário se mantenha por mais tempo na página (outro fator de posicionamento).

Tudo que for facilitar a vida do usuário conta positivamente, o Google quer os melhores sites nas primeiras colocações, pense que na hora de escrever o seu artigo o seu artigo vai ser o melhor que o usuário pode encontrar.

Todas as vezes que você insere uma imagem, um vídeo ou um áudio você ganha a possibilidade de mostrar mais uma vez para o Google sobre o que você está falando, é possível utilizar descrições nas imagens e assim deixar mais “pistas” para o Google conseguir entender o seu artigo.

Dica: Eu quando paro para escrever, faço o artigo todo depois insiro algumas imagens só para poder repetir a palavra-chave nas imagens e ganhar mais pontos com o Tio Google.

Bom, você entendeu os fundamentos, agora vamos ao modelo que eu uso e que você também pode começar a utilizar agora para escrever o seu artigo em menos de 40 minutos.

Como escrever uma artigo: Modelo PRONTO!

Existem diversas formas de otimizar um artigo eu vou ensinar para você aqui um modelo bastante utilizado no mercado de conteúdo e eu tenho certeza que vai te ajudar muito.

O modelo que vou te passar é o modelo “How-To” ou “Como fazer”.

Esse tipo de conteúdo é bastante aceito, pois muitas pessoas procurarem no Google nesse formato.

“Como fazer um bolo de maracujá.”

“Como fazer um site.”

“Como organizar as finanças pessoais.”

O modelo que eu uso funciona assim:

  • Introdução
  • Gancho
  • Desenvolvimento do Gancho
  • Desenvolvimento do tema
  • Considerações finais

Vou te dar um exemplo preenchido do modelo com o tema POSICIONAR UM SITE NO GOOGLE.

Introdução

Neste artigo você vai aprender a POSICIONAR UM SITE NO GOOGLE. Que certamente é um grande benefício para empresas e profissionais autônomos que buscam alavancar as vendas, afinal, o Google é o site mais acesso do mundo e todos os dias várias pessoas estão procurando por sua empresa ou serviço na internet.

Gancho

Antes de te falar o que fazer para posicionar um site no Google, eu preciso te contar algumas coisas.

A primeira coisa é que: Não adianta você posicionar um site no Google por posicionar, você precisa ter um processo de vendas bem definido na sua empresa, tendo um processo bem definido você vai conseguir aumentar a sua taxa de conversão e aproveitar melhor os benefícios de ter um site posicionado no Google.

Desenvolvimento do gancho

Como montar um processo de vendas na sua empresa?

Para montar um processo de vendas é preciso ficar atendo ao item X, Y,Z…. Aqui continua o desenvolvimento do gancho.

Desenvolvimento do tema

Bom, agora que você já viu como montar o seu processo de vendas vamos começar a otimizar o seu site para ele aparecer no Google.

O Google trabalha com diversos fatores de posicionamento, tendo como principal base…… Aqui entra no desenvolvimento do tema propriamente dito.

Considerações finais

Neste artigo você viu como posicionar um site no Google e viu também que é importante ter alinhado um bom processo de vendas para que tudo isso funcione, se você quiser saber mais sobre esse assunto acesse X,Y,Z….. Aqui vai a CTA.

Explicação técnica de porquê esse modelo funciona

Tecnicamente falando você precisa repetir a palavra-chave diversas vezes e precisa também manter tanto o leitor quanto o robô do Google entretido no seu assunto.

Com essa estrutura, você faz isso de forma natural, porque o gancho SEMPRE vai estar ligado à introdução facilitando você a explorar mais vezes a palavra-chave de forma natural.

Vamos analisar o exemplo que eu dei.

Introdução

Neste artigo você vai aprender a POSICIONAR UM SITE NO GOOGLE. Que certamente é um grande benefício para empresas e profissionais autônomos que buscam alavancar as vendas, afinal, o Google é o site mais acesso do mundo e todos os dias várias pessoas estão procurando por sua empresa ou serviço na internet.

Gancho

Antes de te falar o que fazer para posicionar um site no Google, eu preciso te contar algumas coisas.

A primeira coisa é que: Não adianta você posicionar um site no Google por posicionar, você precisa ter um processo de vendas bem definido na sua empresa, tendo um processo bem definido você vai conseguir aumentar a sua taxa de conversão e aproveitar melhor os benefícios de ter um site posicionado no Google.

Numa breve explicação, eu repeti 4 vezes a palavra exata que eu quero posicionar em menos de 130 palavras. Além de manter o assunto dentro do contexto, usando várias palavras que estão relacionadas a posicionar um site no Google, como: AUMENTAR TAXA DE CONVERSÃO, ALAVANCAR AS VENDAS.

Tudo isso entra no que o Google chama de LSI (latent Semantic Indexing) que são palavras-chave relacionados, palavras que pertencem ao mesmo campo semântico.

Viu como é fácil escrever um artigo? Hey, a maioria dos meus artigos eu utilizo esse template, é só você recapitular o artigo que acabou de ler e verás que eu usei essa mesma estrutura que acabei de te ensinar, se você ver os mais de 140 artigos que tem aqui no blog perceberá que eles compartilham da mesma estrutura.

Para criar um artigo desse, do zero, eu levo em média 40 minutos. Uns consigo mais rápido outros um pouco mais demorado, mas não passam de 1 hora e 20 minutos de trabalho.

O que achou desse artigo?

Então, o que achou desse artigo e dessa estrutura? Além de utilizar essa estrutura no meu blog eu utilizo em todos os meus clientes, treino os meu redatores para aprenderem a escrever nesse formato e sempre tenho bons resultados.

Em uma outra oportunidade eu ensino para você as estruturas que também pode ser otimizadas.

By | 2018-05-17T18:18:24-03:00 maio 17th, 2018|SEO|

About the Author:

Digital Marketer, profissional da área de comunicação e tecnologia há 10 anos, ajuda empresas e empreendedores a aumentarem os seus resultados utilizando o potencial da internet.

Leave A Comment