Como ganhar dinheiro na internet em Euro [Mesmo Morando no Brasil]

Ganhar dinheiro na internet é um sonho de muitos, ganhar dinheiro na internet em EURO então… nem se fala.
Neste guia eu vou te ensinar como você pode, mesmo que sem experiência, criar um negócio na internet que te permita receber em EURO de forma passiva e recorrente.
Quando eu cheguei na Europa, cheguei preparado para gastar em reais (afinal meus negócios são no Brasil) e com pouco tempo a Europa me convenceu que vale a pena receber em Euro.
A cotação flutua na faixa dos R$ 4,40. Hoje, dia 25/06 a cotação está em R$ 4,36 porém temos o problema das taxas de conversão.
Quando eu chego no mercado e vejo um produto que custa 5 Euros ele não me custa 5x 4,36 (R$ 21,80) por conta das taxas de conversão e impostos.
Eu pago em média 5 reais por Euro, pra usar aqui na Europa.

Vantagens de ganhar dinheiro na internet em Euro

Muita gente que descobre o mercado digital é altamente interessado em alguns dos grandes atrativos que o empreendedorismo na internet proporciona, principalmente a liberdade geográfica.
Eu não sei por qual motivo mas Brasileiro é doido pra sair do Brasil (Na verdade eu até desconfio o motivo da maioria dos Brasileiros quererem sair do país, mas isso é assunto para outro artigo.)
E sair do Brasil significa, na maioria das vezes, perder na conversão da moeda. Os lugares mais atrativos para morar e viver do trabalho da internet utilizam moedas mais valiosas que o Real fazendo com que você necessite de mais dinheiro para viver mais dignamente.
Ps.: Não pense: “Eu vou para Europa porque lá a vida é bem melhor” Ha Ha Ha! Te garanto que se você conseguir ter uma vida extremamente boa aqui, você vai ter uma melhor ainda no Brasil. Eu gasto quase duas vezes mais aqui pra manter o mesmo padrão de vida que eu tinha no Brasil.
Você ganhando em Euro elimina o problema da conversão e consegue viver com tranquilidade em qualquer lugar do mundo, inclusive no Brasil.
1.000 Euros são R$ 4.400,00. A média salarial aqui é na faixa de 1.300 Euros (Na Europa, de uma forma geral)
Ou seja… R$ 4.400,00 para nós é uma fortuna para os Europeus é apenas um salário mínimo.
Diferença brutal!!

A maneira mais fácil de ganhar dinheiro em Euro pela internet

Como eu sempre falo que na internet existem centenas de formas de ganhar dinheiro e construir negócios, mais uma vez, essa é só uma das possibilidades existentes.
Quando eu cheguei na Europa fui direto pra Barcelona, como sou do Rio fui atraído pelas praias e um público mais jovem e baladeiro. Assim que cheguei comecei a observar como eu poderia ganhar alguns Euros e comecei as pesquisas.
A maneira mais viável que pensei foi ALUGANDO SITES.
Esse modelo é bem legal, ele te dá uma renda recorrente e passiva.  É um negócio que rende bastante a médio e longo prazo, te dá segurança e escalabilidade.

Ps.: Renda recorrente é quando você recebe todo mês

Eu deixei o link de um artigo completo que ensina como ganhar dinheiro com aluguel de sites mas vou resumir aqui para você.
Basicamente você vai criar um site, posicionar-lo nas primeiras colocações do Google e quando esse site estiver recebendo orçamentos você vai alugar ele para uma empresa. Vai trocar os dados do seu site pelos dados do seu inquilino.
Veja só esse projeto que iniciamos, é um site de uma clinica de reabilitação e assim que ele estiver 100% pronto e posicionado nós alugaremos ele para alguma clinica de reabilitação.

Por que as pessoas pagariam pelo aluguel?

Essa é a pergunta que todo mundo me faz quando eu explico essa ideia de ganhar dinheiro na internet com aluguel de sites e a resposta é bem simples: Pelo mesmo motivo que as pessoas alugam casas.
Por que uma pessoa aluga uma casa? Não compra? Por que a maioria não tem dinheiro para fazer isso, um site posicionado e gerando orçamentos custa caro. Para você ter ideia nós cobramos a partir de 24 mil reais a consultoria.
Se uma clínica de reabilitação quiser ter o site dela nas primeiras colocações, contratando a minha empresa, ela vai desembolsar 24 mil reais, no mínimo(dependendo do tipo de projeto chega fácil aos 50 mil reais).
É por esse motivo que as pessoas alugam, invés de construir um site desse tipo.

Como alugar sites e ganhar em euro?

Isso é simples, só fazer o mesmo que é possível fazer no Brasil. Vamos ao passo a passo para você começar a construir o seu negócio e ganhar em euro ainda hoje.
O primeiro passo para a construção de sites de aluguel é a escolha do nicho, segmento de mercado.
Muitas pessoas não conseguem ganhar dinheiro com aluguel de sites justamente porque não sabem executar bem essa etapa, que é de extrema importância, para todo o processo correr bem.
Existem diversos nichos que são altamente propícios a pagarem alugueis, mas raciocine comigo…
Donos de negócios são empresários, correto? Empresários visam o que? O lucro, certo? Se a conta fechar na cabeça do empresário é negócio fechado. O que é a conta fechar? Se ele está investindo R$ 1.000,00 por mês e o seu site está gerando 100 cadastros, desses 100 cadastros 10 se convertem em venda e cada venda ele fatura R$ 5.000,00. O site está rendendo para ele R$ 50.000,00 qual é o problema dele pagar R$ 1.000,00 por mês?
Vou repetir a conta, é muito importante que você tenha entendido isso.
Vamos às métricas:
Valor do aluguel – R$ 1.000,00 (valor hipotético);
Quantidade de cadastros gerados pelo site – 100;
Negócios fechados – 10;
Ticket médio (valor médio dos produtos) – R$ 5.000,00.
Valor total faturado depois de 1 mês – R$ 50.000,00
Valor total faturado – valor do aluguel = R$ 49.000,00.
Ok?
É a mesma lógica de uma loja física, imagine que um empresário esteja alugando um ponto comercial. Ele vai fazer essa exata conta.
Valor do aluguel do imóvel – X;
Faturamento da loja – Y;
Se X for maior que Y ele vai quebrar, não vai ter dinheiro pra pagar o aluguel. Por isso lojas fecham 😉

Mercados potenciais para ganhar dinheiro na internet em EURO

O mercado europeu é bem diferente do brasileiro quando o assunto é tamanho, no Brasil existem centenas de mercados potenciais. São 230 milhões de habitantes e 130 milhões conectados na internet, é muita raça de gente!
Na Europa, infelizmente, o projeto tem que ser limitado por países por conta do idioma.
Aqui na França, onde estou agora, o público é muito antigo (40+ anos) isso dificulta o uso da tecnologia, o Google aqui quase não funciona as informações são quase sempre desatualizadas ou erradas. Mas em Barcelona, onde eu estava antes, consegui ver algumas oportunidades.

Alguns mercados potenciais na Espanha para ganhar em euro

ganhar em euro
O primeiro mercado que eu enxerguei foi o de aluguel de furgonetas. Furgoneta é um carro, uma categoria de carro, tipo VAN. É muito popular na Espanha e é normal uma pessoa comprar ou alugar uma furgoneta invés de um carro de passeio comum.
As palavras: FURGONETAS ALQUILER (Furgonetas aluguel), FURGONETAS EN ALQUILER( Furgonetas para alugar) e FURGONETAS DE ALQUILER (Furgonetas de aluguel) somadas totalizam 602.000 buscas, que é muito.
preco em euro furgonetas
 
Veja só, o aluguel de furgonetas custa a partir de 19 Euros por dia.
30 dias custa 570 Euros UM aluguel mensal, vale lembrar que é uma prática comum as pessoas manterem os carros alugados invés de comprar. Esse conceito é chamado de leasing operacional e é muito popular fora do Brasil.
Não faço ideia porque o brasileiro não adotou esse sistema, com o aluguel você fica isento de: Manutenção, IPVA, Seguro e tudo de ruim que existe no processo de ter e manter um carro. Ps.: Isso inclui ter que ir ao DETRAN.
10 veículos, mensais, alugados a 19 EUROS o dono da empresa vai ter um faturamento de 5.700 Euros.
Se você conseguir gerar 5.700 de faturamento para ele, qual é a dificuldade para ele te pagar 1.000 euros por mês?
Vou ser mais preciso, o primeiro colocado para uma palavra no Google recebe em média 23% do tráfego do total do volume de buscas. Nós vimos que as palavras, somadas, resultam em 602.000 buscas e 23% de 602.000 são: 138.460 acessos mensais.
Suponhamos que 1% desses 138.460 aluguel uma furgoneta você terá 1.384 operações.
Vamos imaginar que em média as pessoas fiquem 3 dias com o carro (número bem dentro da realidade) você vai estar gerando em média 78.888 Euros de faturamento mensal.
Você tem a possibilidade de gerar, para uma empresa Espanhola, o faturamento de 78.888 euros trabalhando na internet do Brasil.
O quanto você consegue cobrar mensalmente para essa empresa? Para ter acesso a seu site? Para que ele tenha divulgado as informações dele no seu site?
2 mil Euros? 4 Mil Euros? Agora converta isso para real. 4 mil Euros são quase 20 mil reais e isso é muito dinheiro se você vive no Brasil.
Nenhum outro mercado, pelo menos que eu tenha conhecimento, é tão grande quanto o de aluguel de carros e furgonetas, o fato de Barcelona ser uma cidade extremamente turística a demanda por esse tipo de serviço aumenta muito em relação a outras regiões.
O que você tem que ter em mente quando for começar a criar o seu projeto para ganhar dinheiro em euro é você precisa de um nicho de mercado que atenda os seguintes critérios: Ter um ticket médio alto e não ser encontrado fisicamente.
Ex.:No Brasil o nicho de geradores de energia é excelente, você não encontra uma loja que alugue geradores na rua com facilidade e o valor para o aluguel de um gerador é extremamente alto. Um orçamento de gerador passa fácil dos 20 mil a diária ( dependendo do evento).
Os geradores tem os contratos mensais, imagine um hospital sem luz? Existem geradores alugados lá para emergências, boates fazem o mesmo.

Como receber o dinheiro em euros estando no Brasil?

Fácil, existem centenas de meios de pagamento que te possibilitam receber em moedas estrangeiras um dos mais conhecidos é o PayPal com ele não tem problemas você enviar uma fatura para o cliente, ele pode pagar com cartão de crédito e você recebe na sua moeda.
Eu sempre utilizei o PayPal para receber pagamentos internacionais e nunca tive problemas.

Considerações finais

Eu acho super válido invés de criar projetos no Brasil, criar fora e receber em Euros. Em dólar não compensa tanto por conta da concorrência, o mercado americano é muito maduro e o nível de competição é bem maior do que na Europa. A maioria dos nichos no idioma inglês já tem pessoas atuantes e isso é um problema a dificuldade aumenta muito visto que muitos deles são bons no que fazem.
Se você quiser saber mais como ganhar dinheiro na internet, não só em euros, me siga no Instagram que eu sempre estou compartilhando algumas dicas e informações sobre o mercado de marketing digital.
Caso queira aprender mais sobre como ganhar dinheiro na internet eu recomendo este artigo: Como ganhar dinheiro na internet
 
 
 
 

Como ganhar dinheiro lendo livros: 3 Estratégias que funcionam em 2019

Apesar de ler livros não ser uma atividade presente na rotina da maioria dos Brasileiros muita gente investe dinheiro e tempo comprando e lendo dezenas de livros por ano.
Eu mesmo sou um super fã de leitura e já li mais de 200 títulos (A maioria nos temas de desenvolvimento pessoal e antropologia) pelo incrível que pareça eu ganho dinheiro lendo livros, muitas coisas que eu aplico na minha vida eu aprendi em livros e isso faz com que eu consiga crescer profissionalmente.
Mas não é sobre isso que você vai aprender a fazer aqui hoje, você vai aprender a literalmente ganhar dinheiro lendo livros, eu vou te ajudar a construir um negócio na internet baseado na sua experiência de leitura de livros.
Ps.: Essa estratégia vai funcionar MESMO que você nunca tenha lido um livro na vida.
Existem dezenas de formas de ganhar dinheiro na internet lendo livros, eu vou te ensinar as 3 que eu julgo serem as mais fáceis e rápidas para você aplicar.
Antes de eu entrar no assunto do post deixa te ensinar uma coisa que eu tenho certeza que vai te ajudar muito nessa sua empreitada de ganhar dinheiro na internet lendo livros.
Como eu falei anteriormente eu já li muitos livros e a maioria sobre assuntos de desenvolvimento pessoal, minha jornada de leitura começou quando eu precisei aprender muita coisa técnica (Coisas de marketing, SEO, etc…) e então eu comecei a buscar informações de como eu poderia aprender mais rápido, foi assim que eu conheci o desenvolvimento pessoal.
Bem no começo eu li um livro chamado: Mentes geniais, do Alberto dell’Isola.
mentes geniais ganhar dinheiro com livros
Alberto dell’Isola é um campeão de memorização, sim existem campeonatos de memorização, e ele ensina nos livros dele como você melhorar a sua memória.
Eu percebi que não fazia sentido ler muito se não conseguisse absorver o conteúdo do livro, vídeo ou qualquer outro canal de comunicação que eu estivesse usando para aprender.
Nesse livro eu aprendi sobre leitura dinâmica, uma técnica de leitura que faz com que você leia EXTREMAMENTE MAIS rápido quando eu falo extremamente estou falando de 3 a 4x mais rápido que o normal.
Eu consigo facilmente ler um livro inteiro em um dia, na verdade algumas poucas horas (2-3 horas dependendo do tamanho do livro).
E isso sem dúvidas é uma ferramenta de extrema importância para você, que quer ou pensa em ganhar dinheiro na internet lendo livros.
A minha recomendação é que você, mesmo que não curta esse tipo de livro, leia Os livros do Alberto dell’Isola e leia Também O PODER DO HÁBITO do Charles Duhigg.
Este último fala sobre o motivo que fazemos as coisas na nossa vida, você entender porque nós fazemos o que fazemos e como controlar isso. Você vai aprender o que são hábitos e vai entender que o nosso cérebro cria rotinas “automáticas” subconscientes para as nossas ações.
Você vai conseguir fazer coisas incríveis depois que ler esse livro, sério, vale muito a leitura.
Bom, essas são as recomendações iniciais para começarmos com o plano de ganhar dinheiro na internet lendo livros.

Que tipos de livros eu vou ter que ler para ganhar dinheiro?

que livro ler para ganhar dinheiro
Antes que você me faça essa pergunta deixa eu responder para você. Você pode ler QUALQUER tipo de livro, dos mais variados assuntos seja: Ficção, Religião, Política, Desenvolvimento pessoal, Literatura, enfim… TODOS e QUALQUER tipo de livro.
Portanto, fique tranquilo quanto a isso um dos grandes benefícios de ganhar dinheiro lendo livros é que você não precisa fazer o que você não gosta, a ideia é justamente essa fazer você ganhar dinheiro fazendo o que gosta, como eu faço 😉 Eu só ganho dinheiro fazendo o que eu gosto, eu NUNCA faço o que eu não gosto, por isso vivo feliz hahahha.
Para mim é um hobby trabalhar e quando fico sem trabalhar acho chato, eu curto o que faço.

Como ganhar dinheiro na internet lendo livros: A maneira mais rápida e fácil

Vamos à primeira, e melhor, forma de ganhar dinheiro com livros, na minha opinião.
Você vai precisar de pouquíssimo conhecimento técnico em tecnologia para conseguir executar essa estratégia. A estratégia geral vai girar em torno de você criar um blog para você e escrever resenhas sobre os livros que você leu. Com isso pessoas acessaram e você indicará os livros como afiliado.
O sistema de afiliados funciona assim: Você vai se afiliar a uma empresa (Nesse caso a Amazon) e com isso você ganhará o direito de revender os livros lá estocados.
Você pode ganhar até 10% do valor da venda final “sem vender nada”. Você simplesmente vai ter o seu blog e lá no seu blog você vai fazer resenhas sobre os livros que você leu, outras pessoas acessarão, comprarão através da sua resenha e você vai ganhar a sua comissão por indicação.
Isso não é genial?!? Agora vamos à execução dessa estratégia.
A primeira coisa que você precisa fazer é definir o seu nicho, isso é extremamente importante por vários motivos o primeiro é que você conseguiria ler muito mais livros de um determinado do assunto do que de vários.
Ex.: Se você gosta muito de ficção, é muito mais fácil você ler 10 livros de ficção do que ler 5 de ficção e 5 de romance.
Ps.: Eu já li mais de 200 livros e nunca li nenhum de ficção, muito menos romance (Há quem curta).
Então, você primeiramente deve definir um nicho, muita atenção na hora da escolha, escolha algo que realmente você curta, algo que você faria de graça caso necessário.
Depois você vai precisar criar o seu blog e para isso eu recomendo que você veja este artigo: Como ganhar dinheiro na internet em 21 dias.
Lá tem o passo a passo de como você vai montar o seu primeiro blog, mesmo que você não tenha experiência com criação de blogs.

Como escrever as resenhas

Uma coisa bastante importante é você, desde o começo, entender os fundamentos do SEO.
SEO significa Search Engine Optimization e é um conjunto de técnicas que faz com que o seu site apareça nas primeiras colocações do Google. O objetivo de aplicar técnicas de SEO é estar melhor colocado e consequentemente receber mais acessos, quanto mais acessos mais chances de vender os livros você vai ter.
Logo SEO é FUNDAMENTAL para você ganhar dinheiro na internet lendo livros.
O SEO é dividido em duas categorias: On-page e Off-page. SEO on-page são técnicas aplicadas dentro do seu site, tudo que você puder alterar é considerado SEO on-page.
O Google tem mais de 200 fatores de posicionamento e você precisa cumprir alguns requisitos para que o Google “goste” de você e com isso te posicionar melhor.
Ps.:O Google é o maior buscador do planeta, estar bem com ele é de grande valia.
Vale a pena fazer uma boa política com o Google ele tem muito para nos agregar e sem ele é praticamente impossível você conseguir executar este plano.
O grande segredo do SEO on-page está na escrita, por isso é importância já criamos a mentalidade de escrever certo para o Google para não haver problemas.

O que o Google quer de um blog?

O Google quer a resposta certa! É isso o que o Google quer. Todas as evoluções no algoritmo (robô que faz o cálculo para decidir quem aparece e quem não aparece) são voltadas para esse fim.
Isso significa que quando o usuário buscar: RESENHA O PODER DO HÁBITO. Ele quer mostrar o MELHOR resultado para o usuário, baseado nos critérios dele.
Ele não quer a melhor resenha, a mais completa, ele é um robô e os critérios de avaliação dele é diferente do nosso. Ele precisa acreditar que aquela resenha é a melhor, teremos que escrever de uma forma que o Google consiga entender.

Analogia: Imagine que você esteja em um país desconhecido e não fala o idioma local, por mais que você fale o seu idioma, por mais que você saiba determinado assunto as pessoas não vão te dar bola! É como se você não valesse nada para eles. É exatamente assim que o Google faz!

Apesar do Google ser gigante o robô dele é “burro” burro no sentido de não ter sensibilidade humana e a decisão dele de quem fica ou não fica é baseada em critérios, critérios diversos mas mais pautados em palavras-chave.
Quando ele encontra as palavras-chave diversas vezes dentro do seu artigo/resenha ele consegue identificar que você está falando de um tema específico e decide posicionar ou não posicionar baseado no que ele achou do seu artigo.
Ex.: Este artigo tem como a palavra: Como ganhar dinheiro lendo livros! Se você perceber o texto fala diversas vezes essa palavra, isso foi proposital pois eu quero que o Google entenda que este texto está falando sobre como ganhar dinheiro na internet lendo livros.
Quanto mais indícios eu der a ele de que estou falando sobre esse assunto melhor. Logo é de extrema importância que você repita o máximo de vezes possível a sua palavra-chave principal.
Ps.: Só precisamos ficar atento a uma coisa se o Google desconfiar que você está repetindo as palavras diversas vezes com o objetivo de “enganar” ele você terá problemas.
Antigamente fazer isso era uma técnica comum e popular para os profissionais de SEO mas depois da atualização que foi chamada de PANDA! as coisas mudaram, o algoritmo ficou mais inteligente e com uma função ativa chamada KEYWORD STUFFING que na prática significa o excesso de repetição de palavras-chave.
Nessa atualização o algoritmo ficou mais esperto quando o assunto é densidade de palavras e começou a não classificar os sites que tem excesso de repetição de palavras-chave. Por isso falei que precisamos ficar atento o texto tem que ter repetições mas todas as palavras DEVEM ENTRAR EM UM CONTEXTO LÓGICO. Não funciona sair repetindo diversas vezes a palavra só para impressionar o Google, ele vai perceber e não vai te ajudar.

Você tem que ser um parceiro do Google, não um inimigo.

 
Bom, depois eu faço um artigo específico para falar sobre quais são as melhores maneiras para você escrever os seus textos, o foco aqui é te ensinar como você pode ganhar dinheiro lendo livros.

Segundo ponto importante no processo para construção do seu negócio: A autoridade.

como ganhar dinheiro na internet autoridade
Quanto mais autoridade você tiver, mais facilmente você vai vender. Isso quer dizer que quanto mais domínio sobre determinado assunto você tiver, mais você vai vender.
Ex.: Imagine o Messi indicando uma escolinha de futebol e o Pé de cabra (jogador da terceira divisão do campeonato baiano) indicando uma outra. Qual terá mais peso? A escolinha que o Messi indicou pode ser bem inferior a outra, porém eu posso ter certeza que isso será a última coisa que você vai pensar.
Mas por que isso acontece? Simples, você enxergar o Messi como uma autoridade no assunto e isso faz com que automaticamente você considere uma boa opção.
Eu tenho autoridade no mercado de marketing digital, principalmente SEO, eu consigo utilizar essa autoridade para vender meus produtos e serviços. Eu saí do zero, de um salário de R$ 600,00, pra viver uma vida tranquila e confortável e todo o dinheiro que eu ganhei foi através da internet. Pessoas que têm o objetivo de viver da internet me enxergam como uma autoridade, afinal eu já passei por tudo o que elas querem atingir.
Eu moro na Europa (Pelo menos por enquanto) várias pessoas que querem vir para Europa me considera autoridade nesse segmento, afinal eu estou aqui, sei como funciona, conheço pessoas da região.
Deu para entender como funciona? Você precisa ser o Messi do seu segmento.
Vamos resumir essa primeira forma de ganhar dinheiro na internet lendo livros…

  1. Vá no artigo como ganhar dinheiro na internet em 21 dias e aprenda a fazer o seu blog;
  2. Vá no site da Amazon e faça a sua conta de associado;
  3. Escolha seu mercado de atuação (os tipos de livros que você vai ler e comentar);
  4. Escreva suas resenhas e coloque a sua indicação (Você vai receber quando criar sua conta na Amazon).

A segunda forma de ganhar dinheiro na internet lendo livros: YouTube

Essa é uma estratégia parecida com a anterior, porém invés de utilizar o blog utilizaremos o YouTube para fazer o conteúdo.
Você vai precisar repetir os passos 2 e 3 que te passei acima para fazer isso funcionar, criar conteúdo no YouTube tem suas vantagens e desvantagens em relação ao blog.
Eu tenho um canal no YouTube com mais de 300 vídeos e tenho o blog com mais de 200 artigos dentro do meu mercado de marketing digital, posso falar com propriedade a diferença entre ambos.

Vantagens de produzir conteúdo no YouTube

Facilidade de produzir conteúdo – Muita gente tem muita dificuldade em escrever e escrever um artigo leva muito mais tempo que gravar um vídeo, se eu tivesse produzindo o conteúdo deste artigo em um vídeo eu já teria terminado. Era só ligar a câmera e falar, o conteúdo está na minha cabeça e em 10 minutos eu conseguiria te explicar tudo que tem aqui.
Boa recepção do público – Quando você está vendo uma pessoa gera uma conexão maior, isso aumenta a autoridade e te faz vender mais (Em relação ao blog).
Alto nível de engajamento – As pessoas interagem mais com vídeos até porque em um vídeo rolam altos pontos de conexões como: ambiente, gírias e sotaque, estilo de se vestir, paisagens, etc… É uma coisa mais “pessoal” a conexão gerada por vídeo.
Crescimento constante da publicação de conteúdo em formato de vídeo – O formato de conteúdo em vídeo vem crescendo bastante e hoje ocupa grande parte da internet, o Google continua sendo o site mais acessado do mundo e a maioria dos conteúdos divulgado na internet são textos mas vídeos ocupam uma grande fatia desse mercado.
Ps.: O YouTube é o segundo site mais acessado do mundo, eu te diria que vale a pena dar atenção aos dois.

Desvantagens em produzir conteúdo no YouTube

Vergonha em gravar vídeos – Esse sem dúvidas é o item que faz com que o conteúdo em vídeo não tenha ultrapassado os textos, a maioria das pessoas tem vergonha em gravar vídeos e prefere fazer qualquer coisa que não seja aparece em público. Se você é essa pessoa você vai ter um problema para ganhar dinheiro na internet lendo livros utilizando essa estratégia.
Falta de recursos – Por mais que tenhamos hoje facilidades para gravar vídeos em termos de tecnologia e recursos para você produzir um bom vídeo ainda necessita de um investimento em equipamentos, pelo menos um celular de entrada na faixa dos R$ 600,00 para você conseguir gravar com o mínimo de qualidade.
Não saber editar vídeo – Outro desafio é editar vídeos, muitos não sabem e não querem aprender o básico de edição para editar os vídeos e subir para o YouTube.

Terceira forma: vendendo resenhas

Essa é uma ideia muito boa para você ganhar dinheiro com o conhecimento adquirido através de livros, existem vários apps que funcionam nesse formato de vender resenhas. Só eu conheço uns 10, o mais popular é o 15 minutos.
O 15 minutos é uma espécie de netflix dos livros e todas as resenhas se limitam a 15 minutos, se você está na dúvida se ler ou não um livro basta ir no 15 minutos e procurar-lo lá você vai ter um resumão do livro e decidir se vale a pena ou não ler.
Você pode vender as suas resenhas em diversos formatos diferentes como: Áudio, texto ou vídeo.
Utilizando essa estratégia você ia seguir o seguinte processo:
1.Ler o livro;
2. Produzir a resenha do livro;
3.Adicionar na sua plataforma;
4. Vender.
Ps.: Não se assuste quando eu falo “plataforma” hoje em dia você não precisa ter conhecimento técnico avançado para conseguir utilizar uma plataforma de distribuição de conteúdo, o próprio hotmart oferece recursos técnicos para leigos nesse assunto. Lá você consegue hospedar todas as suas resenhas, vender e receber de forma simples, rápida e sem burocracia.

Considerações finais

Independente da forma da estratégia que você adotar você tem que ter em mente que a produção de conteúdo é o seu maior ativo, quanto mais você produzir conteúdo mais autoridade você vai ter e quanto mais autoridade mais fácil será de vender seja a indicação dos livros ou as suas resenhas.
Eu acredito que essa seja uma excelente forma para você ganhar dinheiro com livros, caso goste de ler. Eu conheço várias blogueiras, adolescentes, que amam escrever sobre os livros de romance e ficção que leem e são remuneradas por isso.
Me acompanhe no Instagram que eu sempre estou dando dicas de como você pode ganhar dinheiro na internet, não só com livros, mas com diversas outras estratégias.

Como Ganhar Dinheiro Em 21 Dias: Plano de ação do zero

Chegou a hora de você resolver, de vez, seus problemas! Preparei um guia completo que vai te ensinar como ganhar dinheiro em 21 dias através do meu plano de ação gratuito.

Eu pensei muito antes de criar esse plano de ação, eu queria fazer algo que fosse viável para todos, que não exigisse uma habilidade técnica muito grande e que qualquer pessoa (mesmo iniciante) conseguisse aplicar de forma rápida e simples.

Antes de te falar sobre o plano de ação para ganhar dinheiro em 21 dias eu preciso deixar claro algumas coisas importantes sobre ganhar dinheiro na internet.

Existem centenas de estratégias, que funcionam, para ganhar dinheiro na internet. Quando eu falo centenas, são centenas MESMO e o que eu vou te ensinar é UMA das centenas de estratégias.

Portanto, preste bastante atenção e tenha certeza absoluta que se você aplicar o passo a passo que eu vou te entregar você vai conseguir ganhar dinheiro em 21 dias na internet, fechado?

Como Funciona o plano de ação para ganhar dinheiro em 21 dias?

O objetivo desse plano de ação é fazer com que ao final dos 21 dias você tenha uma estrutura que te permita ganhar dinheiro na internet, este guia é especialmente dedicado às pessoas que NUNCA GANHARAM DINHEIRO NA INTERNET e estão em buscas das suas primeiras vendas.

Para que você consiga colocar em prática tudo que o plano de ação ensina você vai precisar de, ao menos, 1 hora por dia para executar as tarefas que eu vou te delegar.

Se você não tem pelo menos 1 hora por dia para se dedicar ao projeto você não vai conseguir ganhar dinheiro com o meu plano de 21 dias, combinado?

Preparação para o plano

como ganhar dinheiro na internet em 21 dias

Pode parecer clichê o que eu vou te falar, mas isso é de extrema importância para que tudo corra bem. Você vai precisar internalizar algumas coisas durante o processo de execução do plano, aprender o básico sobre auto-conhecimento.

Regra número 1 – Não existe culpado

A regra do não existe culpado não está em primeiro da lista por acaso, ela realmente é a principal coisa que você precisa aplicar.

Vou te contar como foi que eu aprendi isso… Eu sempre pratiquei esportes, quando era moleque joguei futebol em alguns clubes, disputei torneios e campeonatos.

Quando meu time perdia e eu jogava bem eu saia puto, mas no fundo, eu me sentia confortável (mesmo que inconscientemente) tipo: “A culpa não foi minha.”

Quando ainda era moleque comecei a treinar jiu-jitsu e fui pro primeiro campeonato, na hora da luta eu olhei pra um lado, olhei para o outro e NADA! Não tinha ninguém pra “culpar” e então eu descobri que pra ganhar eu teria que dar o meu jeito independente do que acontecesse.

Você vai passar dificuldades para executar esse plano, mas entenda que o sucesso ou fracasso do projeto depende de você, só de você. Você tem que fazer funcionar, independente de qualquer coisa.

Não adianta encontrar desculpas como:

  • Ahh… Hoje eu to cansado porque meu chefe me mandou trabalhar 2x mais;
  • Hoje eu não posso porque é aniversário do meu amigo e ele me chamou pra uma mega festa no final de semana;
  • Não fiz o que deveria ter feito porque a internet tava lenta;
  • Ninguém me apoia.

Internaliza aí: Se não deu certo a culpa é minha!

Regra número 2 – A Ação!

Todo mundo quer ter uma vida boa, mas poucos querem fazer o que é preciso fazer para ter uma vida boa.

Só sonhar, planejar e falar que quer não é suficiente.

Quando eu tinha 19 anos e estava competindo bem no Jiu-jitsu eu falava que queria viver do esporte. O tempo foi passando eu fui dividindo cada vez mais meu tempo de trabalho com o Jiu-jitsu até que eu desisti de continuar na carreira de atleta, hoje treino só por hobby.

Vários amigos meus daquela época hoje estão no exterior dando aulas, uns viraram competidores profissionais outros vivem do esporte dando seminários, enfim…

Olha a diferença do meu querer para o querer deles, eles conseguiram porque colocaram um foco em um determinado objetivo e fizeram até dar certo.

A lição é: Tem que fazer custe o que custar.

Regra número 3 – FOCO!

É muito fácil na teoria, mas na prática nem tanto.

No Brasil existem 230 milhões de pessoas, de acordo com as pesquisas menos de 3% de vários grupos de pessoas entrevistadas consideram que atingiram o sucesso.

Isso significa que cerca de apenas 7 milhões de pessoas no Brasil se consideram pessoas de sucesso.

E as chances de você estar rodeado de pessoas que não atingiram o sucesso são gigantes.

Por isso, tome muito cuidado com o que você 99% dos “conselhos” não vão te servir é preciso manter o foco e ignorar comentários negativos sobre suas ações.

Pronto! Esses são os 3 itens básicos que eu precisava me certificar que você está de acordo, pois sem eles você não vai conseguir ganhar dinheiro na internet com o plano de 21 dias.

Start no plano

Bom, como eu disse anteriormente, existem centenas de formas de ganhar dinheiro na internet, quando eu decidi escrever esse guia pensei na forma que fosse mais rápida, fácil e acessível a todos.

Eu poderia chegar aqui e te ensinar como conseguir um cliente de consultoria SEO e cobrar R$ 12.000,00 por isso. É uma tarefa relativamente fácil de ser executada porém te exigiria um conhecimento técnico médio na parte de tecnologia e esse definitivamente não é o objetivo do guia, o guia é para te ensinar a ganhar dinheiro na internet em 21 dias.

A estratégia adotada foi a criação de um e-book, um livro eletrônico.

Sim, você vai criar um livro eletrônico e aprender a vender-lo.

Ps.: Fica tranquilo que eu te ensino a fazer isso passo a passo 😉

Coisas que você não precisa saber para escrever o seu primeiro e-book

Faculdade

Você não precisa de ser formado em uma faculdade para vender o e-book, no formato que vou te ensinar.

As pessoas que vão comprar os seus e-books não querem saber se você tem ou não um diploma, você vai aprender a fazer o marketing correto para seus produtos.

Ser especialista em alguma coisa

Você também não precisa ser especialista, não necessariamente as pessoas compram um e-book porque o autor é um especialista. Eles compram muitas das vezes para poupar o tempo que levaria para reunir as informações.

Ex.: Uma pessoa que quer viajar para a Tailândia compraria um e-book simples do tipo: “Guia de todas as praias da Tailândia” ou “Guia de comunicação básico em Tailandês”.

Ex2.: Uma pessoa compra um e-book sobre receitas zero carb não necessariamente precisa de um guia publicado por um grande especialista em nutrição.

No decorrer do plano você vai ter acesso a diversas informações que podem te facilitar na decisão e ficar provado que, definitivamente, você não precisa ser um especialista para escrever um e-book e ganhar dinheiro na internet.

Dominar tecnologia

Eu já vi diversas pessoas perdendo a oportunidade de aprender a ganhar dinheiro na internet por conta dessa limitação: Domínio sobre tecnologia!

Fica tranquilo que com o plano que vou te apresentar você não vai precisar ser um expert em tecnologia para fazer funcionar.

O motivo? Bem simples… Eu criei essa estratégia pensando exatamente em pessoas que são leigas no mercado. Eu selecionei apenas estratégias simples de serem executadas e que não exijam conhecimento técnico avançado.

Tudo que você vai ver aqui é passo a passo, eu tenho certeza que você consegue executar com facilidade.

Investir dinheiro alto

Eu sei que “dinheiro alto” é muito relativo o que pode ser alto para mim pode ser baixo para você e vice-versa. Mas eu tenho certeza que você não vai achar pesado o investimento que você vai ter que fazer para conseguir ganhar dinheiro na internet.

Você vai precisar investir, pasmem, R$ 40,00 por ano no domínio (o www do seu site) e também cerca de R$ 20,00 por mês para manter o seu site no ar.

Ps.: É no seu site que as pessoas vão comprar o seu e-book, ele é fundamental.

Saber falar inglês

3% da população brasileira fala inglês e o Brasil é o país com mais escolas de inglês do mundo.

Mas fica tranquilo, você vai não precisar saber falar inglês para começar a ganhar dinheiro na internet em 21 dias.

Se fosse um tempo atrás seria mais difícil o mercado brasileiro é relativamente novo (se comparado ao mercado americano) e com isso a maioria das ferramentas necessárias para fazer rodar um negócio na internet só eram disponibilizadas nos EUA, evidentemente em inglês.

Hoje não temos esse problema, todas as ferramentas que utilizaremos no processo estão disponíveis em Português do Brasil.

Dia 01 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias

Tudo começa no NICHO DE MERCADO, nicho de mercado é onde você vai atuar.

No Brasil existem cerca de 140 milhões de internautas e eles estão na internet por motivos diferentes, uns querem acessar o Facebook para ver notícias de política, outras querem ver vídeos de humor, aprender a cozinhar, buscar informações sobre alimentação saudável e diversos outros.

O nicho é exatamente isso! Um grupo de pessoas com um interesse em comum.

A escolha do nicho é muito importante você, visto que vai ter que escrever o seu e-book, escolher um tema que seja do seu interesse.

Você vai ter que fazer uma lista de coisas que você gosta, coisas que você faria de graça, TUDO PODE SER UM NICHO.

Olha, eu estou na França e não sei falar francês neste exato momento estou em uma lanchonete trabalhando.

Eu só vim nessa lanchonete porque a menina fala inglês e eu consigo me comunicar o básico com ela tipo: “Olha, vou pedir um lanche, comer e ficar aqui trabalhando, ok?”

vender ebook falar frances

Duas vezes eu vim aqui e ela estava de folga, sabe o que fiz? Não fiquei!

Eu não consigo me comunicar com as pessoas, não sei os nomes dos lanches, não consigo expressar o que eu preciso.

Se tivesse um e-book que me ensinasse falar Francês para eu conseguir fazer os pedidos de comida que eu quisesse numa lanchonete eu pagaria FÁCIL! Como poderia existir: “Saiba o que falar em uma lanchonete em Francês”. Pronto, resolveria o meu problema.

E eu não importaria de pagar 10, 20, 30, 50 reais por isso é uma informação que eu até sei que tem disponível na internet mas não quero perder meu tempo reunindo essas informações.

Por isso é muito importante você escolher um nicho que você goste, pois acho muito pouco provável que você não consiga ganhar dinheiro vendendo e-books de algum assunto que você curta.

Então a tarefa do primeiro dia é: Definir o seu nicho!

Faça uma lista com as 5 coisas que você mais gosta de fazer, inclua tudo nessa lista desde jogar vídeo game a cuidar do jardim de casa. 

Mentalize isso: TUDO É UM NICHO!

A minha lista ficou assim:

  • Baladas – Eu posso criar um superguia de baladas de uma determinada região que eu conheça. Ex.: Fomos em algumas boates em Barcelona certamente se existisse um guia que chamasse: “O guia da vida noturna em Barcelona” seria massa demais e eu certamente compraria.
  • Marketing – Esse daqui eu já faço, eu tenho um blog de marketing e ganho dinheiro através dele vendendo minhas consultorias e os serviços da minha empresa Smart Hat. Eu já tive um e-book, que por sinal até vendeu bem, na minha área de marketing eu finalizei por falta de tempo, a empresa me toma muito tempo, para ficar atualizando a minha área é muito volátil.
  • Viagens – Eu curto viajar e SEMPRE perco horas e horas definindo os próximos destinos. Como eu gostaria que existisse um guia oficial, completo, das regiões que tenho vontade de conhecer. A maioria das informações que encontramos sobre os países são bem superficiais, não responde as minhas dúvidas com eficiência. As vezes escolhemos um destino errado e “perdemos” duas semanas ficando em um lugar que não atendeu as nossas expectativas.
  • Surf – Até existem alguns guias já mas são de qualidade não muito boas, eu descobri que mais pra cima de Barcelona tem um lugar que rola ondas, mas eu só descobri isso através de um amigo que fizemos que mora em Barcelona e ele me explicou eu procurei isso na internet e não achei nenhuma informação a respeito desse lugar, mas o lugar existe.
  • Fotografia – Eu curto muito foto e vídeo e entendo nada, ou quase nada, sobre o assunto. No passado gastei muito dinheiro comprando equipamentos desnecessários para o meu objetivo, ainda gasto mas bem menos. Ahhh… Se existisse um e-book contendo exatamente as informações que necessito. Eu já tive muitas dúvidas relacionadas a lente, taxa de abertura, tamanho, etc… Compraria fácil um: “Guia definitivo de lentes para DSLR”.

Ta vendo como é fácil encontrar nichos? Eu, sem pensar, tive várias ideias de como posso produzir meu e-book, vender-lo e ganhar dinheiro na internet.

Então a sua tarefa do primeiro dia é essa: Encontrar algo que você curta para podermos avançar para a próxima etapa.

Dia 02 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias 

Validação do nicho!

Depois ter encontrado o seu nicho, por isso falei 5 coisas, você vai precisar VALIDAR, descobrir se esse mercado tem potencial para ganhar dinheiro.

Talvez você curta falar sobre as borboletas da Austrália e as pessoas não tenham interesse nisso, é brincadeira mas é verdade.

Para a validação vamos usar o ubersuggest.io ele vai nos informar a quantidade de pessoas que estão buscando mensalmente por determinado termo.

Assim que você abrir a ferramenta vai aparecer uma tela com um campo para você preencher, digite a sua ideia de nicho e ele vai te retornar todos os termos associados ao que você buscou. Veja o que aconteceu quando eu digitei “SURF”.

Surgiram várias coisas relacionadas a surf que as pessoas estão buscando.

como ganhar dinheiro na internet plano de 21 dias

 

Eu achei interessante da lista:

Surf Longboard – 1.000 buscas mensais;

Surf Bodyboard – 260 buscas mensais;

Surf Indonésia – 190 buscas mensais;

Surf Austrália – 190 buscas mensais;

Achei 4 SUB-NICHOS interessantes, os termos dentro dos nichos são chamados sub-nichos.

Eu poderia criar para:

Surf Longboard – Guia para você comprar o seu primeiro long;

Surf Longboard – Guia dos melhores picos para pegar onda de Long no Rio de Janeiro;

Surf Bodyboard – Guia dos melhores picos para pegar onda de Body no nordeste;

Surf Indonesia – Guia das melhores ondas da Indonésia;

Surf Indonésia – Tudo para sua surf trip na indonésia; (guia de hotéis especializados em receber surfistas em surf trip).

Surf Austrália – Guia de praias para surfar SEM fundo de pedra ou tubarões (As praias na austrália tem o fundo de pedra e corta o pé de quem é desavisado).

Essa é a sua missão do segundo dia de execução do plano para ganhar dinheiro em 21 dias, faça a validação do seu nicho. O seu nicho TEM que ter pessoas buscando, caso contrário ele não é um bom nicho.

Dia 03 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias 

Vamos começar a brincadeira, a parte mais prática do negócio. Agora você, depois de ter escolhido o seu nicho, você vai ter que comprar o seu domínio.

O seu domínio é o www.nomedoseusite.com.br e você vai precisar dele para poder vender o seu e-book.

Vá até o site Registro.br e vamos escolher o seu nome.

como ganhar dinheiro na internet registrando dominio

 

O ideal é que o seu domínio tenha algo relacionado com o seu nicho, Ex.: Se seu e-book for um guia que ensine as pessoas a perderem peso sem ter que fazer atividade física o nome pode ser: percapesoemcasa.com.br.

Você deve escolher um nome legal e que tenha a ver com o seu e-book.

Depois de escolher você vai clicar para fazer o registro.

surfando em bali ebook ganhar dinheiro

O meu e-book vai ser um guia de surf em Bali, uma região específica da Indonésia. O nome dele é SURFANDO EM BALI.

Bom, clique para registrar esse domínio e siga as instruções. Ainda hoje vamos registrar a sua hospedagem para dar início a criação do seu site.

Para comprar a hospedagem você tem duas opções: Uma fácil e uma difícil. Eu vou te ensinar as duas formas e você decide qual escolher.

A forma mais fácil é utilizando a Hostgator.com.br para comprar a hospedagem, as vantagens são que você tem um suporte 24 horas deles (caso aconteça algum problema com o seu site) e eles têm um painel intuitivo para você resolver alguns problemas do cotidiano de quem trabalha com sites como: Adicionar um novo site, adicionar um selo de segurança, fazer backup dos seus arquivos e diversos outros.

A outra forma, que tem um desempenho ligeiramente superior, é utilizando a vultr.com que é outra empresa que oferece um serviço parecido mas com uma qualidade superior. A única coisa ruim é que eles não tem suporte e para você comprar você precisa ter um cartão de crédito internacional.

Em relação a preços são bem parecidos a vultr.com custa 5 dólares (R$ 20,00) e a hostgator também fica nessa faixa de R$ 20,00.

Ps.: O pagamento da hospedagem é mensal.

Depois de ter comprado a hospedagem e o domínio vamos deixar tudo pronto para amanhã, que vamos fazer o site.

Você vai precisar acessar o seu painel da hostgator, pegar o ip e apontar-lo no registro.br.

Whaaaaat?!? Relaxa, vamos passo a passo.

Funciona assim… O domínio é seu endereço, o www.surfandoembali.com.br. Ele é APENAS o endereço, você precisa de uma hospedagem para “construir a sua casa nesse endereço”.

Para isso acontecer você precisa “dizer” para a prefeitura da sua cidade (no caso o registro.br) que permite que entrem na sua casa (no seu endereço)

Isso tudo é feito através de um protocolo que se chama: DNS.

É normal nesse meio você ouvir: Vou apontar o DNS. Isso significa que você está indo no registro br e dizendo: Ohhh, eu quero deixar a hostgator construir no meu endereço.

Vamos lá…

Dentro do painel da hostgator você vai clicar aqui

Depois você vai precisar anotar esse nome: Primary nameserver e Secondary nameserver.

Isso é o que você vai precisar dizer lá no registro.br para eles identificarem que é pra direcionar o conteúdo que está armazenado na hostgator para o domínio que você comprou.

Siga os passos a seguir

Clique em cima do domínio que você quer apontar para o servidor
Aqui coloque as informações que você conseguiu lá na sua hospedagem, da hostgator.

Feito, agora você terá que aguardar um tempo (cerca de algumas horas) para ele propagar o endereço, para as alterações terem efeito. Por isso, voltaremos amanhã no dia 04.

Dia 04 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias 

Com o domínio apontado e tudo pronto de acordo com o que você aprendeu aqui até agora, vamos dar start à construção do site.

Voltando no hostgator vamos procurar pelo item SOFTACULOUS APPS INSTALLER.

Agora clique em WordPress.

Coloque o nome do seu site e a descrição ,Ex.:
SITE NAME -> E-Book Surfando em Bali
Site Description -> Tudo que você precisa saber sobre os melhores picos da Indonésia

Coloque o Admin user name que você desejar, pode ser seu nome.

Insira uma senha, coloque o seu e-mail e altere o idioma para português.

Depois clique em Install.

Pronto, assim que essa etapa for concluída o seu site vai estar no ar, sem conteúdo mas vai estar funcionando e você poderá acessar o seu painel administrativo utilizando www.seudominio.com.br/wp-admin.

Utilize o usuário e senha que você definiu na etapa anterior.

Vamos trocar o tema para um tema amigável e começar a parte interessante do negócio.

Para trocar o tema, siga o passo a passo.

Pronto, temos o hestia instalado.

Agora vamos mudar a cor do seu site

Aparência -> Personalizar -> Opções de cabeçalho -> Configurações do cabeçalho -> gradiente do cabeçalho

Só escolher a cor desejada agora.

Pronto, com o seu site funcionando vamos deixar o restante do trabalho para amanhã.

Dia 05 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias

Pronto, já temos o site, agora vamos criar o nosso e-book. Para criar-lo você vai precisar apenas do Google Docs, ferramenta de texto do Google.

Eu te recomendo que você prefira escrever conteúdos EM LISTA aqueles que reúnem informações, são mais fáceis de produzir se você não tem muita experiência em escrever. (Ex.: 77 Receitas low carb, 7 lugares para você conhecer na Europa que custam menos de 100 Euros).

Existem dezenas de técnicas para escrever o conteúdo mas eu te indicaria começar pelo simples, pelo fácil.

Crie o seu e-book da seguinte forma:

Introdução -> Coloque o máximo de informações possíveis referente as fontes que deram origem ao material (caso seja uma expertise sua, apresente suas credenciais).

Índice -> Catalogue tudo que você vai abordar dentro do material.

Sequência do conteúdo -> Escreva seu conteúdo em uma linguagem clara e direta com o usuário, evite palavras difíceis e termos muitos técnicos (caso esteja escrevendo para leigos). Em seguida responda, com o seu conteúdo, as seguintes questões:
O que eu preciso saber para executar os passos do e-book?
Como será a vida do usuário quando ele terminar de consumir o conteúdo?
Quais os problemas serão resolvidos depois que o usuário concluir o e-book?

Considerações finais -> Faça um resumo de tudo que foi dito no e-book, ressaltando os pontos importantes para ele atingir o objetivo proposto pelo livro.

Esta tarefa vai te levar 5 dias, de acordo com o meu plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias. Logo, comece a produção do seu texto e voltamos no dia 10.

Dia 10 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias

Com o seu e-book pronto, vamos fazer os ajustes finais no design para lançar-lo no mercado.

A primeira coisa é criar uma capa para o seu e-book e para isso vamos utilizar a ferramenta Crello com ela você consegue FACILMENTE criar a sua capa de forma simples e fácil.

Basta você clicar em CRIAR E-BOOK.

Escolha o modelo que você quiser e altere os textos, eu achei esse modelo e coloquei o nome do meu e-book fictício.

Para adicionar páginas basta clicar no lado direito “Adicionar página” e colocar o conteúdo do seu e-book aí.

Pronto, agora seu e-book tem capa e conteúdo. Basta clicar em download para baixar a sua capa.

Agora vamos organizar-lo para começar a vender e ganhar dinheiro.

Dia 11 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias

Agora vamos começar o processo das vendas, antes de começarmos a vender vamos definir a entrega do e-book. A entrega é feita de forma automática pela hotmart, vamos configurar o seu e-book lá dentro da plataforma para que ele possa começar a ser divulgado.

Acesse hotmart.com, crie uma conta e siga o passo a passo.

Preencha corretamente as informações.

Coloque a moeda, forma de pagamento e o preço que você quer cobrar por esse produto.

Clique aqui para enviar o seu e-book

Pronto, agora o seu e-book foi submetido à plataforma e dentro de algumas horas estará disponível para a venda.

Depois de ter seu produto aprovado, você terá acesso a essa tela que chama hotlinks e esse é o seu link de venda.

Todas as vezes que alguém clicar nesse link ele será direcionado para a página de vendas, poderá fazer o pagamento do seu e-book e automaticamente vai receber no e-mail.

Resumindo… Você tem um site e um produto agora vamos vender esse e-book lá no seu site.

Vamos fazer um texto persuasivo para que as pessoas se convençam e compre o seu livro.

Dia 12 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias

Pronto, no dia 12 vamos dar um “pause” e planejar o que vamos fazer. Essa parte é extremamente importante para conseguirmos fazer um bom trabalho, arrisco dizer que esta etapa é a mais importante pois ela vai tratar diretamente da VENDA.

O objetivo do texto que você vai escrever é unicamente e exclusivamente vender. Mas antes de escrever vamos fazer um estudo de público para sabermos exatamente o que falar na hora da venda.

Eu vou te dar um MODELO DE CARTA DE VENDAS para você seguir e adaptar à realidade do seu e-book.

Uma boa carta de vendas contém os seguintes elementos:

Atenção -> A primeira coisa que você deve fazer é chamar a atenção do seu público, para isso é necessário um estudo do público para você identificar o que mais lhe causa dor ou desejo.

Ex.: As melhores ondas de Bali resumidas em 27 páginas.

Solução do problema -> Agora vem a parte que você diz como o problema vai ser resolvido.

Ex.: Muitos surfistas do mundo inteiro têm o sonho de fazer uma surf trip em Bali, mas acabam esbarrando em alguns problemas relativamente básicos como: Onde estão os melhores picos, onde se hospedar, em que época do ano rolam as melhores ondas, que pranchas levar.

Eu também era assim, mas depois de 4 viagens para Bali eu decidi colocar tudo, absolutamente tudo, que eu mais curti nessas 4 viagens.

Eu vou te dar detalhadamente tudo que você precisa saber sobre Bali.

O porquê o problema vai ser resolvido -> Agora você explica porque o problema vai ser resolvido.

Ex.: Nas duas primeiras viagens que fiz eu fiquei batendo cabeça, até que conheci o John que é um local de Bali e ele me apresentou os melhores picos da cidade, não me levou nos picos que todo mundo conhece mas nos super secretos que turista nenhum conhece.

A prova -> Essa é a parte que você prova que sabe o que está falando, qualquer coisa que tiver pra comprovar é bom como: fotos, vídeos, etc…

Ps.: Caso seu produto exija credenciais essa é a hora de mostrar-las.

Garantia -> Todos os produtos comprados digitalmente têm por lei 7 dias de garantia, então aproveite esse momento para poder falar sobre a garantia.

Ex.: Não se preocupe, caso você não curta o meu guia você pode solicitar a devolução integral do seu dinheiro e sem questionamento eu te devolvo todo centavo que você investiu.

Fechamento -> Agora você dá o comando de ação para que ele compre.

Ex.: Pronto, para você comprar basta você clicar no botão abaixo e você será redirecionado para a página de vendas, lá você preenche os dados corretamente, escolhe o método de pagamento e receberá automaticamente no seu e-mail o e-book.

Eu preciso que você liste todos esses itens:

Dores -> Faça uma lista com todas as dores que o seu potencial cliente sente;

Desejos -> Uma lista também dos desejos, como seria o mundo perfeito para ele.

Histórias -> Coloque todas as histórias que podem gerar conexão com ele. Ps.: A história do John é inventada.

História criam um laço de conexão e identificação muito grande, sempre busque colocar histórias na hora de vender.

E essa é a sua tarefa pelos próximos 3 dias, voltamos no dia 15 para colocar isso tudo em prática e começar a ganhar dinheiro na internet.

Dia 15 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias

Voltamos para a semana final do nosso plano, já estamos quase acabando. Você está com o seu site, seu e-book pronto e configurado e com o planejamento do seu texto persuasivo pronto.

Ps.: Texto persuasivo se chama COPY, ok?

Vamos voltar no seu site para começarmos a escrever…

Acesse seusite.com.br/wp-admin e coloque a senha que você definiu lá atrás.

Clique em PÁGINAS e ADICIONAR NOVA PÁGINA.

Escreva o seu conteúdo persuasivo nesta página.

Não se preocupe com o tamanho do texto, quanto maior ele for melhor, lembre-se que você está vendendo e sua comunicação deve parecer um a um como se uma pessoa estivesse na sua frente e você estivesse falando como o seu e-book é bom para ela.

No final da sua copy (texto persuasivo) você vai precisar adicionar a chamada para a compra, é muito fácil inserir-lo. Basta você clicar no + aqui do lado e clicar em botão, como na imagem.

Você vai inserir um botão como este abaixo

Não se esqueça de colocar CORRETAMENTE o seu link ele vai ser o responsável pelas vendas.

Pronto, depois de ter criado essa página vamos setar lá como página principal do seu site, para todas as vezes que as pessoas acessarem o seu site caírem nessa página.

Clique em aparência e depois clique em personalizar.

Agora vá em configurações da página inicial -> Uma página estática e selecione a sua página, que você criou.

Isso vai garantir que todas as vezes que acessarem o seu site o usuário vai cair na página que está pronta para vender.

Pronto, você em 15 dias conseguiu criar do zero uma forma de ganhar dinheiro na internet.

Agora com o seu site pronto e configurado para a venda você vai ter que trabalhar no design e no aprimoramento da conversão (venda).

Melhorar os elementos persuasivos, melhorar a oferta e claro, criar novos produtos.

Essa será a sua missão para os próximos 5 dias, ajustar tudo e deixar do jeito que você quiser.

Dia 21 de execução do plano para ganhar dinheiro na internet em 21 dias

Depois de ter passado os últimos 5 dias ajustando a sua página chegou a hora de dar um BOOST na quantidade de visitantes e começar a ganhar dinheiro.

Com tudo pronto, vamos entrar em grupos do Facebook e divulgar a sua página.

Entre em grupos do Facebook relacionados ao assunto do seu e-book e comece a divulgar, mas não divulgue de qualquer jeito analise as postagens no grupo e verifique um contexto em que você possa adicionar o link para o seu site.

Não adianta ficar fazendo SPAM porque ninguém vai comprar de você assim, as pessoas compram de quem ajuda elas.

Seja essa pessoa, presente, ativa e sempre que possível indique o seu e-book.

Considerações finais

Foram longos 21 dias, mas acredito que o conteúdo que eu disponibilizei aqui vai ajudar muita gente, muita gente iniciante se perde no meio de tanta informação e acaba não conseguindo ganhar dinheiro na internet.

O pior de tudo não é não ganhar e sim desistir de ganhar, muitos começam a achar que isso não é pra ele e tal. Mas isso tudo é besteira, se você se empenhar, se dedicar e persistir você consegue ter resultados tão bons quanto os meus.

Espero que tenha te ajudado, um forte abraço e até a próxima.

O Guia Secreto Para Ganhar Dinheiro Na Internet Como Afiliado

É praticamente impossível alguém procurar maneiras de ganhar dinheiro na internet e não esbarrar com o negócio de afiliados, o mercado de afiliação vem crescendo bastante e muitas empresas grandes vem adotando cada vez mais o modelo de afiliação como estratégia de marketing, neste artigo eu vou te dar o passo a passo completo para você começar a ganhar dinheiro na internet como afiliado, mesmo que você seja iniciante.

Neste artigo você vai aprender tudo que você precisa sobre o mercado de afiliados, estratégias de vendas, como inciar, os melhores produtos para trabalhar, como divulgar seus links e muito mais.

Portanto, feche o WhatsAPP, Facebook e concentre aqui na leitura que eu tenho certeza que vai valer muito a pena para você, que está sério com o objetivo de ganhar dinheiro na internet como afiliado.

Visão geral do mercado de afiliados

Antes de começar a te falar as estratégias que mais funcionam, deixa eu te contar um pouco sobre o mercado de uma forma geral.

Caso você já saiba como funciona o mercado de afiliados pode descer para o próximo tópico.

O famoso ganha-ganha-ganha

O mercado de afiliados funciona assim…

Suponhamos que eu, Bruno Medeiros, tenha um produto digital (um curso por ex.)

E decido pagar 40% do meu curso para pessoas que quiserem vender esse curso para mim. O meu curso custa R$ 1.000,00.

Ps.: Os valores são hipotéticos, ok?

O João decide se tornar um afiliado do meu produto e todas as vendas que o João fizer ele vai receber R$ 400,00. (R$ 400,00 é 40% de R$ 1.000,00).

Por isso é ganha-ganha-ganha.

Eu, Produtor, ganho por ter conseguido fazer mais uma venda e sem gastar com funcionários ou investir em marketing.

O afiliado ganha porque recebe os R$ 400,00 pela venda e não precisa se preocupar com entrega, suporte nem nada ele só faz a venda e todo o resto é de obrigação do produtor.

O cliente final também ganha porque consegue ter acesso a um produto que talvez não chegaria a ele caso não fosse o trabalho do afiliado.

O produtor consegue focar mais na entrega e suporte do produto deixando a parte das vendas mais na mão dos afiliados.

Entendeu porque é Ganha-Ganha-Ganha?

Como iniciar no mercado de afiliados?

Eis a pergunta que vale 1 milhão de dólares! COMO COMEÇAR?

Existem centenas de formas de vender produtos como afiliados e ganhar dinheiro na internet você deve ficar muito atento a todas essas estratégias e técnicas o que eu vou fazer neste artigo é te ensinar a base, como funciona o negócio de uma forma geral.

Não adianta eu chegar e te ensinar uma estratégia em específico, essa estratégia pode não funcionar para você por “N” motivos e o que mais pesa, na minha opinião, é a execução do trabalho.

A maioria busca uma maneira de ganhar dinheiro na internet por motivos óbvios, normalmente são: Renda extra, desemprego ou insatisfação com a atividade atual (Esse último acontece demais).

Então não faz sentido você largar o seu emprego para ganhar dinheiro na internet fazendo o que você não gosta, correto?

A primeira coisa que você tem que fazer é descobrir qual é a sua vocação, o que você faria o dia inteiro sem receber nada por isso.

Eu tenho uma empresa e diversos projetos na internet que me permitem viajar o mundo enquanto trabalho, isso é muito legal mas se eu não soubesse isso que vou te ensinar agora eu jamais conseguiria fazer isso, viveria estressado e infeliz com o meu trabalho e pelo incrível que pareça é justamente o contrário que acontece sou extremamente grato e feliz por fazer o que faço.

Descobrindo o seu tipo de personalidade

O primeiro passo é descobrir o seu tipo de personalidade isso vai te ajudar a identificar tarefas que você acha mais interessante.

Ex.: Existem pessoas que odeiam fazer coisas criativas, não gostam de ter que pensar e criar soluções para problemas. Não há nada de errado com isso, caso você não seja essa pessoa, mas tem gente que AMA fazer isso (Eu sou a prova viva).

Eu não suporto fazer tarefas repetitivas, isso me entedia, me estressa e consome toda a minha energia.

Isso acontece por causa do meu tipo de personalidade, para você saber qual é o seu tipo você pode fazer um teste online gratuito de personalidade.

Nesse teste você vai descobrir o que mais te agrada a fazer, esse é o ponto INICIAL para você começar a ganhar dinheiro na internet como afiliado.

Mais abaixo, neste artigo, você vai ver diversas estratégias e soluções para vendas na internet e é de extrema importância que você consiga identificar o que mais vai te agradar, não adianta pensar: “Ahhh, eu vou fazer isso porque dá mais dinheiro.” Esquece isso, TUDO dá muito dinheiro, mas é preciso consistência, eu ganho muito dinheiro hoje mas eu faço o que faço há 11 anos eu tenho consistência eu domino a minha área, entendo do meu mercado e só consigo fazer isso porque eu amo o que faço, não me envolvo com tarefas que não gosto.

Escrever um artigo de 8000 palavras, para mim, é um hobby e para muitos pode ser a morte.

Você vai ver estratégias de vendas que é necessário gravar vídeos, mas existem pessoas que são extremamente tímidas e têm pavor de câmeras e falar em público. Talvez você seja essa pessoa, caso seja, não vai conseguir gravar mais de 250 para o YouTube (Como eu fiz).

Quer dizer que se você não gravar vídeos para o YouTube você não vai conseguir ganhar dinheiro na internet como afiliado? NÃO! Essa é a apenas uma das centenas de estratégias existentes para realizar vendas on-line.

Então faça o seu teste no site que eu indiquei e descubra o que mais combina com você.

A base de tudo: Como iniciar do jeito certo no mercado de afiliados

Entenda uma coisa: VOCÊ NÃO VAI CONSEGUIR FAZER TUDO!

Você precisa entender e enraizar esse conceito na sua cabeça antes de qualquer coisa, você não vai conseguir fazer tudo.

Quando eu falo tudo eu me refiro a todas as estratégias existentes na internet.

Você vai precisar escolher uma estratégia e seguir-lá até o final, aqui na empresa eu tenho a minha função, eu não faço tudo. Você pode até ver coisas sendo executadas, mas não sou eu que faço.

Ex.: Um dos nossos principais business é a Smart Hat, uma empresa de prestação de serviços na área de SEO. Eu tenho a minha função que é a parte comercial. Eu sou responsável pela parte técnica do setor de vendas.

Como eu tenho mais experiência no ramo de SEO eu fico com o direcionamento técnico e produção de conteúdo, então, tudo que você ver da Smart Hat relacionado a conteúdo sou eu que produzo: Artigos, vídeos, notas.

Se você quiser comprar um produto, você vai falar com um representante (não afiliado, representante mesmo) e ele vai te explicar todo o processo do serviço. Depois de você se tornar cliente uma outra pessoa vai fazer o seu acompanhamento, vai te auxiliar nas dúvidas e te passar os resultados.

Eu fico 100% OFF desse processo, sabe por que? Porque eu NÃO GOSTO de fazer, logo, não faço.

O primeiro item da Base: O tráfego

Pensa comigo, para você vender alguma coisa para alguém você precisa de ter pessoas, certo?

É como se você, afiliado, fosse uma loja você tem produtos e ganha uma comissão sobre a venda desses produtos agora você precisa de ter pessoas na sua loja para comprar, correto?

Caso não entre pessoas na sua loja, você não vende, não é isso?

Como no mundo off-line você precisa fazer coisas para atrair a atenção das pessoas para a sua loja, por isso é normal você ver em agências de carros usados pessoas vestidas de anão, mulher maravilha e várias personalidades engraçadas.

Isso tudo para chamar a atenção de quem passa na rua para entrar na loja.

É pelo mesmo motivo que as lojas criam ofertas e promoções, para atrair a atenção das pessoas.

Anota isso: ATRAIR A ATENÇÃO DAS PESSOAS!

E para atrair a atenção das pessoas na internet você só tem duas formas de fazer: Organicamente ou pago.

Esse é o primeiro pilar para você ganhar dinheiro na internet como afiliado, você precisa de tráfego. Sem tráfego, não tem negócio.

Maneiras de gerar tráfego orgânico

Tráfego orgânico é todo o tráfego que você não paga, diretamente, para ter.

Ex.: Se você tem um perfil no Instagram onde dá dicas de como ganhar dinheiro na internet sendo afiliado e recebe visitas e curtidas esse tráfego é orgânico.

Ex2.: O mesmo vale para uma página no Facebook, caso você publique e atinja pessoas isso é tráfego orgânico.

As maneiras mais eficientes de gerar tráfego orgânico são: Google, Youtube e Instagram.

Existem outras fontes de tráfego mas te adianto que não valem a pena serem exploradas, você pode conseguir até um resultado ou outro mas o grosso do resultado mesmo vem dessas 3 grandes fontes de tráfego.

Por que Google, YouTube e Instagram?

O Google é o maior buscador do planeta, leva também o título de site mais acessado do mundo.

O YouTube é o segundo maior buscador do planeta e maior plataforma de vídeos do mundo.

O Instagram é a segunda rede social mais utilizada do mundo, perdendo apenas para o Facebook. (Ps.: Excluindo o WhatsAPP da lista).

O Facebook fica de fora dessa lista por alguns motivos técnicos, no passado ele já foi muito bom mas hoje o alcance orgânico dele caiu muito. Isso significa que quando você faz uma publicação esse conteúdo não é entregue a muitas pessoas, menos de 3% da sua lista de amigos/fãs é impactada.

Isso acontece porque muitas pessoas compram publicidade no Facebook, pagam para aparecer, logo a prioridade é de quem paga.

O Facebook tem um algoritmo (Um robô que decide o que aparece e o que não aparece) e os critérios desse algoritmo são duros, são muitos requisitos para que sua postagem tenha um alcance significado (Muitos likes, comentários e compartilhamentos).

Gerando tráfego orgânico no Google

Gerar tráfego orgânico no Google é relativamente simples, você vai precisar de um site e isso não é algo de outro mundo. Hoje existem várias plataformas que facilitam você a ter o seu site sem muita dificuldade, você pode usar o WordPress.org para fazer o seu site, gratuito e rápido.

Ps.: Eu uso o WordPress, esse site que você está lendo este artigo foi feito em WordPress.

A base para você gerar muito tráfego orgânico vai ser o nicho, isso se aplica a todas as formas de geração de tráfego, o nicho é a segmentação do mercado, a fatia de pessoas que você vai atingir.

Ex.: Existem cerca de 140 milhões de pessoas conectadas na internet no Brasil, essas 140 milhões são dividas em interesses. Alguns tem interesse em procurar algo relacionado a ganhar dinheiro na internet outros em algo relacionado a perda de peso.

O nome disso é: NICHO DE MERCADO.

Você precisa saber em qual nicho vai atuar, não dá pra fazer tudo, você não consegue atingir todo mundo isso é impossível.

Esse blog aqui é sobre marketing digital, SEO e negócios na internet eu só consigo atingir esse público, deu para entender?

Caso eu queria vender algum produto de perda de peso eu vou precisar ter um blog que fale sobre perda de peso.

O segredo dos nichos lucrativos

Na hora de escolher o seu nicho você deve ficar atento a algumas coisas bastante importantes, a primeira é o tamanho do nicho.

Existem nichos extremamente pequenos e que não valem os esforços do trabalho.

Ex.: Imagine que você queira criar um blog que ajude pessoas a entenderem como funciona o sistema digestivo das formigas? Pouco provável que tenha uma quantidade de pessoas significativas buscando por essa informação.

O seu nicho tem que ter gente, pessoas devem estar interessadas no seu assunto.

Os nichos, no geral, são divididos em 3 categorias: Macro nichos, Sub-nichos e micro-nichos.

Vou te explicar dando de exemplo este meu blog, eu sou atuante no nicho de marketing digital.

Marketing digital é o grande nicho e dentro dele tem as segmentações (sub-nichos e micro-nichos).

Neste blog eu falo mais sobre negócios na internet com tráfego orgânico (SEO) ou seja… O meu blog é um sub-nicho de marketing digital que fala sobre ganhar dinheiro com SEO.

Eu poderia descer mais uma camada e focar o conteúdo do meu blog em PBNS (Uma parte técnica do mercado de SEO).

Assim eu teria um micro-nicho.

Essa imagem vai te ajudar a entender melhor

Evidentemente o nicho com o maior número de pessoas é melhor, pois você tem mais gente para atingir e consequentemente vender.

O interessante é que você não fica às escuras quando o assunto é escolher nicho, existem várias ferramentas para te auxiliar na escolha do seu nicho te fornecendo informações extremamente valiosas.

O Ubersuggest.io é uma ferramenta dessa, nela você consegue ver a quantidade de buscas que determinados termos tem mensalmente no Google.

Essa é a quantidade de pessoas que buscam todos os meses por termos relacionados a ganhar dinheiro na internet, são 49.500 pessoas buscando por “Como ganhar dinheiro na internet”.

49.500 é um maracanã lotado por mês, será que tem muita gente?

Esse é o primeiro ponto que você deve avaliar, o tamanho do mercado.

Por que o mercado maior tem mais chance de gerar mais dinheiro? Imagine que você tenha um produto (vamos chegar na parte de escolher produtos ainda) que receba R$ 70,00 de comissão por ele.

E de 49.500 pessoas você consiga vender para 1% dessas pessoas. Que são 495 pessoas.

Resultando em R$ 70,00 x 495 = R$ 34.650 mensais.

Deu para entender? Podemos ir para o próximo tópico?

Mas antes deixa eu te dar um presente… Uma lista com alguns nichos lucrativos dentro do mercado de afiliados.

Saúde;
Ganhar dinheiro;
Relacionamento;
Idiomas;
Concursos;
Aprender instrumentos;
Viagens;
Finanças;
Mercado de moda.

Esses são os nichos e você pode explorar os seus sub-nichos.

Idiomas -> Ensinar inglês para viagens;
Concursos -> Como passar em concursos militares;
Relacionamento -> Como reconquistar o ou a ex;
Aprender instrumentos -> Como tocar bandolim;

Visitantes são pessoas

O erro que a grande maioria das pessoas comete é achar que só por ter um site magicamente as pessoas entrarão lá e comprarão os produtos de afiliado.

Não é bem assim! Isso é possível mas é necessário fazer alguns ajustes antes.

Calma que é simples e você, no final deste artigo, vai estar apto a criar o seu blog, receber visitantes e realizar vendas.

Depois de criado o site você vai precisar traçar uma estratégia para receber visitantes e a forma mais eficiente de fazer isso é posicionando o seu site no Google.

Para posicionar um site no Google é necessário aplicar técnicas de SEO (Search Engine Optimization) grave bem essa sigla: SEO (pronuncia-se Essi-I-OU)

Eu sou especialista em SEO, sou o TOP 1 do Google para a palavra CONSULTOR SEO.

Faço isso há 11 anos e tenho bastante reconhecimento dentro da profissão, já gerei alguns bons milhares de reais aplicando estratégias de posicionamento no Google.

Sou muito grato ao SEO, se não fosse ele eu não teria a vida que tenho hoje.

Eu não vou me aprofundar em técnicas de SEO até porque é um assunto bastante complexo e exigiria alguns artigos para que eu pudesse te explicar tudo que você precisa saber para posicionar seu site nas primeiras colocações do Google e lotar de visitantes.

Mas eu posso te indicar o meu canal no YouTube que tem bastante conteúdo e tutoriais relacionados a SEO.

O fato é que o Google tem um algoritmo, um robô que faz um cálculo para saber quem fica ou não fica nas primeiras colocações. Esse robô tem mais de 200 fórmulas, um profissional de SEO conhece o que o Google quer e consegue, através de técnicas, otimizar as páginas para que cumpram esses requisitos.

Os requisitos são itens como: Velocidade da página, Formato de escrita do conteúdo, Autoridade do site e diversos outros.

Se você não aplicar estas técnicas o seu site não vai receber visitantes, me diga qual seria a forma mais viável de alguém encontrar o seu site na internet? Se ele não aparecer no Google? Logo, aplicar técnicas de SEO são fundamentais para que você consiga ganhar dinheiro na internet como afiliado.

Vantagens em utilizar o Google para vender produtos de afiliados

Vamos listar algumas vantagens em usar o Google para promover os produtos.

Público aquecido

No meu ponto de vista esse é o maior dos benefícios de usar o Google para divulgar seus produtos como afiliado, o público que encontra o seu site é muito aquecido pois ele, na maioria das vezes, está muito determinado em comprar.

Veja se você concorda comigo, quando alguém faz uma divulgação no Facebook ou Instagram o público que recebe essa mensagem não está necessariamente buscando por aquilo naquele momento.

O Google é completamente passivo, se você está lendo este artigo é porque está interessado em algo relacionado a ganhar dinheiro na internet como afiliado.

O nível de interesse é extremamente maior.

Custos

Os custos são extremamente baixos, de graça praticamente, para você criar um blog, produzir conteúdo e receber visitantes todos os dias.

Eu recebo centenas de acessos por dia e diversos pedidos de orçamentos automaticamente, só porque eu escrevi um artigo e esse artigo fica para sempre no Google.

Hoje é dia 19/06/2019 não sei em que data você vai ler este artigo mas de qualquer forma você está aqui, lendo, consumindo o conteúdo sem que eu faça nada, isso é automático.

2 anos atrás eu escrevi um artigo e coloquei ele em primeiro colocado para a palavra CONSULTOR SEO e todo dia recebo orçamentos através dele.

O custo para eu escrever este artigo é quase zero, me custa algumas horas do meu dia e um valor irrisório por mês para manter o site funcionando ( não chega nem a 20 reais).

Escalabilidade

Escalabilidade é o termo usado dentro dos negócios que significa: Aumentar o faturamento sem aumentar, ou aumentar pouco, os custos.

No caso do Google isso é perfeitamente possível porque com um blog você pode ter quantas páginas quiser e cada página que você criar você vai receber mais tráfego ficando com o controle total sobre o número de visitantes.

Se eu quiser, no meu blog que tem mais de 200 artigos, colocar mais 50 isso vai fazer com que aumente o número de visitantes porque eu vou ter mais relevância no Google, vou ser encontrado por mais termos.

Isso é um ciclo infinito, você pode ter infinitos artigos falando de coisas diferentes dentro do seu nicho. Surreal, não?

Você pode ganhar o quanto quiser, basta se empenhar a produzir mais conteúdo.

Desvantagens em utilizar o Google para vender produtos de afiliados

Eu particularmente não vejo desvantagens em utilizar o Google a não ser que você tenha problemas com escrita, não curta, não saiba e não quer aprender a escrever.

Muita gente fica travada dizendo que não conhece de português e tal, mas isso aqui é um business de pessoa para pessoa. Eu sou péssimo em português, eu escrevo da forma que acho certo as pessoas entendem e curtem. Isso basta 😉

Gerando tráfego orgânico no YouTube

Assim como o Google o YouTube tem um papel importante dentro de uma estratégia de geração de tráfego, ele é passivo com o Google. As pessoas vão até ele e começam a buscar por coisas de seu interesse, o público é bem aquecido por conta disso.

Eu tenho um canal no YouTube (já te passei o endereço acima) e ele me trouxe bons resultados, teve uma época que eu postava bastante mas como meu business não gira em torno disso, necessariamente, eu tive que dar um pause nas publicações. Mas eu já cheguei a postar um vídeo por dia, mesmo com o canal “parado” todos os dias eu recebo contatos interessados em contratar meus serviços ou comprar meus produtos.

Todas as regras que aprendemos para o Google serve para o YouTube (nichos, etc…)

Essa é a base do negócio, infelizmente o que impede muitas pessoas de produzirem conteúdo no YouTube é a vergonha de se expor às câmeras. Por isso é importantíssimo que você faça o teste de personalidade que te indiquei.

Lá você vai conseguir identificar o seu tipo de personalidade e descobrir se você é uma pessoa que vai se dar bem ou não em frente as câmeras.

Quanto aos custos, isso já foi um problema, hoje qualquer celular de entrada (Na faixa dos R$ 600,00) consegue fazer uma filmagem com boa qualidade.

Dica: Se você não tem problemas com vídeos já pode hoje mesmo escolher seu nicho e começar a produzir conteúdo.

Gerando tráfego orgânico no Instagram

Diferente das outras formas de tráfego citadas acima, o Instagram é mais “invasivo” o público do Instagram tende a ser mais desqualificado porém ainda é bastante segmentado comparado a outras formas de trafégo, esse é o motivo dele estar na lista.

O Instagram funciona muito bem, mas para determinados nichos, os nichos mais visuais são extremamente fortes no Instagram.

Nichos como: Moda, Fitness, Lifestyle.

O nicho de Lifestyle: Viagens, Ganhar dinheiro na internet, são extremamente explorados no Instagram por se tratar de assuntos extremamente visuais.

Falando em Instagram, me segue lá @brunomedeirosjj sempre posto algumas coisas do meu dia a dia como nômade digital.

Essa é uma forma bem legal de conseguir tráfego pois você pode usar tanto vídeos como imagens e textos, trazendo uma boa diversificação de conteúdo.

Escolhendo os produtos para vender como afiliado

Chegou uma hora de extrema importância no processo, a escolha dos produtos.

Nós falamos sobre os nichos e agora vamos falar sobre os produtos para você vender para esse nicho, essa parte é bem fácil.

Existem diversas plataformas para você se cadastrar e poder utilizar os produtos delas, eu recomendo que você comece por uma dessas 3: Hotmart, Monetizze ou Eduzz.

Essas plataformas são marketplaces, como se fossem um mercado livre de produtos digitais e físicos.

Você pode encontrar produtos de diversos nichos e se afiliar, a partir desse momento você vai receber um LINK DE AFILIADO.

É esse link que você vai ter que divulgar, todas as pessoas que comprarem os produtos vindo desse link de afiliado vai, automaticamente, creditar a comissão na sua conta.

Fique tranquilo, o sistema é bem funcional e tem diversos sistemas anti-fraude. Pode divulgar seu link tranquilamente que a comissão será creditada corretamente.

Resumindo… Basicamente você vai escolher um nicho, escolher o canal de divulgação para esse nicho, escolher o produto (ou vários produtos) começar a produzir conteúdo relacionado a esse nicho e indicar os produtos que você selecionou.

Eu poderia, aqui neste artigo, indicar algum produto como afiliado e caso você comprasse através da minha indicação eu ganharia a minha comissão.

Considerações finais

Ganhar dinheiro na internet como afiliado é uma oportunidade que já atinge milhares de pessoas, apesar de ser uma coisa relativamente nova o mercado brasileiro vem crescendo em passos largos. As possibilidades de ganhos através de negócios na internet são inimagináveis, eu mesmo, não ganhava nem R$ 1.000,00 antes de trabalhar na internet e hoje… Pode ter certeza que ganho beeeem mais que isso.

Se quiser saber um pouco mais da minha história, dá uma olhada nesse artigo: COMO GANHAR DINHEIRO NA INTERNET: 10 MANEIRAS COMPROVADAS

Não esqueça de me seguir no Instagram.

Ganhar Dinheiro Na Internet: 10 Maneiras Comprovadas [2019]

Todos os meses mais de 60mil pessoas buscam formas de como ganhar dinheiro na internet e eu acredito saber o motivo de tantas pessoas buscarem por esse termo.
Realmente parece um sonho ganhar dinheiro na internet principalmente pelo fato de não ter a limitação geográfica que aterroriza muitos brasileiros, principalmente os que vivem nas grandes capitais que acabam gastando mais tempo no trânsito do que em casa com as suas famílias.
Eu comecei a trabalhar com marketing na internet em 2008, quando abri uma agência de publicidade e comecei a vender os meus primeiros sites. Mas foi só em 2015 que eu consegui me dedicar 100% a negócios na internet e nunca mais ter a necessidade de colocar uma calça para trabalhar.
Neste artigo eu vou te ensinar 10 formas para você ganhar dinheiro na internet, com ou sem experiência prévia. Este artigo vai ser longo e antes de começar a aprender a ganhar dinheiro você vai ter que aprender as maiores lições desse mercado: PACIÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DEDICAÇÃO.

Anote isso, Paciência, persistência e dedicação!

Antes de te ensinar como você vai ganhar rios de dinheiro na internet deixa eu me apresentar, me sinto na obrigação de fazer isso e contar um pouco da minha história pois eu sei que você vai precisar confiar em mim para aplicar tudo que vou te ensinar neste artigo. Afinal, existem centenas de artigos e fórmulas que ensinam pessoas comuns a ganhar dinheiro na internet.
Meu nome é Bruno Medeiros, tenho 29 anos, nascido no subúrbio do Rio de Janeiro e atualmente cidadão do mundo, cidadão do mundo porque eu não tenho residência fixa, atualmente estou no sul da França, em uma cidade chamada Agde. Hoje é dia 17 de junho, o verão Europeu começa dia 23 e as coisas ficam bem cheias e movimentadas por aqui 😉
Ps.: Aqui se localiza uma das maiores boates de musica eletrônica do mundo, por isso vim pra cá 😉
Ps2.: O nome da boate é Amnesia.
Todo o meu dinheiro vem da internet eu não tenho outra fonte de renda, mas fica tranquilo que neste artigo eu vou explicar tudo que eu faço pra ganhar dinheiro e viajar o mundo.

Não se esqueça da paciência!

Se você está chegando agora no mercado deixa eu te contar uma coisa triste, mas verdadeira, sobre marketing digital e negócios na internet: A maioria das pessoas mente!
É super normal você ver no Facebook, YouTube, Instagram pessoas falando que ganham R$ 100,00 – R$ 200,00 – R$ 500,00 por dia na internet e quando você tenta conseguir mais informações elas só falam: Compre o curso tal que você vai conseguir também.
Não caia nisso! A maioria das pessoas que faz isso são iniciantes igual a você e ele não consegue nem ajudar a si próprio quem dirá ajudar os outros.
Você tem que criar uma mentalidade de negócios, ganhar dinheiro na internet não pode ser tratado como “uma forma de renda extra” tem que ser levado a sério. Como uma empresa normal você precisa de ter todos os setores do seu negócio bem estruturado.
Por isso falei da persistência, não é fácil fazer isso mas é muito recompensador.
Primeira coisa que você precisa aprender sobre ganhar dinheiro na internet não tem nada a ver com internet em si e sim de como funciona o dinheiro, não tem como você conseguir dinheiro se você não fala a mesma língua que ele.
Deixa eu te contar uma história que vai fazer você entender esse conceito de uma forma simples e rápida.
Chegamos na França faz 5 dias, estávamos em Barcelona anteriormente, eu sei falar Inglês, Espanhol e português (óbvio) e é muito normal você conseguir se virar com o Inglês, afinal é um idioma universal e a maioria fala.
Mas aqui NÃO! Aqui é uma cidade com 40mil habitantes e só funciona em alta temporada (verão) a maioria dos habitantes é gente de idade e não consegue falar se quer uma palavra em inglês, ou seja, Fale francês ou morra de fome hahahaha.
A minha primeira grande missão na França foi conseguir internet, um chip 3G e levei 6 fucking horas para conseguir isso. E sabe o que é pior? Na loja ao lado de onde eu consegui a informação de que conseguiria comprar o chip no centro da cidade (que fica a 10 minutos de ônibus) vende o chip.
Eu saí de casa as 11:00 da manhã (sem saber falar uma palavra em Francês) fui montando o quebra-cabeça e cheguei a conclusão de que precisava ir no centro da cidade para conseguir um chip pra funcionar a internet.
2 dias depois eu conheci o Jules, dono de um restaurante aqui na cidade e ele fala inglês quando contei para ele a história ele falou assim: Por que você não foi na tabacaria aqui ao lado? Eu respondi: porque eu não fazia a mínima ideia que na tabacaria vende chip de internet.
Só isso! O que parece óbvio pra ele, pra mim foi um absurdo. Como eu imaginaria que na tabacaria ia vender chip de internet?
É exatamente isso que eu quero que você aprenda nesta etapa do artigo, você precisa entender como as coisas funcionam antes de querer fazer-las funcionar.
Eu vou te dar uma aula de como o dinheiro funciona e como você pode se beneficiar tendo essa informação em mãos.

Como ganhar dinheiro na internet usando um conceito básico de negócios

Talvez você tenha lido ou ouvido falar sobre o livro: Pai rico, Pai pobre. Não? É um best-seller e recomendo a todos lerem.
Esse livro ensina bastante coisa sobre dinheiro mas a maior lição (no meu ponto de vista) é o quadrante de fluxo de caixa, se você não entender esse conceito talvez você fiquei igual eu fiquei na França, rodando, rodando, rodando sem conseguir chegar a lugar nenhum.
O quadrante de fluxo de caixa é sensacional!
como ganhar dinheiro na internet quadrante de fluxo de caixa
Esse quadrante, dividido entre lado esquerdo e direito, pode simplesmente SALVAR a sua vida financeira.
Do lado esquerdo temos as pessoas que trocam o tempo pelo dinheiro, os empregados e profissionais autônomos.
Do lado direito as pessoas que NÃO trocam o tempo pelo dinheiro, são os empresários e investidores ( Que colocam o dinheiro para trabalhar).
As pessoas do lado esquerdo nunca serão ricas ou terão uma vida financeira abundante, porque elas sempre dependerão de trabalho para conseguir o mínimo necessário para sobreviver.
Se eu fosse autônomo ou empregado não conseguiria viajar o mundo da forma que viajo, não que eu não trabalhe mas é diferente, você vai entender um pouco melhor sobre meu trabalho mais abaixo.
Estou te explicando isso porque mais abaixo você vai ver diversas formas de como ganhar dinheiro na internet e algumas delas são do lado esquerdo do quadrante.
Ok, Bruno. Quer dizer que eu não posso estar do lado esquerdo do quadrante? Você pode estar onde quiser, o que eu quero te mostrar é que se você estiver do lado esquerdo você vai ter resultados de quem faz coisas do lado esquerdo tem. Se você estiver do lado direito você vai ter resultados de quem está do lado direito tem.
Não há nada de errado em estar do lado esquerdo ou direito eu só quero que você esteja ciente disso, ok?
Só pra fixar… Do lado esquerdo temos:
Empregados – Que recebem um valor fixo mensal por suas horas de trabalho;
Autônomos – Vendem suas horas por um valor determinado;
Do lado direito temos:
Empresários – Contratam pessoas para fazer tarefas que eles não sabem fazer ou não gostariam de fazer aumentando assim a produção;
Investidores  – Aplicam o dinheiro, fazem o dinheiro trabalhar para eles (investimento em negócios, bolsa de valores, etc…).
Estamos conversados?
Caso tenha dúvida ainda sobre esse assunto dá uma sacada em um vídeo que eu gravei para o meu canal do YouTube explicando melhor esse conceito de quadrante de fluxo de caixa.

Agora chegou a hora de verdade de falar sobre como ganhar dinheiro na internet

O que eu faço para ganhar dinheiro na internet?
Vamos lá, primeiramente eu vou falar o que eu faço (detalhadamente) e depois vou te mostrar as opções para você começar a fazer ainda hoje.
O que é ganhar dinheiro na internet? Basicamente ganhar dinheiro na internet é você vender alguma coisa para alguém que consiga ser entregue sem você estar necessariamente presente, PONTO!
Resumindo… Venda de produtos ou entrega de serviços digitais.
Vamos à lista…

#01 – Ganhar dinheiro na internet com consultorias

Esse é o primeiro da lista por vários motivos e um deles é que eu não consigo me imaginar escrevendo um artigo de como ganhar dinheiro na internet sem pensar em consultoria.
Foi fazendo consultorias que eu consegui mudar de vida, eu sempre tive uma vida modesta e com pouco tempo (3 anos) eu consegui ter um rendimento superior a R$ 10.000,00 mensais (Isso em 2015).
Vamos lá, deixa eu te explicar o que eu fiz e que você também pode fazer.
Quando eu comecei a fazer sites em 2008 os sites eram vendidos como o futuro da comunicação, surgiram até umas faculdades de “comunicação digital” nem sei se existem ainda.
Basicamente a ideia vendida para a massa era de que quem não tivesse site iria estar falido e destruído no mercado (isso para as empresas).
Mas em 2010 a internet começou a chegar no Brasil e os sites por si só não tinham efeito algum, as pessoas não entendiam (nem eu) que um site não fazia milagres ele só era uma ferramenta a ser utilizada dentro de uma estratégia de marketing.
Ou seja… As pessoas compravam sites com o objetivo de aumentar as vendas e não era isso que acontecia porque lhes faltava a parte anterior ao site, a estratégia.
E isso foi muito bad para mim, porque eu realmente achei que fosse ficar rico com 20 anos =(.
Em 2010 a demanda por sites diminuiu drasticamente e só foi piorando, até hoje a demanda é baixa. Comparado ao que era em 2008-2010.
Sem opção, a necessidade me obrigou a buscar alguma forma de aumentar o meu rendimento e então eu comecei a aprender SEO.
SEO é uma técnica de otimização de sites, que faz os sites aparecerem nos resultados de pesquisa do Google. Eu enxerguei a oportunidade nesse mercado e me especializei em consultoria SEO. Hoje eu sou o TOP 1 para a palavra CONSULTOR SEO no Google.
consultor seo top 1
Durante muito tempo essa foi a minha principal fonte de renda, eu vendia consultorias. Dizia o que uma empresa precisava fazer para conseguir ficar no topo do Google. Com isso ela aumentava a quantidade de visitantes no site e consequentemente as vendas.
Eu comecei cobrando pouco, mas assim que comecei a desenvolver a metodologia que eu uso hoje passei a cobrar na faixa de R$ 1.200,00 por mês para fazer as otimizações e assegurar o cliente nas primeiras posições.
Com esse valor eu consegui manter uma base de 10-13 clientes (ao mesmo tempo) e foi muito bom, principalmente para mim olha só meu salário em 2010.
ganhar dinheiro na internet 2010
Eu ganhava R$ 605,82 dando aulas de web design (criação de sites) em 2010. It’s a sad history!
“de repente” ganhar R$ 10.000,00 por mês não foi nada mal, mas em pouco tempo eu tomei uma decisão de ganhar mais e precisei fazer algumas mudanças na minha forma de trabalhar, vamos falando sobre isso mais abaixo.
Ganhar dinheiro com consultoria na internet é relativamente simples, primeiramente você precisa se especializar em algo que consiga entregar pela internet.
Veja algumas ideias de áreas você pode prestar consultorias:
Consultoria empresarial;
Consultoria financeira;
Consultoria jurídica;
Consultoria de imagem;
Consultoria financeira pessoal;
Consultoria de RH;
Consultoria de marketing;
Consultoria contábil;
Consultoria imobiliária;
Consultoria de TI;
Consultoria tributária;
Consultoria de estilo;
Consultoria em segurança do trabalho;
Consultoria de investimentos;
Consultoria fitness;
Consultoria organizacional;
Consultoria trabalhista;
Consultoria alimentar;
Consultoria esportiva;
Consultoria administrativa;
Consultoria previdenciária;
Consultoria estratégica;
Consultoria arquitetura;
Consultoria Bitcoin;
Consultoria para restaurante;
Consultoria TOTVS;
Consultoria atuarial;
Consultoria imigração canada;
Consultoria cidadania italiana;
Consultoria jurídica empresarial;
Consultoria informatica;
Consultoria recursos humanos;
Consultoria visto americano;
Consultoria varejo;
Consultoria Linkedin;
Consultoria Jason;
Você pode prestar consultoria de muitas coisas na internet, praticamente tudo.
Pronto, esses são alguns dos serviços que você pode prestar agora eu preciso te ajudar a vender esse serviço. Suponhamos que você decida prestar consultoria em cidadania Italiana, você além de precisar entender de todo o processo você vai ter que ter uma forma de divulgar esse serviço na internet.
Aí que entra a minha expertise, por um acaso eu uso essas técnicas para vender meus serviços de marketing mas podem ser usadas pra vender qualquer coisa.
Você pode ter um blog falando sobre imigração para Itália, viagens para Itália, assim você vai atrair pessoas interessadas em irem para a Itália e lá dentro do seu blog uma opção de contato com você para contratar seus serviços.
Exatamente como acontece comigo, mas no segmento de marketing digital, eu tenho mais de 250 artigos aqui no blog e lá em cima tem a opção de contato, certo? Todos os dias eu recebo pedidos de orçamento aqui no blog.
Resumindo… O usuário tem uma dúvida, procura no Google, me encontra e me contacta para prestar o serviço. Você pode replicar esse modelo PARA QUALQUER COISA!
Preste atenção: Qualquer coisa.
Ps.: Quando eu tirei o meu visto americano eu fiz isso, encontrei uma consultoria na internet e fiz todo o procedimento online (Só tive que ir na embaixada para tirar foto e fazer os procedimentos do consulado americano). Me custou cerca de R$ 900,00 se eu fizesse sozinho pagaria em torno de R$ 600,00. Mas para mim foi válido, eu não queria perder tempo nem pesquisar nada, cheguei lá, paguei e resolvi tudo rápido.
Consultoria de RH. Nós temos uma prestadora de serviço que trabalha em casa, pela internet ,prestando consultoria de RH. Ela auxilia em todo o processo de seleção de novos funcionários para a nossa empresa. Executa 100% de casa.
Esse é um modelo bem legal de se ganhar dinheiro na internet.

#02 – Ganhar dinheiro na internet com aluguéis

Esse é um item bastante atrativo da lista, ganhar dinheiro na internet com aluguéis, mas calma! Você não precisa ter imóveis para fazer isso, afinal não estamos falando de aluguel de imóveis e sim de WEB SITES.
Sim, é possível alugar websites e receber valores satisfatórios todos os meses.
Lembra que eu te falei sobre posicionar sites no Google? Pois bem, existem várias empresas que não fazem ideia de que isso é possível. Essas mesmas empresas estão desesperadas atrás de novos clientes e não fazem ideia de como iniciar o processo de captação de novos clientes, essa é a realidade de 90% das empresas brasileiras.
Você pode trabalhar em construir sites e posicioná-los no Google, com o site posicionado ele vai começar a receber acessos e com os acessos consequentemente pedidos de orçamentos.
Imagine a seguinte situação: Você cria um site chamado desentupidorarj.com.br e coloca ele na primeira colocação para o termo “DESENTUPIDORA NO RIO DE JANEIRO”. Todas as vezes que alguém que estiver precisando do serviço de desentupidora for no Google e digitar desentupidora no Rio de Janeiro vai encontrar o seu site e deixar uma mensagem solicitando um orçamento.
É exatamente assim que se ganha dinheiro na internet alugando sites, você vai oferecer esse site ao dono da empresa, ele vai pagar uma mensalidade a você para ter acesso a todos esses orçamentos que chegarem através do seu site (agora dele).
Ele te paga uma mensalidade e você coloca os dados dele lá no site, isso é extremamente interessante, eu mesmo tenho vários projetos de sites alugados.
Como no mercado de imóveis existem imóveis que valem R$ 5.000,00, R$ 8.000,00, R$ 30.000,00 o aluguel no mercado de aluguel de sites também tem suas variações de acordo com vários fatores como: Dificuldade de posicionamento, tipo de mercado e outros fatores. Mas em uma média geral você consegue alugar os sites pela média de R$ 1.500,00 sem muita dificuldade.
Se você tiver 10 sites alugados tem um rendimento mensal de R$ 15.000,00.
Não é nada mal, não?

#03 – Ganhar dinheiro na internet vendendo e-books

Essa é uma forma interessantíssima para você começar a ganhar dinheiro na internet, acredito ser uma das maneiras mais fáceis de ganhar dinheiro on-line.
O que são e-books? E-books são livros eletrônicos, mas não aqueles livros publicados por editoras e tal.
São documentos escritos por pessoas comuns que podem ser facilmente comercializados através das plataformas especializadas.
Você pode escrever um e-book sobre qualquer assunto que você quiser e utilizar a hotmart, monetizze ou eduzz, essas plataformas são meios de pagamento eles ficam responsáveis por toda a intermediação do seu e-book.
Você pode acessar a hotmart agora mesmo e comprar um e-book por lá, a hotmart vai ficar responsável por fazer a intermediação do seu produto com o cliente final, cuidando da entrega e recebimento dos valores.
Isso significa que você só fica responsável pela criação do e-book e não se preocupa com mais nada, a grande vantagem é que um e-book você pode vender quantas vezes quiser, por se tratar de um produto digital você não precisa de estoque.
Ps.: O usuário recebe o e-book via e-mail (entregue pela plataforma).

Passo a passo para escrever o seu e-book e ganhar dinheiro na internet ainda hoje

Antes de tudo você precisa de uma coisa muito importante, saber o nicho que você vai vender seu e-book.
Nicho é o segmento de mercado, Ex.: Receitas, Perder Peso, Vendas na internet, etc…
Você tem que definir um nicho, o ideal é que você defina um nicho que você goste. Não vale a pena você querer ter e-books em nichos que você não gosta, você nem precisa dominar um assunto para escrever o e-book mas é imprescindível que você goste.
Você gostando você consegue ficar horas pesquisando e escrever um conteúdo excelente sem ser muito desgastante, eu não vendo e-books mas para mim é um prazer escrever sobre marketing e negócios. Eu não estou ganhando nada com esse post, ele já tem 2.800 palavras e ainda estamos longe do fim do artigo.
Eu poderia vender essa informação em formato de e-book, mas como meu negócio não é esse resolvi escrever por hobby, gratuitamente 😉
O primeiro passo para você escrever o seu primeiro e-book é, como eu disse antes, determinar o nicho.
Depois de ter determinado o nicho você pode usar o Ubersuggest para te ajudar com algumas ideias do que você pode escrever.
como ganhar dinheiro com ebooks
 
Essa é a ferramenta, basta você digitar no campo livre o seu nicho e ele vai te sugerir várias ideias de palavras que as pessoas estão buscando. Como exemplo eu coloquei “Massa muscular” e olha o que retornou.
como ganhar dinheiro com ebooks parte 2
Isso significa que tem 8.100 pessoas todos os meses buscando por “massa muscular” e suas variáveis.
Agora vamos aos números…
Imagine que você crie o seu e-book que ensina as pessoas a ganharem mais massa muscular e cobre R$ 60,00 por esse e-book.
R$ 60,00 para um e-book está super bem pago.
10 e-books por mês = R$ 600,00;
20 e-books por mês = R$ 1.200,00;
40 e-books por mês = R$ 2.400,00;
80 e-books por mês = R$ 4.800,00;
100 e-books por mês = R$ 6.000,00.
40 e-books é pouco mais de 1 por dia, um número extremamente atingível.
Ps.: Você pode ter vários e-books, imagine que você tenha 5 e-books com essa quantidade de vendas?
50 e-books por mês = R$ 3.000,00;
100 e-books por mês = R$ 6.000,00;
200 e-books por mês = R$ 12.000,00;
400 e-books por mês = R$ 24.000,00;
500 e-books por mês = R$ 30.000,00;
R$ 30.000,00 só com e-books!
Realmente, vender e-books é uma excelente forma de ganhar dinheiro na internet.
Bom, depois de ter decidido o seu nicho você vai precisar de um editor de texto. Pelo incrível que pareça, você pode usar o Google Docs ele é mais do que suficiente para você.
Agora é só arregaçar as mangas e começar a ganhar dinheiro na internet vendendo e-books.

#04 – Como ganhar dinheiro na internet escrevendo textos

Essa é mais uma opção, escrever textos é um trabalho bem remunerado no mundo da internet. As pessoas tem vários motivos para te pagar para escrever textos.
A comunicação das empresas hoje é feita quase sempre pela internet e empresas investem bastante nesse setor que está em crescimento exponencial.
Você pode criar um perfil no workana e lá oferecer seus serviços como retador, em média um redator recebe 20-40 reais por texto.

Se você quiser aprender a escrever um artigo em 40 minutos ou menos, leia este artigo.

O Workana é uma plataforma que conecta prestadores de serviços com contratantes, todo o pagamento é intermediado por eles logo é 100% seguro.
Eu particularmente não curto esse tipo de trabalho, pois ele se encaixa do lado esquerdo do quadrante que falamos acima e caso você queira escalar o seu serviço você aumentar o seu tempo de trabalho.
Não há nada de errado com isso é apenas uma forma de ganhar dinheiro na internet que eu não tão adepto, diferente do e-book você só vai receber enquanto trabalhar.
Aqui, mais dinheiro significa mais trabalho.

#05 – Como ganhar dinheiro na internet sendo parceiro do Google

Eu já ganhei, e ganho, alguns bons dólares sendo parceiro do Google 😉
O Google, sim o buscador, tem um programa oficial de parceiros e qualquer pessoa pode se participar.
O nome do programa é Google Adsense e ele é bem legal para quem quer ganhar dinheiro na internet.
Funciona da seguinte forma: Você cria um site, produz conteúdo para esse site, se torna parceiro do Google (não paga nada para fazer isso) e a partir daí o Google vai exibir Banners (propagandas) dentro do seu site.
Você vai passar a receber parte do que essas empresas estão pagando ao Google por ser um parceiro dele.
Deixa eu resumir.
Qualquer empresa pode pagar ao Google para ser divulgada, o Google tem essa rede de parceiros e exibe os anúncios das empresas que procuraram ele.
Esse meu blog aqui poderia ter anúncios e eu poderia ganhar com isso, isso não é genial?
Como a conta fecha? Simples, o Google cobra na modalidade CPC (Custo por click) o anunciante só paga quando alguém clica e quando alguém clica, caso tenha sido dentro do seu site, você recebe uma parte do valor que o Google cobrou dele.
Eu tenho alguns sites que foram criados exclusivamente para ganhar dinheiro com Adsense e rendem muito bem, chegando a USD 1.700.00 por mês (cerca de R$ 8.000,00).
Eu arrisco dizer que essa é uma das melhores maneiras de ganhar dinheiro na internet.

#06 – Como ganhar dinheiro na internet com Dropshipping

Dropshipping é a febre do momento, diversas pessoas sem nenhum conhecimento em internet estão faturando alto utilizando dropshipping.
Em poucas linhas Dropshipping é um e-commerce (loja virtual) que você não precisa de estoque.
Como assim, Bruno?
Os fornecedores são responsáveis pela entrega e você só faz a intermediação, você pode encontrar um fornecedor e montar uma loja virtual com os produtos fornecidos por ele.
Quando o cliente comprar na sua loja, você vai comprar dele e mandar entregar na casa do cliente.
Quanto ao preço você coloca a sua margem de lucro, as possibilidade são boas e alguns produtos variam de 100 a 300% de margem.

O que eu preciso saber para montar meu dropshipping?

Como é um mercado que está bem aquecido sempre estão surgindo soluções para facilitar esse trabalho, o grande core do negócio, sem dúvidas é a criação da loja, que pode ser feita de diversas formas e utilizando tecnologias diferentes.
A forma mais fácil de você ter a sua loja é utilizando o Shopify. Que é uma plataforma 100% focada em criação de lojas virtuais. É bem fácil e intuitivo utilizar a ferramenta e lá você, mesmo sendo leigo, consegue sair com a sua loja pronta em alguns poucos minutos.
Como alternativa você pode utilizar o WordPress.org juntamente com a ferramenta WooCommerce mas nesse caso vai necessitar de um pouco mais de conhecimento técnico sobre criação de web sites.

#07 – Ganhar dinheiro na internet com afiliação

Bem parecido com o dropshipping, ganhar dinheiro na internet com afiliação é uma boa opção para quem está começando nesse mundo de internet e marketing digital.
Existem diversas plataformas atuantes no mercado brasileiro que te dão a possibilidade de se afiliar a produtos, dessa forma você vai atuar como um “representante comercial”.
Ex.: Imagine que eu tenha um e-book e cobre R$ 60,00 por ele. Eu posso abrir a afiliação e você se afiliar ao meu produto, você vai se tornar o meu parceiro de negócios e todas as vendas que você fizer do meu e-book você vai ganhar uma porcentagem que eu determinar.
Suponhamos que eu pague 50% por venda, isso significa que toda venda que você fizer você vai receber R$ 30,00.
As vendas são contabilizadas por um link específico que as plataformas geram assim quando alguém realizar uma compra com o seu link automaticamente sua comissão vai para a sua conta.
como ganhar dinheiro na internet com o hotmart
Veja só, esses são alguns produtos disponíveis para afiliação e venda na hotmart, basta você clicar e você se torna um afiliado do produto, recebe o seu link e pode começar a ganhar dinheiro na internet, simples assim.
A comissão varia, ela é estipulada pelo produtor (dono do produto) por isso existem produtos que pagam R$ 70,00 de comissão e outros que pagam R$ 443,30.
Além da Hotmart existem também outras plataformas que trabalham no mesmo modelo, inclusive com produtos físicos.
Ps.: A Hotmart só trabalha com produtos digitais (e-books, cursos, softwares).

#08 – Ganhar dinheiro na internet vendendo cursos

Uma das melhores formas de vender o seu conhecimento na internet é através de cursos online, os ganhos que você pode obter vendendo cursos são gigantes.  A lógica é basicamente igual ao do e-book porém o valor percebido de um curso é muito maior que de um e-book.
Você consegue vender facilmente por R$ 500,00, R$ 1.000,00 R$ 2.000,00 e até R$ 5.000,00 um curso online.
Eu mesmo já ganhei muito dinheiro na internet vendendo cursos, eu tinha um curso de SEO que ensinava tudo sobre tráfego orgânico e como posicionar melhor o seu site no Google. Em pouco mais de 1 ano de curso eu faturei mais de 500mil reais somente vendendo curso.
É uma excelente forma para ganhar dinheiro na internet!
Todo mundo tem algo para ensinar e com toda a tecnologia que temos hoje é absurdamente fácil produzir um curso por conta da qualidade das câmeras dos SmartPhones. Com um telefone de qualidade mediana você consegue gravar com bastante qualidade e ganhar muito dinheiro fazendo a venda dos seus cursos.

Se você quiser embarcar nessa de ganhar dinheiro com cursos é imprescindível que leia o artigo PLANEJAMENTO DE AULA: COMO GANHAR DINHEIRO COM CURSOS ONLINE.

Os cursos podem ser no formato de vídeo normal ou formato screencast, onde só aparece a tela do computador. Essa segunda opção torna ainda mais fácil a produção do conteúdo, basta ter apenas um computador com acesso a internet que já é possível iniciar o seu negócio.

#09 – ganhar dinheiro na internet com um blog

Esse item será bem detalhado, pois é a base do trabalho para ganhar dinheiro na internet.

Ps.:Não se esqueça da paciência!

É incrível a quantidade de vezes que as pessoas me perguntaram: Bruno, como você ganha dinheiro na internet com um blog? E eu comecei a refletir sobre isso e percebi que realmente a maioria das pessoas não tem a mínima noção de como se pode ganhar dinheiro na internet escrevendo para um blog.
Neste artigo eu vou te dar o passo a passo completo para você construir o seu blog e ganhar muito dinheiro com ele.
Existem diversas maneiras de monetizar (ganhar dinheiro na internet) com um blog e cada uma exige uma “característica” diferente eu vou te ensinar aqui as formas mais convencionais, as que eu já usei e uso para ganhar dinheiro online .
Antes de começarmos a falar sobre como você vai lucrar com o seu blog, deixa eu te responder a pergunta que tanto me fazem a respeito da minha página.

Como eu ganho dinheiro com o meu blog?

Eu sou consultor de marketing digital, logo preciso que as pessoas me encontrem para que eu possa vender o meu serviço. O marketing digital é um mercado bem pequeno, apenas 3% da população tem noção do que é marketing digital.
Nesse caso o blog me ajuda muito a fazer a educação do meu potencial cliente, quebrar objeções e o principal: fazer com que ele me encontre.
Eu crio bastante artigos que resolvem problemas comum das pessoas no mercado de vendas, vendas on-line e divulgação na internet. Assim as pessoas me conhecem, entram em contato comigo e fecham negócios.
Essa é uma das formas que eu ganho dinheiro com o blog, eu faturo também através dos meus treinamentos, eu ensino as pessoas a criarem blogs, otimizar páginas para o Google, criar campanhas de marketing,etc. Evidentemente, recebo por isso.
Essas são basicamente as formas que eu consigo ganhar dinheiro com este blog.

Como você pode ganhar dinheiro na internet com um blog?

Você deve estar se perguntando: “Eu não sou consultor, o blog funciona pra mim?” a resposta é SIM!
Vamos lá, um blog é uma forma de você atrair pessoas interessadas em determinado assunto com isso você pode monetizar essas pessoas de diversas formas.
Basicamente todas as maneiras de ganhar dinheiro na internet que vimos anteriormente neste artigo necessitam de um blog, o problema que muitos não entendem é como fazer esse blog ter mais visitantes.
Afinal, você precisa de vender algo e para vender algo, além do produto, você precisa de visitantes.

Gerando tráfego para um blog

como ganhar dinheiro com um blog gerando trafego
Existem duas formas de gerar tráfego na internet que são: Orgânica e Paga.
A geração de tráfego orgânico você não paga diretamente a alguma plataforma para que te envie visitantes, você utiliza estratégias de geração de conteúdo para que as pessoas encontrem esse conteúdo e consequentemente visitem o teu blog.
A geração de tráfego orgânica pode ser feita em qualquer plataforma (Facebook, YouTube, Linkedin, Instagram e principalmente o Google).
Por motivos bem óbvios o Google é uma das maiores ferramentas para a geração de tráfego orgânico, ele é o maior buscador do planeta logo as pessoas utilizam ele com mais frequência do que as outras plataformas para poder encontrar respostas para suas dúvidas e é aí que você divulga o seu blog.
Vamos falar mais sobre geração de tráfego orgânico, vou te ensinar algumas técnicas para você conseguir colocar o seu blog nas primeiras posições do Google e assim atrair mais visitantes.
Na geração de tráfego pago você pode literalmente pagar às plataformas para que divulguem o seu blog, diversas plataformas te possibilitam fazer isso a mais conhecida e barata de uma forma geral é o Facebook, que tem um programa chamado Facebook ADS.

Se quiser aprender como gerar tráfego através do Facebook ADS leia este artigo: Passo a Passo para conseguir clientes através do FacebookAds.

Voltando a falar do tráfego orgânico, vamos fazer uma visão geral sobre SEO.

Como o SEO pode trazer visitantes para o meu blog?

SEO são técnicas de otimização de páginas para os mecanismos de buscas, resumidamente você aplica técnicas de SEO e suas páginas aparecem nas primeiras posições do Google.
Quanto mais páginas você tiver nas primeiras posições, mais tráfego! Assim o seu trabalho de blogueiro consiste em produzir conteúdo, quanto mais conteúdo, mais páginas nas primeiras posições e mais tráfego para você poder monetizar com alguma das formas que eu já te falei acima.

Entendendo o SEO

O SEO é dividido em duas categorias: On-Page e Off-Page.
On-Page
As otimizações On-Page são as otimizações que você faz dentro da sua página, o Google utiliza um robô chamado “Crawler” para poder fazer a leitura das páginas e esse robô tem a função de entender a sua página e te posicionar ou não posicionar.
A função de aplicar técnicas de SEO é você criar a sua página de uma forma que esses robôs consigam interpretar de uma forma favorável a eles e assim eles colocarem nos resultados das pesquisas.
Resumidamente, é como se o Robô do Google falasse um idioma e você vai escrever de uma forma que ele entenda para que ele te coloque nas primeiras posições.
Hoje esse robô do Google utiliza mais de 200 fatores que determinam as posições de uma página, entendendo esses fatores você consegue explorar mais o que o robô quer ver e ter melhores resultados.
O robô é altamente influenciado por fatores como:

  • Título da sua página;
  • Qualidade do conteúdo;
  • Densidade de palavras-chave (repetições);
  • Experiência do usuário;
  • Velocidade do seu site;

Off-Page
As otimizações Off-Page acontecem “fora”da página de uma forma resumida é a autoridade que o seu site tem com o Google, o Google mede a autoridade do seu site baseado na quantidade e qualidade de links (Menções) que ele recebe, quanto mais sites falarem de você, mais autoridade você ganha e mais vantagem no posicionamento você recebe.
Se quiser aprender mais sobre SEO você pode assistir o meu treinamento básico para iniciantes em SEO no YouTube, esse treinamento está dividido em 08 aulas e é bem legal para quem está começando no mundo dos blogs e posicionamento orgânico.

ACESSAR O TREINAMENTO GRATUITO DE SEO

Transformando os visitantes em clientes

Não basta apenas conseguir novos visitantes para o seu blog, você vai ter que criar um canal de comunicação com eles para poder oferecer os seus produtos e serviços.
A forma mais eficiente de comunicação na internet hoje, pasmem, é o e-mail. Com E-mail é possível você se comunicar de forma direta com seus futuros clientes, por mais que pareça demondè os e-mails ainda são muito utilizados, principalmente para essa função que vamos abordar agora.
A primeira grande coisa que você tem que entender em relação a captação de e-mails é: você precisa de um bom argumento para convencer o leitor a te fornecer o e-mail.
Aqui no meu blog eu criei diversas oportunidades para pegar o seu e-mail, eu utilizo lightbox aquelas janelas chatas que abrem quando você acessa o site , tenho uma caixa de newsletter no meio do artigo e sempre coloco uma chamada para a ação no final de cada artigo.
Porém, se você perceber eu sempre ofereço alguma coisa em troca do e-mail no meu caso eu ofereço um e-book que eu escrevi que te ensina a criar artigos com o SEO otimizado para pessoas que não tem experiência tanto com escrita quanto com SEO.
Resumindo a estratégia para você entender como funciona:
Primeiro passo – Produzo conteúdo relacionado a ser encontrado na internet e vendas on-line.
Segundo passo – Crio “complementos” para os assuntos que escrevo e só libero mediante ao pagamento com o e-mail.
Terceiro passo – Incluo esse “lead” em uma lista de e-mails e envio diversas mensagens oferecendo mais conteúdo e também os meus produtos e serviços.
That’s it!!! Essa é a estratégia que você pode utilizar no seu blog para transformar ele em uma verdadeira máquina de ganhar dinheiro na internet.

Ferramentas transformar o meu blog em uma máquina de dinheiro

Evidente que todo esse processo flua bem você vai precisar de ferramentas, eu vou falar aqui quais ferramentas eu uso e porque eu uso cada uma delas.
Nesse processo “mágico” você vai precisar basicamente de 03 itens: Plataforma de blogsFerramenta para captação de e-mails e Auto-responder.

Plataforma para criar o seu blog

A plataforma mais eficiente e fácil de mexer da atualidade se chama: WORDPRESS. Com ele você consegue facilmente criar um blog mesmo que você não tenha muita experiência com desenvolvimento de sites.
O WordPress tem uma infinidade de plugins que facilitam muito a vida de quem está começando, a maioria das coisas são possíveis realizar dentro do WordPress sem a utilização de códigos complicados ou até mesmo qualquer conhecimento prévio de alguma linguagem de programação.
Além do mais o WordPress é gratuito podendo ser utilizado de duas formas: no servidor do próprio WordPress ou em um servidor próprio seu que é o mais recomendado.

Ferramentas para captação de e-mails

Partindo do princípio que você optou pelo WordPress para a criação do seu blog, vou citar a ferramenta que eu utilizo para fazer as páginas de captura de e-mails e também esses “recursos” que surgem durante a navegação do blog para a captação de e-mails.
O plugin que eu utilizo é o THRIVE LEADS ele cumpre bem o papel de transformar o meu blog em uma boa ferramenta de captação de e-mails.

Auto-responder

O Auto-responder é o serviço que vai fazer todo o envio automático de e-mails, você programa uma sequência de e-mails e a partir daí todos recebem as mesmas mensagens.
Ex.: Quando você se cadastra para receber o meu check-list você recebe uma sequência de e-mails previamente definidas, assim.
Um dia após se cadastrar vai receber e-mail 01.
Dois dias após se cadastrar vai receber e-mail 02.
Três dias após se cadastrar vai receber e-mail 03.
E assim por diante, entra em uma máquina de automação.
A ferramenta que eu utilizo para isso é o Mautic que é uma espécie de WordPress da automação, vale muito a pena conhecer melhor.

Se quiser saber mais sobre e-mail marketing leia este artigo: E-mail Marketing – Guia definitivo

Perfeito, você já sabe como ganhar dinheiro na internet e já sabe o procedimento que vai ter que ser realizado para monetizar o seu blog, vamos falar agora sobre o planejamento, qual mercado você deve criar o seu blog o assunto que você vai escrever,etc…

Planejamento de um blog

Essa é a parte mais difícil do negócio, planejar conteúdo, definir o nicho, definir a forma de monetização.
A primeira coisa que você tem que fazer é: DEFINIR UM NICHO um nicho é um segmento do mercado.
Ex.: No seu blog você vai falar sobre moda, porém moda para modelos plus size. Quanto mais específico você for menos pessoas você vai atingir, porém com um nível de qualidade maior.
No meu caso o meu nicho é: Marketing -> Marketing Digital ->  SEO.
As pessoas que me encontram na maioria das vezes buscam por conteúdos relacionados a SEO, eu atinjo um público mais específico porém mais qualificado.

Leia este artigo para saber mais sobre nicho de mercado: Nicho de mercado – Como definir o seu

 
Uma das coisas que você deve levar em consideração na definição do nicho é a sua aproximação do mesmo, não adianta escolher um nicho que você não goste você não vai conseguir se manter muito tempo trabalhando em um mercado que você não se identifique.
Além de gostar do nicho você tem que se atentar a parte mais importante do negócio se esse nicho “existe”, se pessoas buscam por esse nicho que você escolheu. Para isso existem ferramentas que mostram a quantidade de buscas mensais de determinada palavra assim você consegue saber se esse nicho é buscado ou não.
como ganhar dinheiro com um blog nicho
Nessa imagem eu fiz uma busca para a palavra: TATUAGEM utilizando o SemRush.com.
Veja o que ele me mostra, várias “segmentações” de tatuagem como: tatuagem no ombro, tatuagem nas costas e os respectivos volume de buscas mensal.
Com isso é possível entender se um nicho é procurado ou não, é um bom termômetro para você saber se vale a pena ou não investir em determinado nicho.
Definido o seu nicho, vamos para a parte do planejamento do conteúdo.

Planejamento do conteúdo do blog

Sabendo o nicho você vai selecionar as palavras-chave que você acha mais viável para você falar é importante saber que não vale a pena você escrever sobre assuntos que as pessoas não buscam o maior erro que eu identifico nos blogs que analiso é esse, as pessoas começam a escrever sem um planejamento prévio e depois não entendem o motivo de o blog não ter acessos.
Importante você fazer uma lista de palavras-chave e ter essa lista como guia do seu processo de criação.

Monetização do blog

Eu sempre recomendo que comece o projeto com uma ideia de como monetizar, existem vários mercados que são muito legais porém uma grande dificuldade em monetizar-los.
Eu sou a prova viva disso, eu sou praticante e entusiasta de Jiu-Jitsu e sempre tive vontade de criar algo nesse mercado, porém a monetização é muito difícil o que eu poderia vender para alguém que busca algo sobre Jiu-Jitsu na internet? Aulas on-line(Até existe, mas não é meu objetivo)? E-Book ensinando uma posição de Jiu-Jitsu? É complicado monetizar dessa forma nesse mercado.
Mas se você não tem ideia de como monetizar e ainda assim quer produzir conteúdo em determinado mercado você pode ir em frente e aplicar um LANÇAMENTO SEMENTE.
Não vou me aprofundar no assunto do lançamento semente, mas vou deixar um artigo aqui para você entender melhor como funciona essa estratégia e como você pode aplicar-la para ganhar dinheiro com o seu blog.

Lançamento semente: Como fazer?

Ganhar dinheiro com um blog não é algo fácil, porém não é algo impossível o segredo é ter persistência e consistência na produção de conteúdo.

#10 – Ganhar dinheiro na internet criando uma agência digital

Basicamente o mesmo trabalho de consultoria, mas dessa vez com uma agência digital. Você vai oferecer os serviços de marketing na internet em troca de um pagamento.
Eu tive uma agência durante um tempo e foi bem legal, você vai precisar desenvolver (mais do que tudo) habilidades interpessoais, liderança e gerenciamento de equipe.
Uma agência digital pode trabalhar em várias esferas, marketing em mídias sociais, Google marketing, Facebook, YouTube e diversos outros canais de comunicação que podem potencializar a venda dos clientes.
Eu tenho um super guia que ensina do zero como se tornar um consultor de marketing digital, acredito que esse seja o começo para você começar a ganhar dinheiro na internet com uma agência digital.

Considerações finais

Bom, existem infinitas possibilidades para você ganhar dinheiro na internet, nesse artigo eu te mostrei APENAS 10 delas.
Se eu pudesse dar uma dica para o Bruno de 10 anos atrás, quando eu comecei a ganhar dinheiro na internet, eu diria: APRENDA A GERAR TRÁFEGO!
Dominando estratégias e técnicas de geração de tráfego tudo se torna mais fácil na internet, fique a vontade para deixar seu comentário no campo abaixo que eu farei o possível para responder o quanto antes, um forte abraço e até a próxima.10
 

Como ganhar dinheiro na internet com um blog – O Guia Completo

Descobrir como ganhar dinheiro na internet com blog é o principal objetivo de quem deseja mudar de vida. Contudo, são poucas as pessoas que realmente conseguem atingir essa meta.

O motivo? É muito simples, para que você possa aproveitar todos os benefícios que um negócio online pode oferecer é necessário utilizar as estratégias e ferramentas adequadas para monetizar o seu blog.

Além disso, é essencial que você dedique tempo e esforço ao seu blog. Caso contrário, será praticamente impossível conseguir fazer com que o seu projeto renda tudo que deseja.

Diferente do que muitas pessoas acreditam, ter um negócio virtual exige sim que você trabalhe nele até que ele chegue a um ponto de promover resultados consideráveis.

Para ajudar você nesse processo, ao longo deste post irei indicar como ganhar dinheiro na internet e quais etapas você precisa seguir para atingir esse objetivo.

Porém antes de entrar nesse assunto, eu preciso que você reconheça compreenda qual o primeiro passo para ganhar dinheiro online e verifique se está preparado para aceitar o risco de empreender.

Primeiro passo para ganhar dinheiro na internet com blog

como ganhar dinheiro com um blog

Provavelmente você já ouviu falar que é possível ganhar dinheiro na internet com blog, mas não sabe por onde começar certo?

Antes de mais nada preciso avisar a você que não é nada fácil alcançar esse objetivo. Pelo contrário é necessário investir muito tempo e dedicação para fazer com que o seu blog torne-se uma excelente fonte de renda para você.

Caso você esteja disposto a enfrentar esse desafio, então tenho uma boa notícia para contar. A partir do momento que você começou a ler esse artigo e buscar mais informações sobre esse modelo de negócio, você acabou de dar o seu primeiro passo na direção de um blog de sucesso.

Após a leitura dele, você estará apto para compreender os principais aspectos que envolvem não só a criação de um blog, como também as estratégias para conseguir monetizá-lo de uma maneira eficiente.

Desenvolva uma estratégia


 

Antes de começar qualquer projeto para ganhar dinheiro na internet com um blog, é fundamental que você desenvolva uma estratégia eficaz. Para isso, é preciso que você realize um estudo de mercado e defina todas as metas de curto, médio e longo prazo.

Isso irá ajudar você a definir todas as atividades relacionadas ao seu blog e a trajetória para o sucesso do mesmo. Mas atenção! Isso requer muito trabalho, estudo e dedicação.

Não cometa o erro de realizar atividades de maneira aleatória e sem um objetivo específico. Essa é a fórmula para o completo fracasso do seu projeto para aumentar o seu faturamento, além de ser o motivo de muitas pessoas desistirem de ter um blog.

Dito isso, para ajudar você a obter os resultados que espera, logo abaixo irei indicar como você pode criar uma estratégia exclusiva para o seu blog. Confira e comece a elaborar a sua hoje mesmo:

1 – Defina o nicho de mercado

Escolher o nicho de mercado é o primeiro passo para criar uma estratégia eficaz para o seu blog. Essa é uma decisão que deve ser tomada com muita cautela, principalmente pelo fato do nicho ser a base de todo o seu blog.

Afinal, a partir do momento que você decide qual será o nicho do seu blog é que pode-se começar a elaborar estratégias de marketing com base na persona, assim como aplicação de técnicas para escolher os temas mais relevantes.

Mas diante de tantos nichos que existem no mercado, como escolher aquele que é o ideal para você? É exatamente sobre isso, que irei esclarecer no próximo tópico. Confira:

 Escolha um tema que você goste

Isso mesmo, o segredo para escolher o nicho ideal está relacionado com os temas que você domina e sente-se confortável para escrever sobre ele. Dessa forma, os conteúdos que serão produzidos conseguirão ser relevantes para o seu público-alvo e isso fará com que você se torne uma autoridade no mercado.

A dica aqui é que você não cometa o erro de escolher um nicho apenas pela sua popularidade, sem possuir domínio sobre ele. Pois, além deles serem muito concorridos, provavelmente você não conseguirá desenvolver conteúdos de alta qualidade e que se destaque entre os demais.

2 – Faça um estudo dos seus concorrentes

Outro ponto que você precisa analisar cuidadosamente para fazer uma poderosa estratégia são os seus concorrentes. A partir das informações coletadas sobre eles, você poderá definir o seu próprio método de ação.

Essa é uma prática realizada pela maioria das grandes empresas, que desejam permanecer à frente da concorrência e continuar inovando e se diferenciando no mercado. E você, como empreendedor digital, deve pensar da mesma maneira.

É preciso ter em mente que os seus concorrentes são na verdade, seus principais aliados no que diz respeito à criação de conteúdos de qualidade. Afinal, será por meio deles que você irá descobrir o que o seu público-alvo realmente espera de um blog.

Diante disso, eu selecionei algumas informações cruciais que irão ajudar você a analisar com cuidado a sua concorrência. Veja abaixo quais são elas:

Como avaliar a concorrência

Definiu o seu nicho de mercado? Ótimo! Agora chegou o momento de estudar os seus concorrentes. Comece analisando quais são os tipos de conteúdo que eles publicam e qual a reação do público com relação a isso.

Também é importante conhecer o que o seu público-alvo fala nos comentários das redes sociais e dos posts dos seus concorrentes. Isso irá possibilitar que você alinhe o seu conteúdo de acordo com as necessidades dos leitores do seu blog.

Avalie quais são os pontos fortes dos seus concorrentes e pense em formas de aproveitar os mesmos recursos que eles utilizam. Quanto aos seus ponto fracos, eles irão servir para que você evite determinadas ações e até mesmo conteúdos que não são do interesse do seu público.

Mas atenção! Com isso, não quero dizer que você deva copiar os seus concorrentes, mas sim desenvolver uma forma de inovar e deixar a sua marca registrada na mente dos seus leitores. Isso irá ajudar você a se destacar no mercado e superar a concorrência.

 3 – Defina qual o seu produto

Agora que você já sabe quais são as estratégias que a concorrência está utilizando para conseguir atrair o público-alvo do seu nicho de mercado, chegou o momento de definir o seu produto. O que você irá produzir para vender aos seus leitores? Já pensou nisso?

A venda de produtos ou serviços online é uma excelente forma de monetizar o seu blog. Por isso, quem deseja ganhar dinheiro usando essa ferramenta deve sim pensar que tipo de produto pode ser indicado para os seus leitores.

Esse produto pode ser desde um curso, até um simples e-book que ajude o seu público-alvo a resolver algum problema que ele tenha. Ele também precisa ser inovador e se diferenciar dos demais produtos ou serviços que os seus clientes encontram no mercado.

Para ajudar você nessa escolha e aumentar as suas chances de lucrar com a venda de um produto no seu blog, eu separei algumas dicas que irão facilitar a escolha desse elemento do seu negócio. São elas:

Como definir o melhor produto

 

Definir qual o melhor produto para o seu blog não precisa ser um bicho de sete cabeças.

Na verdade, esse processo é mais simples do que você imagina, sobretudo se você souber quais são as necessidades do seu público-alvo e conhecer o tipo de material que a concorrência vende para eles.

Assim, uma dica valiosa para que você possa definir o seu produto ideal é não só coletar toda informação relacionada a isso dos seus concorrentes, como também procurar responder as seguintes perguntas:

 

  • Por que os meus leitores irão comprar o meu produto ao invés daqueles da concorrência?

  • O que eu posso transmitir de diferente no meu produto?

  • Que benefícios os meus leitores terão com o meu produto?

 Sim, refletir sobre esses temas irá fazer com que você possa definir bem o seu produto e escolher de maneira adequada aquele que mais irá gerar lucros para você.

 4 – Escolha a plataforma ideal para ganhar dinheiro na internet

Apesar de existirem milhares de plataformas, que podem ser usadas para os mais diversos tipos de negócio, a mais indicada para quem deseja ganhar dinheiro na internet com um blog é sem dúvida o WordPress.

Essa plataforma de CMS é gratuita e amplamente utilizada por blogueiros em todo o mundo. Essa opção se deve não só ao fato de que você pode utilizá-la de maneira simples e prática, como também a grande variedade de recursos que ela possui.

A quantidade de ferramentas, themes e até mesmo plugins que ela tem, contribui de maneira significativa para que facilitar a sua utilização. Contudo essas não são as únicas vantagens que você pode obter com o uso dessa plataforma.

Para que você possa conhecê-la um pouco mais, logo abaixo estão listados os benefícios que poderão ser aproveitados por você se decidir recorrer ao uso da plataforma para o gerenciamento da sua página na web.

Principais vantagens do WordPress

Diante de todos os benefícios que essa plataforma pode trazer para você, existem alguns que ganham mais destaque. São eles:

 Facilidade

Com o WordPress, você poderá realizar as mais diversas ações relacionadas a funcionalidade do seu blog, de uma maneira simples e prática. Sobretudo porque para isso você não irá precisar usar uma série de códigos ou algoritmos, apenas instalar alguns plugins.

Excelente rendimento

Outro ponto que merece destaque com relação ao WordPress é que ele pode possui um excelente rendimento. Uma prova disso é que com apenas alguns cliques, você poderá gerenciar todos os dados referentes ao número de visitas ou que pontos precisam ser melhorados na sua página web.

Ferramentas gratuitas

Esse é sem dúvida uma das principais vantagens de usar o WordPress: a plataforma conta com inúmeras ferramentas totalmente gratuitas. São milhares de themes e plugins que podem ser instalados sem que você precise investir para isso. O que é uma excelente notícia para os donos de blogs.

 Assim, diante do que foi apresentado, é inegável que essa é a melhor plataforma para que você possa melhorar a sua experiência na criação de um blog e ainda lucrar com isso. Essa plataforma poderá atender a todas as suas necessidades de uma maneira simples, clara e objetiva.

Confira abaixo o vídeo que criei sobre o WordPress e entenda por que ele é a melhor plataforma para o seu blog

5 – Aumente o tráfego de visitas

O tráfego de visitas é o que determina o sucesso ou o fracasso de um blog, por isso é importante manter-se atento sobre esse aspecto. O motivo é bastante simples, só é possível monetizar blogs que possuam fluxo regular de acessos diários.

Na prática, imagine aquela loja virtual que apesar de possuir uma grande variedade de produtos, não é acessada por muitos clientes. As chances dela conseguir ter um faturamento alto é praticamente impossível, concorda?

Assim, as páginas na web que não conseguem ter muitos acessos diários, dificilmente conseguem gerar uma boa fonte de renda online. Por ignorar isso, muitos empreendedores digitais falham com seus negócios digitais e simplesmente desistem dele.

Para evitar que você entre nessa estatística, é importante investir em estratégias de marketing digital específicas para aumentar o tráfego do seu blog. Ao colocá-las em prática você perceberá o aumento dos visitante na sua página, assim como um faturamento maior.

Para te ajudar a aumentar o tráfego do seu blog, desenvolvi esse artigo sobre Como conseguir visitas para o meu site/blog? nele esclareço com detalhes tudo o que é necessário para que sua página na web torne-se mais popular.

SEO a melhor técnica para aumentar o tráfego

Como mencionei anteriormente, a geração de tráfego é um dos maiores desafios de um blogueiro. Principalmente, quando ele tem como objetivo ganhar dinheiro na internet com a sua página na web.

Felizmente, existem várias técnicas de marketing digital que podem auxiliar você a tornar sua página mais popular e consequentemente gerar mais venda com isso. Dentre todas as existentes o SEO (Search Engine Optimization) destaca-se por ser a mais eficiente de todas.

Você conhece o que é essa técnica? E como ela pode ajudar você a aumentar o tráfego do seu blog? É exatamente sobre ela que irei explicar neste tópico.

Basicamente o SEO direcionado para a geração de conteúdo, tem como principal objetivo melhorar o rankeamento do seu blog em mecanismos de busca, como o Google por exemplo.

Ou seja, através dele você consegue fazer com que o seu blog apareça nos primeiros resultados de pesquisa do Google. Como consequência, a sua página na web consegue receber mais acessos e a se destacar diante da sua concorrência.

Nesse vídeo tudo o que você precisa fazer para posicionar seu blog no topo do Google

 Incrível concorda? Mas os benefícios não se limitam a isso. Quando você adota técnicas de SEO, o seu conteúdo consegue alcançar um patamar de excelência, sendo mais valorizado pelo seu público-alvo.

Continue obtendo mais informações relevantes sobre essa técnica lendo o artigo O que é SEO? Guia completo

 Agora que você já entendeu quais são as principais estratégias de como ganhar dinheiro na internet com um blog, vou apresentar para você os principais métodos de monetização.

Principais métodos de monetização do blog

Chegamos ao principal ponto deste artigo: as formas de monetização e um blog. Porém, antes de começar a falar mais sobre cada uma delas é preciso deixar claro que elas não funcionam sem uma poderosa estratégia.

Assim como, são completamente inúteis se você não se dedica ou abandona o projeto ao pensar que está demorando demais para que os resultados comecem a aparecer.

É preciso ficar atento, pois é justamente nesse ponto que a maioria das pessoas abandona o blog e uma grande oportunidade de ter sucesso com ele. Para que você não seja mais um deles, não desista no primeiro obstáculo que encontrar.

O blog é uma excelente fonte de renda, basta investir nos produtos corretos para fazer com que ele possa gerar os lucros que você espera. É nesse ponto que eu pretendo ajudar você. Está preparado?

Confira abaixo quais são as principais formas de ganhar dinheiro na internet com um blog:

 1 – Google Adsense

Esse é considerado um dos métodos mais populares de monetização de blogs que existe. Você provavelmente já deve ter ouvido falar dele anteriormente, caso contrário deve ter visto aquelas imagens que sempre ficam indicando produtos todas as vezes que visita um blog ou site, certo?

A grande maioria dos blogs consegue aumentar a sua monetização por meio daqueles anúncios. Isso ocorre porque todas as vezes que algum visitante clica no anúncio, você recebe um valor determinado pelo anunciante.

Mas para que isso aconteça, você precisa ter um tráfego considerável. Quanto mais pessoas visitarem o seu site, maiores serão as chances delas clicarem em um anúncio ou até mesmo adquirir algum produto ou serviço do mesmo.

Fique tranquilo, logo abaixo eu irei explicar com mais detalhes como você pode ganhar dinheiro com esse tipo de recurso. Assim como qual o melhor tipo de anúncio para o seu blog.

 Como é feita a monetização com o Google Adsense?

De maneira geral, o Google Adsense é ideal para todas aquelas pessoas que estão começando um blog agora e não possuem um volume de tráfego importante. Em outras palavras, para que ainda não consegue atrair um grande número de visitas para o site.

Você só poderá conseguir receber maiores somas de dinheiro depois que gerar 100 mil ou mais visitas únicas por mês. O que muitas pessoas não sabem é que essa quantidade pode ser ainda maior se você tiver o apoio de algum tipo de rede de publicidade paga.

Nesses casos, os seus anúncios serão mais específicos e de grande relevância para o seu público-alvo. Isso faz com que a quantidade de cliques aumente de maneira considerável. O resultado disso? Você consegue alavancar os lucros que provém do seu blog.

Mas isso não quer dizer que você deva ficar preso a essa forma de monetizar o seu blog. Existem diversas outras maneiras que podem ser facilmente exploradas e que irão gerar lucros importantes para você.

Aliás, diversificar as suas fontes de renda por meio do site é uma ótima forma de ganhar dinheiro online. Por isso, não deixe de conferir quais são as demais estratégias para monetizar o seu blog, você irá se surpreender com essa grande diversidade.

 2 – Programas de afiliados

Sim, o programa de afiliados é outra forma comprovada de como ganhar dinheiro na internet com um blog. Como isso é possível? É bem simples.

Para realizar isso, é necessário que você desenvolva conteúdos persuasivos que promovem um produto físico ou digital, de um programa de afiliados. Caso, o visitante leia o seu conteúdo e clique no link para realizar a compra, você ganha uma comissão desse valor.

Vale a pena destacar, que as comissões pagas nas maiores plataformas de afiliados podem alcançar até 80% do valor do produto. Imagine o quanto você não pode faturar com isso?

Não é à toa, que tantos afiliados usam o blog como principal plataforma de promoção dos seus infoprodutos. Principalmente, aqueles que possuem um tráfego de visita diária alto e já é consagrado como de autoridade no mercado.

Ficou interessado sobre o mercado de afiliados? Então confira abaixo mais informações sobre ele.

Principais programas de afiliados

Antes de apresentar para você quais são os principais programas de afiliados do momento, é importante conhecer o que é e o que faz um afiliado

O afiliado é a pessoa responsável por promover um produto, seja ele físico ou digital, para um determinado público-alvo em troca de comissões de vendas com valores atrativos.

Vale a pena destacar que, o afiliado não é o responsável pelo desenvolvimento do produto, apenas por divulgá-lo. Isso por si só, já é uma grande vantagem pois reduz os custos para praticamente zero.

Para aproveitar todas essas oportunidades é necessário realizar o cadastro em uma plataforma de afiliados. Selecionei abaixo as melhores que existem no mercado. Confira:

 

  • Hotmart

  • Monettize

  • Eduzz

  • Afiliados

O cadastro nessas plataformas são 100% online e gratuitos, e você pode se tornar um afiliado ainda hoje. Não perca essa oportunidade de aumentar os seus ganhos e comece a atuar nessa área que oferece lucros surpreendentes.

3 – Posts Patrocinados para blog

 

A utilização de posts patrocinados tem sido cada vez mais utilizada pelos blogs de diversos nichos. Isso se deve ao reflexo que eles trazem para o blog, sobretudo no que diz respeito a monetização dos mesmos.

É devido a isso que eu não poderia deixar de falar sobre esse método para que você consiga gerar lucros cada vez maiores para o seu negócio.

Nesses casos, a marca do anúncio paga para que você crie um conteúdo que esteja alinhado ao produto que é vendido por ela.

É uma forma do blog indicar o produto de uma maneira camuflada em um determinado artigo elaborado por ele. O problema é que não são todos os tipos de blogs que podem aproveitar esse tipo de recurso.

Para esclarecer mais sobre esse tema, irei falar um pouco mais sobre ele logo abaixo:

 Tipos de blogs mais indicados para essa monetização

Veja bem, um blog que está começando agora dificilmente irá conseguir ser monetizado dessa maneira. O motivo? Ele não possui um volume de tráfego capaz de chamar a atenção das grandes marcas ao ponto de fazer com que elas formem uma parceria de negócios.

Mas isso não é tudo! Ainda existe a possibilidade de um blog desse tipo conseguir posts patrocinados de uma startup, por exemplo, ou de qualquer outra empresa de pequeno porte vinculada ao seu nicho de mercado.

Para isso, você só precisa ter um tráfego que tenha um número considerável de visitas e que faça o contato com essas empresas para oferecer os seus serviços. Essa é a melhor maneira de você aumentar a monetização do seu blog e ainda ganhar experiência com esse tipo de negócio.

Esse tipo de prática evidencia a necessidade de você desenvolver cada vez mais estratégias para aumentar o tráfego do seu site. Essa é a chave para que você consiga ampliar as opções de monetização.

Quer saber mais sobre monetização de blogs? Leia o artigo que criei sobre Como ganhar dinheiro com um blog – Guia completo

 Venda de produtos próprios

Esse é sem dúvida um dos métodos mais lucrativos que você pode utilizar para ganhar dinheiro na internet. Aqui, a ideia é que você crie o seu próprio produto e venda para os visitantes do seu blog.

Apesar disso implicar em mais trabalho, você pode obter grandes resultados com esse tipo de método. Mas atenção! Para que ele possa funcionar é de suma importância que você desenvolva um produto de qualidade e que realmente seja do interesse do seu público-alvo.

Mas esse não é o único benefício que você pode obter por meio da produção de um produto. A marca do seu blog também poderá ganhar mais força e ser mais conhecida no seu nicho de mercado.

Ao desenvolver algo que possa ajudar o seu público, você também estará fazendo com que ele se torne mais leal a sua marca. De maneira geral, é possível conseguir isso por meio da produção de dois tipos de produto.

Veja no próximo item quais são eles e quais elementos você precisa levar em consideração ao produzi-los.

 Tipos de produtos para produzir para o seu blog

Como falei anteriormente, existem dois tipos de produtos que você pode produzir para o seu blog. São eles:

Produtos físicos

Nesse tipo de produtos, podemos incluir roupas, equipamentos eletrônicos, dentre outros. Aqui, você terá que ficar atento a aspectos relacionados ao estoque dos seus produtos, a forma de entrega e de produção.

Produtos digitais

Diferente dos anteriores, esse tipo de produto pode variar de aplicativos até e-books. Aqui, não é preciso se preocupar com o estoque, pois você só terá que elaborar o produto uma única vez e enviá-los pela internet.

 Uma dica valiosa aqui é se certificar de que os seus produtos são acessíveis para o seu público-alvo. Além disso, você ainda pode diversificar a forma de pagamento para torná-lo ainda mais atraente para os seus clientes em potencial.

 5 – Prestação de serviços

Outra forma de monetizar o seu blog é divulgando o seu trabalho como prestador de serviços. Por essa razão, tantos consultores, freelancers e designers têm integrado a seção do blog nos seus sites profissionais.

Para conseguir aumentar suas vendas, eles usam estratégias de marketing de conteúdo para atrair o seu público-alvo para o blog. O principal objetivo disso é converter os visitantes em clientes fiéis aos seus serviços. Mas como isso é possível?

É bem simples! Quando o cliente consegue esclarecer suas dúvidas ou tomar uma decisão de compra após ler os artigos do blog, os clientes sentem-se na obrigação de retribuir essa ajuda a empresa, comprando ou contratando os serviços dela.

Como consequência é possível observar um aumento surpreendente das vendas. a grande maioria delas foram geradas por clientes que após terem acessado o blog, decidiram comprar os produtos da marca.

Esse resultado é real e tem sido aproveitado não só por profissionais liberais, como também por grandes empresas que investem na produção de conteúdo de qualidade para os seus clientes.

SEO como ferramenta de marketing de conteúdo

Investir em técnicas de SEO é a melhor forma de garantir a qualidade do seu conteúdo, assim como fazer com que o conteúdo seja lido pela sua persona, ou seja, aquele consumidor que realmente tem interesse em contratar o seu serviço.

Isso ocorre pelo fato dessas técnicas permitirem que as principais palavras-chave do seu conteúdo sejam identificadas pelos motores de busca do Google.

Assim, quando um potencial cliente pesquisa sobre esses termos, adivinha qual o primeiro site que ele irá acessar? Exatamente, o seu e não o do seu concorrente, aumentando o tráfego do seu blog e suas vendas.

Para saber mais sobre essa ferramenta sugiro que você leia o artigo Checklist SEO: Consiga a primeira página do Google.

Avaliação de produtos ou serviços

Essa forma de monetização é considerada uma maneira de fazer a publicidade do produto de uma maneira direta, por meio de uma espécie de resenha. Nesse tipo de post você compartilha com o seu público alvo a sua avaliação do produto ou serviço.

Ao terminar, você pode indicar o uso do produto para o seu público, o que faz com que gere mais lucros para a marca. Assim como nos posts patrocinados, aqui a marca paga para que você faça esse tipo de avaliação com base no teste do produto e fale sobre os resultados obtidos.

Essa é considerada uma grande forma de marketing, altamente eficaz para convencer os clientes em potencial a adquirirem os produtos. Caso queira, você também pode fazer isso para vender um produto de afiliado, por exemplo.

Como usar esse tipo de monetização

Assim como no caso dos posts patrocinados e os demais tipos de monetização de blogs, para que você consiga obter lucros significativos com esse tipo de recurso é necessário ter uma boa quantidade de tráfego.

Isso irá fazer com que você consiga fechar negócios com grandes marcas e aumente os seus lucros. Uma dica é também procurar sites de afiliados, que desejam aumentar as vendas, caso o seu volume de tráfego não seja tão relevante assim.

Ao oferecer os seus serviços, você pode ressaltar para o possível comprador que essa forma de marketing é altamente lucrativa e que ele pode obter excelentes resultados com isso.

Como falei anteriormente, você também pode utilizar esse recurso, caso seja um afiliado. Nada melhor do que aumentar as suas próprias vendas com isso, não acha? O ideal é que você sempre utilize a criatividade e invista em formas diferentes para atrair a atenção do leitor e das marcas que fazem parte do seu nicho de mercado.

Ofereça conteúdo premium

Essa é uma excelente técnica de monetização para aqueles blogs que já possuem um grande fluxo de acessos mensais.

Ela consiste basicamente em oferecer uma amostra grátis de um conteúdo atrativo, que instigue o leitor a assinar um plano pago para continuar a leitura. Para tanto, é necessário que o seu blog possua uma audiência consolidada e fiel a sua marca.

Além de promover uma alta rentabilidade, o conteúdo premium também é capaz de gerar uma renda passiva para o blogueiro, por um custo de manutenção relativamente mínimo.

Quer saber mais sobre como usar esse tipo de monetização? Então, confira logo abaixo algumas dicas de como colocá-las em prática.

Como usar esse tipo de monetização

Na prática, ela já é usada por importantes portais de notícias que restringe a leitura de apenas um artigo diário ao visitante. Para que ele possa ter acesso a outras notícias é necessário se cadastrar no portal, pagando um plano fixo.

Mas atenção! A monetização via conteúdo premium não é indicada para blogs com baixo fluxo de visitas, nesse caso essa técnica pode piorar essa situação. O indicado no máximo é cobrar um valor de baixo custo para que o visitante possa ter acesso a conteúdos mais aprofundados como e-books ou cursos.

Também pode ser utilizada para persuadir o leitor a contratar um serviço ou adquirir um produto que seja vendido pela sua empresa. Assim para que essa estratégia realmente funcione é necessário elaborar artigos de alto impacto de persuasão.

Isso torna-se possível, quando você conhece técnicas de produção de conteúdo capazes de influenciar o comportamento do visitante a realizar a compra. Uma das mais importantes delas é o Copywriting, conheça mais abaixo sobre essa técnica.

Crie um canal no Youtube

Cada vez mais os blogueiros tem investido na integração de conteúdos em vídeos em suas postagens.Você sabe o porquê disso?

Essa tendência tornou-se mais forte, logo após o Google ter anunciado que esse tipo de conteúdo é analisado pelos seus motores de busca, durante o processo de rankeamento.

Além disso, é comprovado que o conteúdo em vídeo gera mais engajamento dos leitores de um blog. Pesquisas revelam que as páginas na web que possuem um canal no Youtube conseguem alcançar e atrair um público-alvo maior.

Incrível concorda? Mas devo admitir que a principal razão para produzir conteúdos em vídeo ainda não são essas. Na verdade o que tem atraído tantos blogueiros a investir na produção de vídeos é o alto poder de monetização que ele é capaz de proporcionar para o blog.

Quer saber mais sobre esse tema? Então continue lendo mais sobre essa possibilidade de monetização.

Como usar esse tipo de monetização

Criar um canal no Youtube é outra forma eficaz de como ganhar dinheiro na internet com um blog. Por quê? É simples! É possível obter uma lucratividade dupla ao integrar essas duas plataformas de conteúdo.

Isso mesmo! Além do seu blog conseguir gerar uma renda através de links patrocinados pelo Google, por exemplo.

Ele também vai gerar mais dinheiro pelo Youtube, pois na medida em que os seus vídeos tornam-se mais populares, mais aumentam os seus ganhos nessa plataforma.

Ademais, como falei anteriormente, a demanda por ambos esses conteúdos aumentam a relevância do blog na web. Como consequência é possível conquistar um fluxo de visitantes ainda maior para a página, gerando mais vendas.

Essas vantagens tornam-se ainda mais atrativas em um país como o Brasil, no qual o consumo por conteúdo em vídeo é muito elevado. Na verdade, grande parte dos usuários preferem obter informações assistindo vídeos do que lendo matérias.

Sem dúvida, esse é o método de monetização em blog mais eficaz que existe. Afinal, além de gerar mais dinheiro do que as demais técnicas, ainda trazem benefícios a longo prazo para o blog, tais como relevância no mercado e aumento do tráfego.

Por isso, não deixe de investir nessa modalidade de monetização e crie agora mesmo o seu canal do Youtube.

Considerações Finais

Neste artigo você pode descobrir como ganhar dinheiro na internet com um blog e também conheceu os principais aspectos que compõe essa página. Agora você poderá dar início ao seu projeto de negócio online e ter sucesso com ele.

Ao seguir todas as indicações que falei ao longo desse post,você não irá cometer os mesmos erros que a maioria das pessoas que deseja ganhar dinheiro com um blog cometem.

Além disso, ao aplicar as técnicas de monetização você poderá explorar ao máximo todas as oportunidades que o mercado digital oferece.

Uma dica de ouro é investir em cursos sobre marketing digital, apenas assim você vai conseguir dominar todas as técnicas para fazer com que o seu blog gere as receitas que você tanto deseja.

Embora existam várias estratégias de marketing, recomendo que você comece pela mais importante de todas que é o SEO. O que acha de dar o primeiro passo hoje? Conheça aqui mais informações sobre o Curso de SEO Online| Black Belt SEO e fique por dentro de tudo.

Comprar Backlinks de Qualidade: Comprar ou Fazer?

Sem sobra de dúvidas esse é o assunto mais comentado dentro do mercado de SEO, qualquer profissional de nível: iniciante, intermediário ou avançado tem uma incansável busca por backlinks de qualidade.
O ponto é: Qual é a melhor opção para eu criar backlinks de qualidade para os meus projetos? Neste artigo eu vou te responder TUDO que você precisa saber sobre backlinks e te apresentar algumas formas bem legais para você começar a alavancar os seus projetos.
Antes de iniciarmos o conteúdo, deixa eu te falar algumas coisas que EU acredito ser as corretas.
Eu empreendo,”oficialmente”, desde 2008 e durante esses 10 anos vivendo de negócios em diversas etapas da jornada eu me encontrei em uma situação muito ruim, uma situação que eu queria crescer o meu negócio e não tinha o caminho certo para conseguir fazer isso.
Ficava em uma situação de total estagnação, esperando acontecer, sem saber o que fazer por conta da falta de controle dos resultados do meu negócio. Evidentemente, isso não é saudável para nenhum tipo de negócio.
Hoje eu vejo muita gente assim, no mercado de SEO, não sabe O QUE FAZER para melhorar os resultados e ficam a “mercê” de: sabe se lá o quê para conseguir resultados melhores.
Todo mundo que entende o mínimo de SEO sabe da importância dos backlinks, os tão falados: “Backlinks de qualidade”, principalmente. O lance é que você, como profissional de SEO, PRECISA TER UMA BOA FONTE DE BACKLINKS.
Você TEM que ser responsável pelo seu resultado, você tem que saber se consegue posicionar determinada palavra ou não, não pode haver sorte, conspiração do Google, etc… Todos os projetos que eu entro eu tenho certeza que vão posicionar, tenho total confiança no trabalho e isso acontece porque EU TENHO CONTROLE da situação. Eu tenho o poder de controlar os resultados e você também terá quando terminar de ler este artigo.

Backlinks de qualidade: O segredo por trás do sucesso


Hoje é dia 21/06/2018 e enquanto escrevo este artigo, Backlinks são fatores de extrema importância para o seu posicionamento.
Os links tem diversas funções que beneficiam o seu posicionamento dentre elas a mais importante é: CRIAR AUTORIDADE PARA O SEU SITE.
Quando você tem autoridade perante o Google tudo fica mais fácil, você consegue “convencer” o Google sem muito esforço, por conta da autoridade que ele percebe em você. Essa autoridade é construída através de backlinks. Vamos às dicas de como conseguir o tal dos Backlinks.

Backlinks: Como conseguir?

A resposta para essa pergunta é muito simples, exitem duas formas de conseguir backlinks: Comprando ou comprando =D.
Deixa eu te explicar como funciona isso…
Teoricamente, a forma “correta” de se conseguir backlinks é produzindo conteúdo de qualidade e esperando outros blogs e sites apontarem para você de forma “natural”.
Dessa forma, você não tem o que fazer a não ser produzir conteúdo, quanto mais conteúdo você produzir mais você tem a chance de receber links, na teoria é tudo legal, mas na prática é um pouco mais complexo do que parece ser e eu vou te contar o motivo.
Se você está querendo backlinks, imagino que você queira posicionar sites no Google, certo? E quem quer posicionar sites no Google, querem posicionar para aumentar a visibilidade, correto?
Se para aumentar a visibilidade você precisa de links, como você vai conseguir seus primeiros? Você vai entrar em um loop eterno, vai produzir uma tonelada de conteúdos e muitos desses conteúdos vão para o limbo do Google, ninguém vai acessar, ninguém vai ler e muito menos criar links.
Desculpe, mas essa é a verdade.
Nesse blog aqui, tem quase 2 anos, eu tenho mais de 140 artigos todos com média de 2 mil palavras, bem escritos e bem otimizados, ainda tenho um canal no YouTube com mais de 150 vídeos e mais de 1.600 inscritos.
Sabe quantos links eu recebi NATURALMENTE? Dá pra contar nos dedos de uma mão.
Os links que eu tenho eu “farmei”, eu construí eles, se eu dependesse 100% da boa vontade de sites apontarem para mim, não teria a autoridade que tenho.
Lembrando que estamos falando de um mercado consolidado e relativamente grande, que é o mercado de marketing digital. Imagine agora você atrair links para uma clínica veterinária especializada em tratamento para cavalos?
Ps.: Eu tenho um cliente que trabalha com venda de ração para gados.
Me responda, por favor, COMO EU VOU CONSEGUIR ATRAIR LINKS PARA ESSE MERCADO?
Quase não existem blogs que falem sobre esse assunto, é praticamente impossível eu receber links naturais.
Partindo desse princípio, vamos anular a opção de: Produzir conteúdo de qualidade e esperar que linkem para mim da nossa lista de como conseguir backlinks de qualidade, ok?

Como conseguir backlinks com guest posts?

Vamos para a técnica mais “comum” de conseguir backlinks, que é o guest post.
Guest post nada mais é do que uma técnica que consiste em fazer parcerias com outros sites do mesmo nicho para você trocar link.
Ex.: Você se torna meu parceiro, escreve um artigo aqui no meu blog e eu escrevo no seu, assim, trocamos os links e ambos sobem na SERP.
Sem dúvidas essa é uma EXCELENTE estratégia para você conseguir backlinks de qualidade, afinal, você vai conseguir links de sites que VOCÊ escolher.
Mas nem tudo são flores…
O processo para você fazer isso é demorado e você não tem controle 100% do resultado, você não pode obrigar um site a se tornar seu parceiro, você fica dependendo de ações terceiras e a gente volta à conversa do início do post: Não ter controle sobre os seus resultados. Isso não é sustentável e muito menos saudável.
Para você ter ideia, quando eu pego um projeto grande eu coloco um funcionário dedicado à essa tarefa, ele passa o dia todo prospectando e negociando com potenciais parceiros para fazer a troca de links.
O processo é realmente demorado e custa bastante tempo, mas não deixa de ser uma ótima opção para você criar backlinks de qualidade para o seu projeto.

Ter sua própria fonte de backlinks


A melhor forma para conseguir backlinks de qualidade é: CONSTRUINDO O SEU PRÓPRIO REPOSITÓRIO DE LINKS.
Você tendo o seu repositório, terá vantagens gigantes no assunto construção de links.
Você terá controle de todos os links que forem enviados, você vai controlar a demanda de links da forma que você bem entender, lembra aquele site lá da clínica veterinária especializada em tratamento para cavalos? Qual é a dificuldade de enviar links para esse site? Se você tiver o seu próprio repositório de links? Uma forma que você fosse capaz de enviar 30 links em um mês, caso fosse necessário?
Hoje, grande parte dos resultados que gero são por conta de eu ter um bom repositório de links.
Agora vem a pergunta de 1 milhão de dólares: COMO CONSTRUIR O MEU REPOSITÓRIO DE LINKS?
A resposta é muuuuuuuuito simples, crie uma PBN 😉
PBN é uma rede privada de blogs onde você consegue controlar todo o processo de envio de links, imagine que você tivesse 40 sites de autoridade? Você mesmo poderia entrar em qualquer um dos 40 sites e enviar links para onde você bem entender, afinal, o site é seu, não é mesmo?
Ter uma PBN é a forma mais eficiente de você conseguir controlar os seus links e, consequentemente, o posicionamento dos seus projetos.
O problema é….
Na verdade são dois problemas, o primeiro é: ter conhecimento necessário para montar uma PBN que funcione de verdade e DINHEIRO PARA INVESTIR.
A primeira PBN que eu montei foi em 2013, entrei em um projeto gigante e tinha liberado 30 mil de budget mensal para construir uma boa fonte de links.
Errei muito, gastei muito dinheiro “atoa” mas consegui gerar o resultado esperado. De lá pra cá, apliquei algumas vezes essa estratégia e, evidentemente, aprendi muito com os erros e acertos.
Hoje eu posso te falar com exatidão as dificuldades, erros, acertos e custos que você vai ter para montar a sua PBN.
Para administrar uma rede hoje, com 40 sites, eu uso em média 4 funcionários:

  • 2 redatores;
  • 1 gestora (de conteúdo e organização geral);
  • 1 web designer;

O custo médio mensal operacional gira em torno de: R$ 5.000,00 dividido em:

  • Redator, R$ 1.200,00
  • Gestora, R$ 1.200,00
  • Web Designer, R$ 1.400,00

Fora os custos de implementação com: compra de domínios e hospedagens que giram em torno de R$ 40,00 e R$ 90,00(anuais) respectivamente.
Ou seja…
40 Sites têm um custo médio anual de R$ 5.200,00.
40 hospedagens por R$ 90,00 = R$ 3.600,00.
40 domínios por R$ 40,00 = R$ 1.600,00.
Fazendo toda essa conta atribuindo a você, sem custos, a parte estratégica de: quais domínios comprar, quais ações tomar.
Somando tudo, salário dos funcionários envolvidos na operação mais os custos inevitáveis de hospedagens e domínios, você terá um custo anual na faixa de R$  122.400,00 EM MÉDIA.
Que tal? Você acreditou que SEO é de graça? =D
É claro, você com prática e conhecimento consegue barganhar alguns preços e consegue diminuir essa conta, eu fiz uma conta BEM superficial só para você ter noção do que é construir um repositório de links através de uma PBN.
Muitos empresários, empreendedores, profissionais liberais não querem e não tem dinheiro e tempo para investir em uma ferramenta dessa. Não querem despender energia em algo que vai te trazer um retorno até bom, mas não é o foco principal do negócio.
Um empresário, dentro da empresa, tem outras atividades e atribuições como: gerenciar funcionários, cuidar da parte técnica do seu produto ou serviço, resolver burocracias bancárias, se atualizar no mercado e definitivamente ele não tem como gastar todo o tempo dele em um processo complexo como esse.
Então, Bruno, como vou fazer para posicionar? Se até agora a forma que melhor funciona, apresentada por você, eu não consigo aplicar?
Aí é que entra o ponto…
Eu não acabei! xD Existe uma outra forma de conseguir backlinks de qualidade, sabe como? COMPRANDO!
Exactly, guy. Comprando links.

O problema é: COMO COMPRAR BACKLINKS DE QUALIDADE?

backlinks
Como em todo e qualquer serviço existem bons profissionais e maus profissionais, bons prestadores de serviços e maus prestadores de serviços. No SEO não é diferente.
Comprar Backlinks é uma forma que você tem de conseguir ter controle sobre os seus links e consequentemente sobre os seus resultados.
Se você não tem aquele repositório de links que eu te falei acima, você pode comprar de quem tenha, justo?
O problema SABER IDENTIFICAR UMA BOA FONTE DE LINKS. Hoje, no mercado, a grande maioria das pessoas não sabem identificar e acabam comprando links ruins.
Vira e mexe me perguntam: Bruno, comprar links no Fiverr é bom? Comprar links no konker.io é bom?
A resposta é: DEPENDE!
Eu não posso te falar se é bom ou ruim sem conhecer o serviço, o Fiverr é um marketplace e diversos profissionais oferecem serviço lá. Como eu te disse: Existem bons e maus profissionais em todos os lugares.
O que eu posso te adiantar é: Se quiser comprar links, compre links de qualidade. Links que cumpram os seguintes requisitos:

  • Não sejam SPAM;
  • Não sejam automatizados;
  • Que tenham conteúdo bom;
  • Que sejam de sites de autoridade;

Elimine qualquer tipo de serviço que infrinja algum desses itens que te falei, comprar links ruins não vai estragar o seu projeto, simplesmente vai fazer o seu projeto não andar.
Portanto, se quiser algo de qualidade esqueça a facilidade 😉
Caso queira conhecer um serviço de venda de backlinks de qualidade, conheça o meu.
Eu vendo backlinks de qualidade, links manuais feito por redatores, conteúdos planejados um a um por uma gestora de conteúdo, sites de autoridade sem SPAM, links entregues da forma mais natural possível.
Para saber mais sobre esse serviço clique aqui

Guia Básico Para Investidores Iniciantes

A maior parte da população brasileira acredita que as melhores aplicações financeiras podem ser obtidas através de um bom relacionamento com o gerente da sua conta. Contudo, na maioria dos casos, isto se mostra como uma grande ilusão ou uma verdadeira armadilha.
Sem querer parecer sensacionalista, mas, geralmente, os gerentes dos bancos estão interessados em te “empurrar” o melhor investimento para o próprio banco ganhar dinheiro e/ou para eles mesmos baterem suas metas.
Quem nunca recebeu uma ligação do banco oferecendo consórcios, seguros ou até mesmo títulos de capitalização? E o pior é que as informações sempre são incompletas ou até mesmo enganosas.
Sendo assim, a procura independente por conhecimentos relacionados a educação financeira e/ou investimentos passa a ser fundamental para o seu sucesso.
Dentro deste contexto, e considerando que, infelizmente, estes assuntos não são abordados de forma realmente séria nos diversos níveis de ensino de nosso país, resolvemos montar um guia básico para que você possa aprender de forma simples e didática quais os principais pontos para se tornar um investidor de sucesso.

QUAL O PROBLEMA EM NÃO SE PREOCUPAR COM A VIDA FINANCEIRA?

Existe o folclore de que as pessoas preocupadas em alcançar sucesso financeiro são seres humanos avarentos, frios e sem tempo para a família.
Entretanto, diversas pesquisas apontam que uma das maiores causas de brigas nos lares dos brasileiros é justamente a falta de dinheiro.
E aqui gostaríamos de ressaltar que muitas vezes o problema não é simplesmente a falta de dinheiro, mas sim a falta de um correto gerenciamento ou planejamento financeiro.
Portanto, talvez noções básicas de educação financeira fossem suficientes para amenizar esta situação. Imagina se todas as nossas crianças fossem ensinadas desde os primeiros anos de escola a como gerenciar o seu dinheiro de forma inteligente e sustentável?
Não queremos ver crianças sendo treinadas para obter lucro a qualquer custo ou a buscarem o dinheiro acima da satisfação pessoal. Mas, achamos que seria interessante ensinar desde cedo a como usar o cartão de crédito de forma adequada, os perigos das dívidas, os benefícios do hábito de poupar e investir, o poder dos juros compostos no médio e longo prazo, como planejar a compra de um carro ou uma casa, etc.
Desta forma, as crianças aprenderiam desde cedo que o problema de não se preocupar com a sua vida financeira é que esta área é capaz de afetar todas as outras da sua vida.

Sem dinheiro você não consegue pagar uma escola de qualidade para seus filhos ou manter um plano de saúde, não consegue fazer aquela viagem para o exterior ou comprar um carro mais novo, por exemplo.

Se você é solteiro, com certeza as dificuldades financeiras terão impacto negativo na sua vida social. E se você é casado, sabe muito bem que problemas financeiros podem abalar a harmonia da sua casa.
Portanto, o ideal é achar o equilíbrio e utilizar o dinheiro para aumentar o seu nível de bem estar e de todos aqueles que estão a sua volta.

POR ONDE COMEÇAR?

Se você pretende alcançar o sucesso financeiro, é essencial se conscientizar de que não há milagres neste ramo e a principal regra é: você precisa gastar menos do que ganha.
Você pode estar achando isso muito simples, mas a maior parte da população não sabe quais são os seus gastos mensais.
E você? Tem isso anotado ou acha que “sabe de cabeça”? E o histórico dos últimos anos? Você tem estes dados para fazer uma análise crítica e comparar a evolução do seu nível de consumo ou o aumento dos preços que afetam diretamente sua vida?
Já os ganhos são realmente muito mais simples de controlar, principalmente se a pessoa tem apenas uma fonte de renda.
Desta forma, o “primeiro passo” rumo a uma vida financeiramente equilibrada é ter o controle de todos os seus gastos. Devemos incluir as grandes contas da casa como luz, água, gás, condomínio, aluguel, financiamento do imóvel, IPVA, IPTU, mercado, escola, faculdade, cursos, etc.
Entretanto, não podemos deixar de fora os gastos considerados de menor porte como cinema, restaurantes, farmácia, gasolina, passagens, etc. Muitas pessoas não controlam estes gastos de menor valor e se surpreendem ao somar todas as pequenas saídas de dinheiro.

O “segundo passo” para atingir o sucesso financeiro consiste na montagem do seu planejamento. Para isto, é importante que você tenha a exata noção do seu atual momento financeiro e a etapa anterior de controle dos gastos é fundamental para te ajudar.

É no planejamento financeiro que você definirá as metas e objetivos a serem alcançados e qual a estratégia utilizada para tal.
Se você ficar paranoico em apenas acumular capital, poderá chegar à velhice com milhões na conta e perceber que perdeu inúmeras oportunidades de curtir com sua família ou amigos e que todo o dinheiro guardado não é capaz de comprar o tempo perdido.
“Ser o homem mais rico do cemitério não me interessa…”
Steve Jobs
Por isso, acreditamos que um bom planejamento financeiro seja aquele feito com metas e objetivos realistas e adequados ao padrão de vida da sua renda, no qual você possa sentir que o seu esforço, estudo e investimentos estão te proporcionando aumento de patrimônio juntamente com um maior bem-estar para você e aqueles que te cercam.

“CONHECE-TE A TI MESMO”. VOCÊ JÁ SABE QUAL O SEU PERFIL?


Agora que já mostramos a importância da educação financeira na sua vida e quais os primeiros passos a serem dados rumo à prosperidade, está na hora de avançar de nível e começar a pensar em como você irá investir o seu dinheiro.
Entretanto, antes de escolher em quais aplicações você fará seus investimentos é fundamental que entenda exatamente qual é o seu perfil. Normalmente, este perfil está relacionado aos seguintes fatores:

  • Tolerância a riscos: pessoas mais arrojadas tendem a preferir investimentos na Renda Variável (ações, criptomoedas, forex, etc.).

 

  • Fase atual da vida: jovens tendem a ter menos responsabilidades e podem encarar os riscos de forma mais tranquila. Em compensação, adultos com filhos em idade escolar geralmente preferem aplicações mais conservadoras.

 

  • Capital disponível para aplicação: quanto maior o volume de dinheiro disponível para investir, maiores as chances de você diversificar e, com isso, alocar uma parcela em investimentos mais agressivos, pois eventuais perdas não afetarão de forma significativa o seu patrimônio.

 
Feita estas considerações básicas, vamos conhecer os quatro principais perfis de investidores. Tente se encaixar em um deles, ok?

  • Despreocupado

Perfil daquela pessoa que ao receber o salário paga as contas e quando sobra dinheiro envia tudo para a famosa Poupança.
Termos como Bolsa de Valores, IPO, LCI, CDB, Títulos Públicos, Taxa Selic e IPCA não fazem parte do vocabulário destas pessoas.
A falta de conhecimentos sobre o tema, preguiça ou até mesmo medo, fazem com que este perfil ignore toda notícia relacionada ao mundo dos investimentos. Para estas pessoas uma vida financeira de sucesso é aquela sem dívidas, com as contas pagas em dia e multiplicar patrimônio é visto como algo apenas para milionários.
Se fôssemos escolher um personagem famoso para este perfil seria “Zeca Pagodinho” (Deixa a vida me levar, vida leva eu…).

  • Conservador

Este perfil já se conscientizou sobre a importância de investir o dinheiro que sobra ao final do mês, pois pretende alcançar rendimentos maiores do que aqueles obtidos na Caderneta de Poupança.
A principal característica dos conservadores é a segurança. Este tipo de perfil não tolera qualquer perda no capital aplicado e para estas pessoas é melhor ganhar pouco e sempre do que se arriscar a ganhar muito e correr o risco de ver seu capital diminuir.
Desta forma, os investidores conservadores enxergam a Renda Fixa como a melhor alternativa para a alocação de sua carteira de investimentos e em função do medo de perder dinheiro podem ser representados pelo “Tio Patinhas”.

  • Moderado

Os investidores moderados ainda continuam prezando pela segurança de sua carteira, mas entendem que uma parte de seu capital deve estar alocada em investimentos um pouco mais agressivos.
Desta forma, podemos considerar como moderados aqueles investidores que possuem algo entre 20 e 40% de sua carteira direcionada para a Renda Variável.

  • Arrojado

Investidores com perfil arrojado possuem como principais características a grande tolerância ao risco e o chamado “sangue frio” para lidar com as oscilações do mercado de ações e criptomoedas, por exemplo.
O foco deste tipo de investidor é a rentabilidade e, muitas vezes, a segurança é colocada em segundo plano.
Pode ser considerado como arrojado aquele investidor com mais de 40% de seu dinheiro alocado em Renda Variável.
Você já viu o excelente filme “O Lobo de Wall Street”? Pois bem, de forma exagerada esse perfil pode ser representado pelo personagem do Leonardo DiCaprio. Se ainda não viu, fica essa dica para o final de semana.

PRINCIPAIS APLICAÇÕES FINANCEIRAS EM RENDA FIXA

Agora que já definiu qual o seu perfil de investidor, está na hora de conhecer as principais aplicações disponíveis no mercado.
De maneira bem abrangente, o mundo dos investimentos pode ser resumido entre Renda Fixa e Renda Variável.
A Renda Fixa é um tipo de aplicação financeira na qual o investidor conhece, desde o momento inicial da aplicação, qual será a rentabilidade obtida no resgate, que pode ser definida como um valor pré-fixado, pós-fixado (variação de um determinado índice) ou híbrido.
Ficou confuso? Vamos, então, a um exemplo rápido. Ao escolher um título de Renda Fixa você geralmente pode decidir entre três tipos de rentabilidade:

  • Pré-fixada: 10,0% ao ano.
  • Pós-fixada: 105% do CDI
  • Híbrido: IPCA + 6,0% a.a.

Obs.: Números hipotéticos apenas para servirem de exemplo e facilitar a compreensão.
A rentabilidade híbrida nada mais é do que um “mix” entre as remunerações pré e pós-fixadas, pois além de ter a garantia de uma taxa pré-fixada (6,0%, no exemplo acima) o investidor ainda ganha o acréscimo nesta taxa de uma variável pós-fixada (IPCA).
Geralmente, os índices mais utilizados para esta parcela pós-fixada são o CDI (valor muito similar à taxa básica de juros da economia, Taxa Selic) e o IPCA (índice oficial de inflação de nosso país).
É importante que você entenda também que investir em Renda Fixa nada mais é do que emprestar o seu dinheiro para o emissor do título, seja ele o governo, um banco ou uma financeira.
A Renda Fixa engloba diversos tipos de investimentos, dentre os quais podemos citar como principais:

  • Caderneta de Poupança


A poupança é a forma mais antiga e popular de aplicação financeira do Brasil e foi criada em 1861 pelo Imperador Dom Pedro II, juntamente com a Caixa Econômica Federal.
Pode ser considerada como a forma mais simples de investimento disponível no mercado e possui as seguintes vantagens: possibilidade de abertura em qualquer agência bancária sem exigência de valor mínimo, liquidez imediata (ou seja, caso você precise do dinheiro, basta se dirigir a um caixa e efetuar o saque e isenção de impostos.
Contudo, a maior desvantagem da Poupança está na possibilidade de rentabilidade abaixo da inflação. Nos últimos anos, com a inflação em patamares elevados, a rentabilidade da poupança foi menor do que o IPCA durante 21 meses consecutivos (jan/15 a set/16). Ou seja, ao deixar o dinheiro “parado” na Poupança em épocas como essa, você estará “empobrecendo” e perdendo o seu poder de compra ao longo dos meses.
Adicionalmente, mesmo em períodos de inflação baixa é possível o investidor conservador alocar seu dinheiro no Tesouro Selic, por exemplo, e conseguir rentabilidades muito superiores àquela obtida na Poupança.

  • Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa do Tesouro Nacional, que negocia títulos públicos federais, por meio da internet, para pessoas físicas com a intenção de captar recursos para financiar atividades do Governo Federal em áreas como saúde, educação e infraestrutura.
Desta forma, ao comprar um título público através do Tesouro Direto, você estará emprestando dinheiro ao Governo Federal. Em contrapartida, como dito anteriormente, você receberá, no prazo estipulado, o que emprestou mais os juros do período.
Iniciado em 2002, esse programa democratizou o acesso aos títulos públicos, ao permitir aplicações com apenas R$ 30.
Além da baixa aplicação inicial, o Tesouro Direto também é considerado o investimento mais democrático porque a taxa de rentabilidade de um pequeno investidor que aplica, por exemplo, trinta reais é a mesma de um grande investidor que faz uma aplicação de um milhão de reais.
Entretanto, ressaltamos que apesar de ser o investimento teoricamente mais democrático, o Tesouro Direto nem sempre oferece as maiores rentabilidades do mercado, apesar de ganhar na maioria das vezes das aplicações feitas nos bancos tradicionais.

  • LCI e LCA

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) são títulos privados de Renda Fixa emitidos por bancos e criados com o objetivo de captar recursos para os financiamentos imobiliários e para o agronegócio, respectivamente.
Estas aplicações podem ser consideradas irmãs gêmeas em virtude de possuírem praticamente as mesmas regras de operação. Desta forma, do ponto de vista do investidor não há diferença entre investir em LCI ou LCA.
Para a maioria dos investidores iniciantes o principal atrativo destas aplicações é a isenção do pagamento de Imposto de Renda. Entretanto, é preciso ter em mente que o simples fato de um investimento ser isento de IR não o faz melhor do que os demais investimentos que apresentam incidência do IR.
A principal desvantagem destes títulos é a necessidade de aguardar um prazo mínimo de 90 dias para efetuar o resgate. Ou seja, a partir do momento em que você investe em uma destas aplicações, será necessário esperar, no mínimo, 3 meses para poder sacar o seu dinheiro.

  • CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) representa um título privado de Renda Fixa emitido exclusivamente por bancos.
A principal vantagem desta aplicação é a possibilidade do investidor adquirir um título com liquidez diária. Neste caso, não há necessidade de respeitar um período mínimo e os saques podem ser feitos a qualquer momento.
Entretanto, assim como no caso da LCI e LCA, é possível encontrar no mercado CDBs com prazos de resgate mais longos (o comum são prazos de até 5 anos!), onde o investidor troca a liquidez diária por rentabilidades mais elevadas.
Teoricamente, a desvantagem se dá pela incidência de impostos, mas conforme dito anteriormente nem sempre isso significa um mau investimento.

COMO GANHAR DINHEIRO COM AÇÕES?

Quando se fala em Renda Variável, a maioria parte dos investidores pensa logo no mercado de ações, certo?
Vimos que a lógica de funcionamento da Renda Fixa é bem simples, pois você investe em um título público (governo) ou privado (bancos) e recebe no final do prazo de aplicação o montante acrescido dos juros pactuados inicialmente.
Entretanto, na Renda Variável as incertezas são maiores e não há como assegurar quais serão os lucros das operações (sem falar nas possibilidades de perdas…).
Por isso, resolvemos abordar neste item as duas formas mais populares e simples de ganhar dinheiro através do investimento na Bolsa de Valores.
·         Compra e venda de ações após valorização
Esta é a forma mais comum de obter lucro com aplicações na Bolsa de Valores e o conceito é bem simples e direto: o investidor compra a ação considerando o seu potencial de valorização para que consiga vendê-la a um preço maior do que aquele pago na aquisição.
Nesta modalidade, o investidor se preocupa mais com as oscilações dos papéis do que com a qualidade da empresa propriamente dita. A ideia aqui não é se tornar sócio, mas sim ganhar dinheiro com a volatilidade dos papéis da empresa.
Desta forma, o mantra aqui é: compre na “baixa” e venda na “alta” para obter os maiores lucros possíveis.
Os investidores que utilizam esta estratégia são denominados “traders“ e geralmente visam operações de curto prazo e movimentos especulativos.
·         Dividendos
O termo “dividendo” é usado para nomear a parcela de lucro dos acionistas em uma determinada empresa. Desta forma, se a companhia apresentar lucro em um exercício fiscal, uma parte deste resultado positivo é distribuído entre os acionistas.
O perfil do investidor que visa ganhar dinheiro com o recebimento de dividendos é diferente do “trader”, pois nesta modalidade o que interessa é a qualidade e os resultados da empresa na qual você está investindo. O horizonte dos investidores neste caso é o médio e longo prazo.
De forma resumida, quem usa esta estratégia busca na verdade ser um verdadeiro sócio da empresa. Portanto, uma empresa ruim e que apresente sucessivos prejuízos sem perspectiva de melhoras terá maior dificuldade em captar recursos na Bolsa de Valores, pois poucas pessoas terão interesse em se tornar sócias.
Se você decidir investir no mercado de ações, seja qual for a sua estratégia, lembre-se sempre do conselho de Warren Buffet (um dos maiores investidores do mundo de todos os tempos):
“Regra número 1: nunca perca dinheiro.
Regra número 2: não esqueça a regra número 1.”
Portanto, estude muito antes de fazer suas operações, acompanhe o noticiário e nunca despreze totalmente os riscos nos seus investimentos.

QUEBRANDO ALGUNS MITOS E DANDO DICAS DE OURO PARA INVESTIDORES INICIANTES

  • Mito nº 1: É preciso ter muito dinheiro para iniciar meus investimentos

Qualquer pessoa sem dívidas pode iniciar seus investimentos, pois no Tesouro Direto, por exemplo, é possível iniciar suas aplicações com aportes de apenas R$ 30.
Adicionalmente, existem muitas LCIs com investimento inicial a partir de R$ 1.000 e ótimas rentabilidades.
#Dica: Se você não tem nem trinta reais para começar a investir, saiba que o Sofisa Direto possui CDB com liquidez diária e rentabilidade de 100% do CDI com aplicações de apenas R$ 1.

  • Mito nº 2: Preciso aprender o funcionamento de todo o mercado financeiro para investir bem

É claro que quanto mais conhecimento nós tivermos, melhores serão nossas decisões em qualquer área da nossa vida. Entretanto, você não precisa ser um expert em economia para iniciar seus investimentos.
#Dica: Se você não entende nada sobre o mundo dos investimentos, comece pelos mais simples e foque na Renda Fixa. Existe muito material gratuito na internet ensinando sobre LCI e CDB. Se quiser aprofundar os conhecimentos sobre o Tesouro Direto, basta acessar o site oficial e assistir os diversos vídeos para iniciantes.

  • Mito nº 3: É preciso gastar muito tempo para fazer meus investimentos

Após aprender o funcionamento básico das principais opções de investimento, você conseguirá efetuar as operações de forma rápida e simples graças às facilidades proporcionadas pela internet que permitem fazer todos os procedimentos online.
O maior gasto de energia e tempo é no início, onde você precisará entender como fazer os investimentos da melhor forma. Após este período, você pode reservar apenas algumas horas por mês para acompanhar a evolução da sua carteira de investimentos e fazer novas aplicações.

  • Mito nº 4: Poupança é o investimento mais seguro e investir é muito arriscado

Por ser uma das aplicações financeiras mais antigas e pela falta de educação financeira da população, criou-se o mito de que a poupança é o investimento mais seguro do país e todos os demais produtos financeiros possuem um risco elevado.
Entretanto, especialistas consideram o Tesouro Direto como o investimento mais seguro do país. Apesar desta afirmação gerar certa polêmica, existem diversos mecanismos que podemos adotar para investir de forma tão segura e com rentabilidades mais elevadas.
Como dito anteriormente, se você entrar na Renda Variável estará realmente correndo mais riscos, mas na Renda Fixa é possível encontrar opções tão seguras quanto a Poupança.
#Dica: Vários investimentos em Renda Fixa possuem um seguro grátis e automático chamado de FGC que devolve o dinheiro investido em caso de falência dos bancos. Este é o mesmo seguro que cobre as Cadernetas de Poupança, por exemplo. Portanto, basta entender as regras de funcionamento deste seguro para garantir sua segurança.

  • Mito nº 5: O gerente do banco pode ser meu conselheiro financeiro

Conforme falamos no início deste artigo, geralmente o gerente do banco só está interessado em bater suas próprias metas e fazer os melhores “investimentos” para o próprio banco ganhar dinheiro.
Portanto, com as facilidades de acesso a informações que temos disponíveis atualmente, sugerimos que procurem blogs e canais do Youtube que abordem o tema e participem de grupos no Facebook para troca de experiências.
#Dica: Os melhores investimentos estão concentrados fora dos grandes bancos brasileiros e, por isso, considere abrir conta em alguma corretora (Easynvest, XP, Rico, etc.) ou em bancos de médio porte com boa saúde financeira, que poderão inclusive te isentar do pagamento de tarifas como TED e DOC.

  • Mito nº 6: Vou ficar rico investindo

Infelizmente, vários portais de grande audiência gostam de fazer matérias sensacionalistas vendendo a falsa ilusão de que você pode ficar rico rapidamente através de investimentos, principalmente no mercado de ações.
Entretanto, a realidade é muito diferente. São raros os casos de pessoas que conseguiriam enriquecer exclusivamente através de investimentos na Bolsa de Valores, por exemplo.
#Dica: Foque esforços no seu trabalho, procure se especializar e conseguir novas fontes de renda. Os investimentos devem ser encarados como mecanismos para fazer multiplicar o seu dinheiro e o poder dos juros compostos só será observado no médio e longo prazo. Portanto, tenha muito cuidado com promessas de ganhos exorbitantes e procure estudar sempre antes de iniciar alguma aplicação nova.

  • Mito nº 7: A Renda Fixa morreu com a queda da Taxa Selic

Infelizmente, muitos “gurus” que vendem cursos sobre Renda Variável ou grandes portais que precisam atrair leitores a qualquer custo gostam de amedrontar os leitores iniciantes e omitem alguns dados.
Falar que a Renda Fixa simplesmente morreu com as últimas quedas da Taxa Selic é uma análise superficial e simplista, pois ninguém aborda os chamados “juros reais”, ou seja, o desconto da inflação na taxa de juros.
Adicionalmente, você precisa entender que a economia é cíclica e passa por momentos de crise e euforia. Se pegarmos as rentabilidades acumuladas entre 2010 e 2016, veremos que a Poupança teve um desempenho de +61%, a inflação (IPCA) aumentou +58%, o dólar subiu +89%, a Taxa Selic (indicador base da Renda Fixa) teve uma rentabilidade de +108% e a Bovespa (indicador base do mercado de ações) teve um rentabilidade negativa de -9%.
Portanto, quando alongamos o prazo de análise, podemos perceber que muitas vezes a Renda Fixa pode ser até mesmo mais vantajosa do que o investimento na Bolsa de Valores, caso você não seja um investidor experiente e com muito tempo disponível para fazer suas operações.
#Dica: Tome cuidado com matérias sensacionalistas e fake news. Estude para conseguir ter um senso crítico e não ser enganado ou manipulado por interesses ocultos de determinados grupos.

SOBRE O AUTOR

Ricardo Cid é engenheiro formado pela UFRJ, aluno do curso “Black Belt” do Bruno Medeiros, amante do mundo de investimentos e educação financeira e fundador do site “Bons Investimentos”.
Caso tenha achado o artigo interessante e queira se aprofundar no tema, visite o nosso site e conheça o nosso livro “Investimentos Seguros e Rentáveis”, onde detalhamos toda a nossa carteira de investimentos em Renda Fixa, estratégias e mecanismos utilizados para aumento consistente de patrimônio ao longo do tempo.
Toda a nossa linguagem é voltada para o público “leigo” e, por isso, tentamos ser os mais didáticos possíveis. A ideia é descomplicar o tema para todos!

Como escrever um artigo em 40 minutos ou menos

Escrever um artigo pode parecer muito difícil para muitos, talvez, você tenha encontrado este artigo justamente por ter encontrado dificuldades em produzir os seus textos.
Hoje eu vou te ensinar o passo a passo detalhado de como escrever um artigo, mesmo que você seja um completo iniciante e nunca tenha escrito nenhum artigo.

Para escrever um artigo você não precisa ser um exímio escritor

A primeira coisa que você tem que entender é que você não precisa ser um professor pasquale para começar a produzir seus conteúdos na web, existe uma máxima que diz: “A melhor comunicação é a que é entendida.” Se preocupar com isso é uma tremenda perda de tempo.
Tirem-me como exemplo, sempre fui péssimo em português, tenho TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade) que atrapalha muito na concentração para escrever um artigo e ainda assim escrevi mais de 140 artigos para este blog, gero dezenas de orçamentos mensais e atinjo mais de 20mil visitantes únicos por mês. Tudo isso com um português bem mediano.

O ponto é: Se eu consigo, você também consegue.

Agora que você já sabe que você não precisa ser um expert em português vamos começar a aprender as técnicas que vai te ensinar como escrever um artigo em menos de 40 minutos.
O primeiro ponto a considerar antes de começar a escrever um artigo é entender qual é o objetivo do artigo. Os artigos, na maioria das vezes, fazem parte de uma estratégia de conteúdo que por sua vez faz parte de uma estratégia de marketing.
Com a produção de conteúdo é possível você ter inúmeros benefícios no marketing da sua empresa ou negócio, dentre eles os maiores são: Aumento de visibilidade, Aumento de autoridade e educação do cliente.
De todos os sites e blogs que eu analiso diariamente eu consegui identificar alguns erros comuns entre as pessoas que tem sucesso escrevendo artigos e as que não tem.
O primeiro grande erro que a maioria comete é: NÃO TER UM OBJETIVO CLARO PARA AQUELE CONTEÚDO.
As pessoas escrevem um artigo simplesmente por escrever, não encaixa esse conteúdo dentro de uma estratégia, não mantém uma frequência de postagem para cada artigo fazer o devido sentido. Se você buscar aqui no blog encontrará vários artigos relacionados ao mesmo tema, com menções, citações, o objetivo de todo o conteúdo que eu faço aqui é educar o meu potencial cliente.
Se você está lendo este artigo é porque se interessa pelo que eu escrevo e eu tenho muito mais para poder te ensinar, só que você não sabe disso, mais abaixo do texto eu vou te falar sobre a promoção do artigo, talvez, hoje, você só tenha o problema em saber como escrever o artigo e logo mais descobrirá que existem outras coisas além de somente escrever.
O objetivo deste artigo é te educar, te mostrar o que você precisa e deixar você tomar a decisão correta entre: Fazer sozinho ou me contratar para fazer.
Então, criar um artigo por criar não faz sentido algum, estará desperdiçando tempo e dinheiro.
Planeje a sua pauta de conteúdo antes de começar a produção, veja este vídeo que ensina como fazer um planejamento de conteúdo.

O segundo erro é: NÃO PENSAM NA PROMOÇÃO DO ARTIGO.
Escrever o artigo é uma coisa, fazer este artigo chegar nas mãos de uma pessoa é outra completamente diferente. São “setores” diferentes um da produção outro da promoção.

Como fazer o meu conteúdo chegar nas pessoas?

como escrever um artigo inicio
Só existe uma forma de você conseguir fazer o seu conteúdo atingir pessoas, fazendo promoção. Você precisa divulgar o seu artigo para que outras pessoas possam ver, correto? Agora, existem “N” maneiras, que estão divididas em duas categorias, de você fazer essa promoção. A forma orgânica e a forma paga.

Promoção orgânica x Promoção paga

A forma de divulgação paga é quando você utiliza de recursos financeiros, pagando a plataformas, para fazer o seu conteúdo chegar até outras pessoas. Facebook, linkedin, Instagram, YouTube e diversos outros canais de comunicação trabalham com essa modalidade.
Você paga ao Facebook e ele divulga para determinadas pessoas o seu conteúdo, essa é uma das maneiras de conseguir pessoas para lerem os seus artigos.
A outra forma de divulgar os seus artigos é organicamente.
Conseguir tráfego orgânico consiste em: “Ser encontrado naturalmente.” Você publica o seu artigo e naturalmente as pessoas encontram aquele conteúdo, existe a possibilidade de gerar tráfego orgânico em diversas plataformas, mas, de longe, a grande maioria dos blogs e sites que tem muitos acessos orgânicos tem uma presença muito forte no Google. Afinal, o Google é o site mais acessado no mundo inteiro e é referência para pesquisas em praticamente todos os mercados.

Quem nunca falou: “Não sei a resposta para isso, vou procurar no Google.”

O ponto é exatamente este: Não adianta você saber escrever um artigo se você não sabe fazer a promoção dele, eu vou te ensinar neste artigo como você além de aprender a escrever um artigo fazer com que ele posicione nas primeiras posições do Google, trazendo assim muitos visitantes.
Caso queira saber como escrever um artigo e não quiser aprender como escrever um artigo e fazê-lo ficar visível para as pessoas lerem ainda dá tempo de abandonar o post.

Como escrever um artigo: Otimizações a serem feitas

Existe uma técnica de otimização de textos para web que é chamada de “SEO” que significa Otimização de páginas para os mecanismos de buscas, a grosso modo é otimizar páginas para aparecem no Google.
Você pode perfeitamente inserir essas técnicas no seu artigo e além de escrever um bom artigo deixar ele otimizado para aparecer nas buscas.
Vamos à parte técnica do SEO.

O que eu preciso entender de SEO para conseguir escrever um bom artigo para o meu blog?

Você precisa saber o básico, você precisa entender que o Google é um algoritmo (robô) que faz a leitura das páginas e classifica quem fica e quem não fica no topo das pesquisas baseado no que ele encontrou.
Este artigo, por exemplo, pode ser muito bom para você, leitor, mas não tão bom para o Google. Isso porque o Google tem cerca de 200 fatores, 200 itens que ele avalia para determinar se o artigo é bom ou não.
Os 200 fatores estão divididos em 2 categorias: On-Page e Off-Page.
A categoria On-Page cuida de toda a parte de otimização interna da página e a off-page da parte externa.
A parte interna é: Títulos, textos, imagens, velocidade, vídeos, etc…
A parte externa é: Backlinks, autoridade, relevância do site, reputação, sinais sociais, etc…
Para você aprender como escrever um artigo e fazer com que pessoas consiga encontrar o seu texto você vai precisa necessariamente de entender de otimizações internas, mas fica tranquilo que eu vou te dar um passo a passo aqui simples para você executar.
Voltando a falar da parte técnica… Você precisa encontrar um equilíbrio no seu texto para que ele seja bem interpretado tanto pelo Google quanto pelo usuário.

O que o Google precisa saber para classificar meu artigo como bom?

O Google precisa de indícios que você está falando sobre determinado assunto, quando o Google acessa a sua página ele só consegue ler os códigos HTML (linguagem de programação) que compõem a página. Ele não tem sensibilidade humana para ler todo esse meu texto e ver, de fato, que estou passando uma informação de qualidade.
Ele se baseia em indícios, que são as conhecidas OTIMIZAÇÕES, para entender o contexto da página e é aí que você vai entrar.

Como escrever um artigo que o Google goste?

como escrever um artigo que gere dinheiro
Primeiro de tudo o seu texto TEM que estar claro para ele. OK, mas o que é “Claro para ele?” Lembra que te falei dos indícios?
Vamos lá, vamos começar a bombardear o Google para entender que estamos fazendo a coisa certa.
A primeira grande coisa para ser otimizada em um artigo é: Título. Ele é quem vai mandar na página, se o seu título não estiver condizente com a sua página ele simplesmente não vai te posicionar por não conseguir entender do que se trata.
Ex.: Você faz um artigo e deseja posicionar para a palavra: Ler livros on-line. E no seu título você coloca: “Como aprender mais sem sair de casa.”
O Google nunca vai entender que você está falando sobre LER LIVROS ON-LINE visto que o seu título é COMO APRENDER MAIS SEM SAIR DE CASA. Que faz total sentido para o usuário.
Eu posso estar navegando e encontrar um artigo que fale sobre como aprender mais sem sair de casa e lá dentro descubro um site bacana para ler livros on-line, perfeito. Mas o Google NÃO tem essa sensibilidade ele só vai conseguir entender que você está falando sobre ler livros on-line se no seu título estiver exatamente a palavra ler livros on-line ou algo muito relacionado.
Então anota aí, o seu título DEVE conter a palavra-chave principal do seu artigo, a palavra que faça sentido para o seu usuário encontrar quando ele te buscar no Google.
Depois do título vem a parte da otimização do artigo de uma forma geral que tem como peça fundamental o item: palavras-chave.
Quanto mais vezes você repetir a sua palavra-chave principal, a mesma que você definiu no planejamento, melhor é para o Google entender do que se trata o seu artigo.
Porém, o seu artigo não pode simplesmente ter varias vezes a palavra repetida sem estar em um contexto lógico, o Google precisa encontrar certa coerência entre as repetições.
O que eu sempre digo é: Repita o máximo de vezes possível, desde que mantenha um contexto lógico. Não vá repetir por repetir, o Google vai sacar que você está fazendo isso somente para enganar o robô e não vai gostar nada disso.

Inserindo componentes multimídias

Qualquer item multimídia (imagens, vídeos e áudios) inserido no seu artigo somam positivamente na otimização, isso porque além de trazer uma boa experiência para o usuário (que é um fator de ranqueamento) faz com que o usuário se mantenha por mais tempo na página (outro fator de posicionamento).
Tudo que for facilitar a vida do usuário conta positivamente, o Google quer os melhores sites nas primeiras colocações, pense que na hora de escrever o seu artigo o seu artigo vai ser o melhor que o usuário pode encontrar.
Todas as vezes que você insere uma imagem, um vídeo ou um áudio você ganha a possibilidade de mostrar mais uma vez para o Google sobre o que você está falando, é possível utilizar descrições nas imagens e assim deixar mais “pistas” para o Google conseguir entender o seu artigo.
Dica: Eu quando paro para escrever, faço o artigo todo depois insiro algumas imagens só para poder repetir a palavra-chave nas imagens e ganhar mais pontos com o Tio Google.
Bom, você entendeu os fundamentos, agora vamos ao modelo que eu uso e que você também pode começar a utilizar agora para escrever o seu artigo em menos de 40 minutos.

Como escrever uma artigo: Modelo PRONTO!

Existem diversas formas de otimizar um artigo eu vou ensinar para você aqui um modelo bastante utilizado no mercado de conteúdo e eu tenho certeza que vai te ajudar muito.
O modelo que vou te passar é o modelo “How-To” ou “Como fazer”.
Esse tipo de conteúdo é bastante aceito, pois muitas pessoas procurarem no Google nesse formato.
“Como fazer um bolo de maracujá.”
“Como fazer um site.”
“Como organizar as finanças pessoais.”
O modelo que eu uso funciona assim:

  • Introdução
  • Gancho
  • Desenvolvimento do Gancho
  • Desenvolvimento do tema
  • Considerações finais

Vou te dar um exemplo preenchido do modelo com o tema POSICIONAR UM SITE NO GOOGLE.
Introdução
Neste artigo você vai aprender a POSICIONAR UM SITE NO GOOGLE. Que certamente é um grande benefício para empresas e profissionais autônomos que buscam alavancar as vendas, afinal, o Google é o site mais acesso do mundo e todos os dias várias pessoas estão procurando por sua empresa ou serviço na internet.
Gancho
Antes de te falar o que fazer para posicionar um site no Google, eu preciso te contar algumas coisas.
A primeira coisa é que: Não adianta você posicionar um site no Google por posicionar, você precisa ter um processo de vendas bem definido na sua empresa, tendo um processo bem definido você vai conseguir aumentar a sua taxa de conversão e aproveitar melhor os benefícios de ter um site posicionado no Google.
Desenvolvimento do gancho
Como montar um processo de vendas na sua empresa?
Para montar um processo de vendas é preciso ficar atendo ao item X, Y,Z…. Aqui continua o desenvolvimento do gancho.
Desenvolvimento do tema
Bom, agora que você já viu como montar o seu processo de vendas vamos começar a otimizar o seu site para ele aparecer no Google.
O Google trabalha com diversos fatores de posicionamento, tendo como principal base…… Aqui entra no desenvolvimento do tema propriamente dito.
Considerações finais
Neste artigo você viu como posicionar um site no Google e viu também que é importante ter alinhado um bom processo de vendas para que tudo isso funcione, se você quiser saber mais sobre esse assunto acesse X,Y,Z….. Aqui vai a CTA.

Explicação técnica de porquê esse modelo funciona

Tecnicamente falando você precisa repetir a palavra-chave diversas vezes e precisa também manter tanto o leitor quanto o robô do Google entretido no seu assunto.
Com essa estrutura, você faz isso de forma natural, porque o gancho SEMPRE vai estar ligado à introdução facilitando você a explorar mais vezes a palavra-chave de forma natural.
Vamos analisar o exemplo que eu dei.
Introdução
Neste artigo você vai aprender a POSICIONAR UM SITE NO GOOGLE. Que certamente é um grande benefício para empresas e profissionais autônomos que buscam alavancar as vendas, afinal, o Google é o site mais acesso do mundo e todos os dias várias pessoas estão procurando por sua empresa ou serviço na internet.
Gancho
Antes de te falar o que fazer para posicionar um site no Google, eu preciso te contar algumas coisas.
A primeira coisa é que: Não adianta você posicionar um site no Google por posicionar, você precisa ter um processo de vendas bem definido na sua empresa, tendo um processo bem definido você vai conseguir aumentar a sua taxa de conversão e aproveitar melhor os benefícios de ter um site posicionado no Google.
Numa breve explicação, eu repeti 4 vezes a palavra exata que eu quero posicionar em menos de 130 palavras. Além de manter o assunto dentro do contexto, usando várias palavras que estão relacionadas a posicionar um site no Google, como: AUMENTAR TAXA DE CONVERSÃO, ALAVANCAR AS VENDAS.
Tudo isso entra no que o Google chama de LSI (latent Semantic Indexing) que são palavras-chave relacionados, palavras que pertencem ao mesmo campo semântico.
Viu como é fácil escrever um artigo? Hey, a maioria dos meus artigos eu utilizo esse template, é só você recapitular o artigo que acabou de ler e verás que eu usei essa mesma estrutura que acabei de te ensinar, se você ver os mais de 140 artigos que tem aqui no blog perceberá que eles compartilham da mesma estrutura.
Para criar um artigo desse, do zero, eu levo em média 40 minutos. Uns consigo mais rápido outros um pouco mais demorado, mas não passam de 1 hora e 20 minutos de trabalho.

O que achou desse artigo?

Então, o que achou desse artigo e dessa estrutura? Além de utilizar essa estrutura no meu blog eu utilizo em todos os meus clientes, treino os meu redatores para aprenderem a escrever nesse formato e sempre tenho bons resultados.
Em uma outra oportunidade eu ensino para você as estruturas que também pode ser otimizadas.