Curso de SEO Online | Seu site no Topo do Google [Garantido]

Hoje você vai aprender algumas técnicas que te permitirão colocar o seu site na primeira página do Google.
O conteúdo que você vai ver é de extremo valor, por isso, te peço para que feche o WhatsAPP, Facebook ou qualquer outra aba do seu navegador que possa te tirar o foco da leitura.
O Google é o site mais acessado do mundo e é claro que você deve imaginar o benefício que você pode ter com a habilidade de posicionar sites nas primeiras posições do buscador.
Neste curso de SEO online você vai aprender passo a passo como criar e otimizar páginas para que fiquem amigáveis para o Google.

Curso de SEO online: O que é SEO?

curso de seo online
Iniciaremos falando sobre o que de fato é SEO.
SEO são técnicas de otimização de páginas para os mecanismos de buscas, basicamente, o Google tem um algoritmo (robô) que faz a leitura de páginas na internet e classifica em que posição essa página vai ficar.
Um profissional de SEO é um profissional que conhece quais são esses algoritmos e faz as alterações necessárias nas páginas para o Google classificá-las bem. Uma espécie de manipulação do algoritmo para conseguir benefícios em posicionamento.
Isso ignifica que TODAS as páginas que aparecem no Google sofreram algum tipo de alteração e fizeram o algoritmo entender que aquele é o melhor resultado para determinado termo buscado, essas alterações podem ter sido feitas propositalmente ou não.
O objetivo deste curso de SEO online é fornecer informações suficientes para te capacitar a realizar suas próprias otimizações e conseguir colocar os seus sites no topo do Google.

Como funciona o Algoritmo do Google?

curso de seo online algoritmos
O algoritmo do Google é bem complexo, tem diversos “setores” que tratam de assuntos específicos dentro do posicionamento.  Uma parte é responsável por analisar as referências, outra parte pelas palavras-chave, outra pela intenção de busca,etc. Vou tentar simplificar o máximo aqui para você e caso você queira saber mais detalhes sobre cada parte desse algoritmo, leia o artigo: COMO FUNCIONA O GOOGLE
Basicamente o Google precisa entender que a sua página trata de determinado assunto, para isso ele precisa de indícios que levam a crer que verdadeiramente você é o mais indicado para ocupar as primeiras posições para esse termo.
 
Para você conseguir convencer o Google, você vai precisar de algumas técnicas que aprenderemos agora neste curso de SEO online e gratuito que estou fornecendo à você.
As categorias de SEO
É importante você saber que o Google trabalha com duas categorias de otimização: On-Page e Off-Page.
A categoria On-page é a parte da otimização que diz respeito à página, otimizações feitas INTERNAMENTE.
O Google tem mais de 200 fatores de posicionamento, ficaria impossível eu listar todos eles aqui. Vou te passar uma lista das otimizações on-page mais importantes para o seu projeto.
Vale lembrar que o objetivo dessa otimização é convencer o Google ou traduzir para ele que a sua página trata do assunto X.
Se você quiser posicionar para a palavra: CURSO DE SEO ONLINE terá que ter argumentos necessários na sua página para o Google entender que realmente você é o melhor para esse termo.
Vamos à lista de otimizações on-page fundamentais para você conseguir posicionar no Google.

Otimização do título para SEO

A maioria dos projetos não são desenvolvidos pensando em SEO, apenas 3% dos internautas sabem o que é marketing digital e desses 3% das pessoas que sabem o que é marketing digital uma fatia mínima sabe de verdade o que é SEO.
Isso acontece por conta da falta de incentivo para a divulgação do SEO. O Google, que é o principal envolvido nessa história, não tem interesse em fazer você aprender SEO e eu tenho argumentos muito fortes para te convencer a isso.
A principal fonte de renda do Google é o Google Adwords, o programa de promoção do Google, que você paga para aparecer no topo das pesquisas.  Se todo mundo fizesse SEO certamente o Google diminuiria muito a sua receita com a venda de publicidade, visto que não faz sentido pagar anúncios se você conseguir colocar sites no Google sem investir nada diretamente.
Por isso, a maioria dos sites que existem na internet contém erros gigantes no quesito SEO. O título é, talvez, o principal alvo de toda essa desinformação.
O título é um dos principais elementos responsáveis para a sua página posicionar ou não, ele tem que dizer claramente ao Google do que se trata a sua página.
É a principal referência que o Google tem quando ele encontra a sua página, logo ele DEVE ESTAR OTIMIZADO.
O seu título deve, necessariamente, conter a palavra-principal que você quer posicionar. Se a sua página NÃO CONTIVER o termo principal no título você estará perdendo uma grande oportunidade para convencer o Google que você é bom.

Otimização de palavras-chave para SEO

O segundo ponto mais importante da otimização é sem dúvida alguma as palavras-chave, elas têm um papel importantíssimo dentro da otimização, é uma maneira muito eficiente para você conseguir convencer o Google.
Ex.: Eu quero posicionar esta página para CURSO DE SEO ONLINE, se o Google não encontrar esse termo na página ele simplesmente NÃO VAI ME POSICIONAR para esse termo.
Como eu disse lá em cima, ele precisa de indícios que eu esteja falando sobre algo e utilizar palavras-chave no seu texto é essencial para você conseguir atingir esse objetivo.
Nessa parte da otimização você deve utilizar o máximo de repetições possíveis dentro da página, claro, dentro de um contexto lógico. Não faz sentido para o Google eu “Spammar” uma palavra-chave só para ele poder me posicionar, ele vai ver que você está fazendo algo com o intuito de manipular os resultados e ele não gosta disso.
As repetições de palavras-chave tem que ser natural, o texto não pode ficar com a leitura comprometida, o Google pensa o tempo todo na experiência do usuário e o nosso objetivo como profissional de SEO é encontrar um equilíbrio entre as otimizações e a experiência do usuário.
Em resumo, você precisa repetir o máximo de vezes possível o termo que você quer posicionar SEM comprometer a experiência do usuário, sem fazer uma leitura chata, cansativa e repetitiva.

Punições por excesso de repetição

Desde fevereiro de 2011 o Google tem uma parte do algoritmo dedicada à avaliação de conteúdo, esse algoritmo avalia se o conteúdo é bom ou é ruim baseado no que ele encontra. Uma das coisas que prejudica a leitura do Google e faz ele classificar a sua página como ruim é o excesso de repetições de palavras-chave.
Você não pode, de maneira nenhuma, utilizar repetidas vezes uma mesma palavra-chave dentro do seu texto. Não adianta criar um texto de 300 palavras com 30 repetições do termo e achar que você vai posicionar, não vai.
A forma que você tem de “burlar” essa parte do algoritmo é utilizar o LSI (Latent Semantic Analysis) é um recurso que o Google utiliza para entender melhor a sua página. São palavras que compõem o mesmo campo semântico, palavras relacionadas, o Google consegue entender isso e não te pune por excesso de repetições.
O nome técnico para a prática de repetições excessivas de palavras-chave é: Keyword Stuffing ou Super otimização/Over-optimization.

Otimização da velocidade da página

Outro ponto de extrema importância para a sua otimização interna é a velocidade da página, que além de melhorar a experiência do usuário vai facilitar uma interpretação melhor do Google.
O Google precisa acessar a sua página e ler seu conteúdo para poder classificá-la, se você tiver uma página que tenha um carregamento lento o Google pode simplesmente abandonar a sua página antes mesmo dela carregar. O ideal é que a sua página carregue em até no máximo 2 segundos.
Para você conseguir aumentar o tempo de carregamento da sua página você vai precisar executar uma série de procedimentos, eu vou deixar uma leitura aqui do blog falando somente sobre otimização de velocidade de um site. Lá tem todos os detalhes sobre a parte mais técnica sobre otimização da velocidade e como você consegue deixar o seu site carregando em menos de 2 segundos.

LEITURA OBRIGATÓRIA: COMO AUMENTAR A VELOCIDADE DO SEU SITE

Esses são os 3 itens indispensáveis para a sua otimização interna, claro, existem diversos outros fatores, mas esses 3 são os fundamenteis para começar o processo de otimização.
Dê uma olhada nesse vídeo, ele fala sobre vários pontos interessantes na otimização de uma página.

Agora vamos ver um pouco sobre a otimização externa, o SEO Off-Page.

O que é otimização Externa? Aprenda agora sobre SEO Off-Page.

Otimização externa é tudo que não temos controle na otimização, além do Google precisar de indícios para entender do que se trata a sua página ele precisa também de ENCONTRAR A SUA PÁGINA.
Já parou pra pensar quantos sites são criados todos os dias? Será que o Google dá conta de encontrar todos eles, ler todos eles e definir quem fica ou não nas primeiras posições?
Além de toda a otimização da sua página, dentro de uma estratégia de SEO é necessário também pensar em como o Google vai encontrar você. Para isso são feitas as otimizações off-page.
Quanto mais autoridade o seu site tiver, mais ele vai ter facilidades para posicionar e para criar autoridade você precisa de pessoas de confiança falando de você.
Você precisa que sites que já tenham autoridade, já tenham conquistado a confiança do Google, façam referências a você. Quanto mais referências (backlinks) você tiver, melhor seu site vai ser posicionado.
Backlinks é o assunto mais complexo dentro do mundo SEO, se você quiser realmente se aprofundar nesse assunto é indispensável a leitura do meu artigo completo sobre Backlinks. No artigo você vai aprender tudo que precisa saber sobre backlinks.
Assista também a minha live sobre backlinks no YouTube.

No mais, um resumo para o assunto backlinks e otimização off-page é: você precisa de ter backlinks de sites que já conseguiram autoridade com o Google.
Para isso, é necessário traçar uma estratégia para aquisição de links, as formas mais comuns de conseguir links são: Contratando uma assessoria de imprensa ou utilizando técnicas black hat.
Black Hat x White Hat
Um assunto que movimenta muito o mundo do SEO é a eterna discussão entre Black Hat e White Hat.
O Google, como dono da bola, determina as regras do jogo, ele diz o que pode e o que não pode fazer e ele determina isso através do Google guideline. Lá ele diz tudo que é permitido e não permitido fazer para conseguir benefícios de posicionamento dentro do algoritmo.
Hoje, as técnicas black hat são centradas em manipulação de links, os links são responsáveis por 80% do posicionamento de um site. Então, muitos profissionais utilizam de técnicas black hat para manipular esses links com estratégias como a PBN.
A minha ideia com esse curso de SEO online é te dar uma visão sobre o que é SEO e eu não vou me aprofundar nesse assunto de Black Hat, PBN, Backlinks, etc. Mas vou deixar um vídeo que faz parte de uma trilogia explicando como funciona o Black Hat SEO
O que é Black Hat

No mais, vou deixar um curso de SEO online que eu gravei e disponibilizei no YouTube.
Aula 01 – Introdução

Aula 02 – Como funciona o Google

Aula 03 – Como funcionam os algoritmos

Aula 04 – Como fazer uma auditoria SEO

Aula 05 – Conhecendo as métricas

Aula 06 – Como fazer um planejamento de palavras-chave

Aula 07 – Principais dúvida sobre SEO

Considerações finais

Espero que tenha curtido esse curso de SEO online e gratuito que disponibilizei para você, se você gostou deixe um comentário aqui no blog, se inscreva no meu canal do YouTube que será um prazer ter você comigo nessa jornada de aprendizagem em SEO.
Ahhh… Eu iniciei lá no meu canal um desafio de 365 vídeos em 1 ano, portanto, durante 365 às 20:00 vai ter um vídeo novo sobre SEO por lá.
Um forte abraço e até a próxima, OSS!!!
 

Repasse de veículos: Lucre Revendendo Carros na Internet [SEM INVESTIR]

Na última semana que soltei um vídeo falando sobre repasse de veículos, é uma atividade que eu já tenho faz um tempo e achei interessante compartilhar com quem me acompanha, tanto no blog, quanto no YouTube.
Afinal, sei que o objetivo de muitos é obter alguma renda na internet e monetizar projetos com conhecimentos de marketing digital.
O vídeo teve uma repercussão muito boa e lá no vídeo eu falei da possibilidade de se tornar um revendedor de repasse de veículos, neste post eu vou explicar os detalhes de como funciona o repasse e como você pode se tornar um revendedor.

O que é repasse de veículos?

repasse de veiculos revenda
Repasse de veículos é um procedimento muito comum entre lojistas e revendedores, a maioria dos lojistas compram os seus carros no repasse.
Os carros comercializados são provenientes de trocas da concessionária, todos são de boa procedência, sem sinistros ou leilão.
O procedimento é o seguinte:
A concessionária compra carros usados na troca dos novos, se você tem um carro, usado, e quer trocar por um 0km você tem a opção de entregar o seu carro na concessionária por um valor estipulado pela concessionária que será abatido do veículo 0km.
O lance é: as concessionárias pagam um valor bem abaixo da tabela pelo seu veículo e esses veículos não têm utilidade para eles, as concessionárias tem como objetivo vender carros 0km e não usados.
Sendo assim, os carros que entram nas trocas dos carros 0km vão para as mãos do REPASSADOR e o repassador faz a distribuição para os lojistas (agências).
Vou te dar um exemplo prático do processo inteiro.
Você tem um veículo que custa R$ 25.000,00 e quando você tenta negociar na concessionária eles conseguem pagar R$ 18.000,00 no seu carro. Você passa o seu carro por R$ 18.000,00 que são abatidos no veículo 0km. A concessionária pega esse veículo por R$ 18.000,00 e passa aos repassadores que negociam o carro com uma margem de lucro. Os lojistas compram e revendem por R$ 25.000,00.
Esse é o processo do repasse de veículos e é assim que eu compro carros e vendo para obter lucro, sacou?

Pracial Repasses

pracial repasses
Em 2016, eu fiz uma grande parceria com o Nelson Pracial, representante e fundador da Pracial Repasses, uma empresa que atua diretamente nesta área, repasse de veículos.
O Nelson tem anos de experiência no mercado de repasse de veículos e contato com várias concessionárias de vários estados do país, ele tem um portfólio gigante de veículo disponíveis das concessionárias para poder revender aos lojistas e investidores.
Este ano, 2018, decidimos abrir a oportunidade para qualquer pessoa, depois de uma análise, se tornar um representante da Pracial Repasses e ter acesso ao portfólio de veículos dele, revender e lucrar.
A Pracial Repasses cuida de todo o processo de entrega, documentação e procedimentos padrões, você como representante só fica com o encargo de vender os veículos.

Como é a documentação dos veículos de repasse?

Todos os veículos de repasse têm a documentação 100% legalizada, todos os detalhes como: parcelas de IPVA, Placa do veículo,  são informados no ato da compra.

Por que os carros de repasse são baratos?

O lucro da concessionária vem da venda dos veículos 0km, não é do interesse da concessionária manter carros semi-novos no estoque, para eles, não tem utilidade nenhuma.

Como é feita a entrega do veículo?

Todos os carros de repasse são entregues via cegonha, a Pracial Repasses cuida de toda essa parte, você só paga o frete que gira em torno de R$ 1.000,00 dependendo da sua região.

Como ganhar dinheiro com repasse de veículos?

Minha parceria com o Nelson começou em 2016, como eu disse, e a minha função no negócio foi utilizar a internet para conseguir mais clientes, lojistas e investidores, para comprar os carros disponibilizados por ele.
A Pracial trabalha as vendas dos veículos em grupos no WhatsAPP, e minha função, evidentemente, era de conseguir encher esses grupos.
Fiz um trabalho de SEO, na época, posicionando para as principais palavras e também campanhas no Facebook com o Facebook ads. Em pouco menos de 3 meses já tínhamos mais de 100 grupos com 200 pessoas em média, formados por investidores e lojistas.
Agora, a Pracial Repasses e eu, vamos abrir a oportunidade para você se tornar um revendedor e poder fazer isso a partir da sua casa.
Eu vou deixar um formulário onde vamos fazer um filtro inicial para poder selecionar as pessoas para poderem se tornar representantes, é claro, haverá uma taxa para você participar, ter acesso aos veículos com 30% de desconto em média e utilizar toda a estrutura da Pracial para poder vender os veículos.
Eu vou dar um treinamento de marketing digital para os revendedores, para eles aprenderem a formar seus grupos no WhatsAPP e conseguir vender os veículos. O Nelson, vai dar um treinamento de vendas e de procedimentos padrões de todo o processo de venda e entrega dos carros de repasse.
Nos vamos falar mais sobre esse assunto e conforme formos produzindo material falando de repasse de veículos vou atualizando esse post, eu vou deixar o vídeo que eu gravei explicando um pouco sobre o processo de repasse e vou deixar também o link do formulário para você se tornar um revendedor.
Esse vídeo eu gravei indo buscar um veículo que eu comprei, comprei um punto 2010 27% abaixo da tabela, o objetivo deste veículo é a venda não comprei para ficar com o carro.
Eu gravei o vídeo saindo de casa, mostrando o carro do jeito que ele veio, confere aí o vídeo que ta massa.
https://youtu.be/0jyVsl1Wz9E

Planejamento de aula: Como criar o seu curso on-line

Se você já tentou fazer um planejamento de aula e encontrou problemas na hora da elaboração do seu conteúdo este artigo é para você.
Nesta leitura você vai aprender a criar um planejamento de aula perfeito para montar o seu curso on-line.
Antes de começar esse artigo deixa eu te contar algumas coisas sobre mim e por que eu vou te falar o que vou te falar, ok?
Eu comecei a dar aulas presenciais em 2008, em 10 anos, passei por praticamente todas as escolas de cursos profissionalizantes do país, sendo por 2 anos franqueado de uma grande marca, a Microlins.
Durante esses 10 anos envolvido na área de educação vi e aprendi muita coisa relacionada a processos cognitivos, e é exatamente sobre isso que vamos falar neste artigo. Eu vou te ajudar a organizar, planejar e montar um plano de aula eficiente para o seu curso on-line.

O Objetivo de montar um planejamento de aula

O planejamento de aula ou plano de aula tem como principal objetivo fazer a distribuição do conteúdo programático do assunto desejado. Você precisa descrever detalhadamente o por que que cada aula está onde está.
Você pode utilizar um mapa mental para te ajudar no processo de organização do conteúdo programático, fazendo isso você otimiza o seu tempo e potencializa o seu conteúdo.
Eu sempre dividi os meus conteúdos da seguinte forma: coloco módulos e dentro dos módulos destrincho as aulas separadas, como se fossem sub-tópicos. Assim:
Módulo 01 – Otimização On-Page
Aula 01 – Introdução;
Aula 02 – Otimização de títulos;
Aula 03 – Otimização de Imagens;
E assim continuo até abordar todos os assuntos dentro desse módulo.
Eu sempre coloco no início dos módulos o motivo de fazer o que vamos fazer e o que vamos ver daquele determinado assunto, vou dar alguns exemplos práticos da época que eu dava aulas presenciais.
Curso de web designer, que foi uma matéria que trabalhei por muito tempo.
Iniciava o curso da seguinte forma:
Aula 01 – Falo o que é web designer, o que irão aprender (parte prática)e como poderão utilizar os conhecimentos.
Essa é uma aula de introdução e até hoje eu faço isso, explico detalhadamente os fundamentos de cada assunto.
Aula 02 – Começa o processo de explicar ferramenta por ferramenta, eu sempre gosto de “isolar” os assuntos para não haver confusões. No caso do curso de web designer, cada aula trato de um assunto específico, que tenha o mínimo de ligação possível.
No meu curso de SEO, trato isoladamente o assunto On-Page em um módulo específico e tento o máximo possível não mencionar outros assuntos para não confundir o aluno.
Cada aluno tem uma forma diferente de aprender, isso acontece porque o nosso cérebro tem canais receptivos diferentes.

Canais receptivos

planejamento de aula com pnl
Os canais receptivos é que definem o nosso processo cognitivo, temos 3 canais receptivos diferentes e cada pessoa têm facilidade e dificuldade de assimilar determinado conteúdo baseado no canal receptivo utilizado na comunicação. Sendo assim é impossível você criar um conteúdo que seja de fácil entendimento para todos o que faremos agora é: Utilizar o máximo de canais receptivos na comunicação para que o seu planejamento de aula atinja um público diversificado.
O fundamento básico da comunicação é: Se o receptor não entende a mensagem a culpa é do emissor.
Partindo desse princípio vamos ver os canais receptivos para você poder adaptar a sua mensagem/aula utilizando o máximo de canais receptivos possíveis.

Visual

O canal receptivo visual, evidentemente, é ligado a sinais visuais dentro da comunicação. Pessoas que tem o visual como canal receptivo predominante assimilam mais facilmente exemplos visuais como: Aulas mostrando algo (não só falando), check-lists impressos, download de mapas mentais, download de documentos explicativos, transcrições, etc. Tudo que ele consiga ver vai ajudar no entendimento, já que ele é muito ligado ao visual.

Auditivo

Diferente do visual, pessoas que têm o canal auditivo como predominante são altamente ligadas ao que escutam, nesse caso, ficaria mais fácil o entendimento de conteúdos em áudio como: Mp3, narrações, comentários em áudio, etc…

Cinestésico

Pessoas que têm como canal receptivo predominante o cinestésico são muito ligadas ao “sentimental”, coisas que mexem com sensações e tato.
São muito movidas à linguagem corporal, gesticulam bastante, conseguem entender melhor esse tipo de comunicação.

Identificando canais receptivos antes de montar um planejamento de aula

planejamento de aula como fazer
Você não vai conseguir fugir muito do seu canal receptivo na hora de ensinar, falar e se comunicar com outras pessoas. Por isso é muito importante identificar qual é o seu canal de comunicação antes de iniciar o processo de construção do seu planejamento.
Existem alguns testes na internet que podem te dar uma base, mas o correto é que procure um profissional para realizar uma consulta e dar o veredicto. Eu, tenho como canal receptivo predominante o Cinestésico, depois o visual e por último o auditivo.
Tenho facilidade em aprender “olhando”, check-lists, documentos complementares não me atraem e eu não julgo necessário no processo de aprendizagem. Veja bem, isso EU, não é uma regra.
Há pessoas que já não conseguem aprender dessa forma, precisam escrever, precisam fazer, precisam anotar. Na minha vida inteira na escola eu nunca escrevi mais que 30 folhas em um ano letivo inteiro.
Na própria comunicação você consegue identificar alguns padrões para saber qual é o canal receptivo predominante de uma pessoa, baseado nas respostas para determinadas perguntas o usuário “entrega” qual é o seu canal receptivo.
Como eu disse lá em cima, cada pessoa tem um canal receptivo diferente, não é possível prever como as pessoas aprendem, porém é possível identificar padrões dentro de um grupo de pessoas em comum.
Ex.: Existem mercados que grande parte das pessoas têm como canal receptivo predominante o auditivo, logo o seu planejamento de aula deve ser voltado para esse tipo de comunicação.
Isso acontece porque normalmente as pessoas que têm o canal receptivo auditivo aguçado tem a tendência de gostar de coisas que o canal auditivo seja favorecido, dificilmente um visual vai ter uma habilidade ou interesse diferenciado por música, isso faz com que o cérebro dele se esforce muito para realizar uma tarefa que um auditivo faz facilmente.
Então, não existe gente burra, existem pessoas que estão utilizando canais receptivos errados para determinadas mensagens e se você estiver fazendo isso todo o seu conteúdo não vai chegar no receptor da forma que deveria, fazendo a sua comunicação perder a efetividade.

VAC Attack

O VAC Attack é uma técnica para melhorar a comunicação, consiste em utilizar os 3 canais receptivos na construção da comunicação melhorando assim o entendimento da mensagem.
VAC significa Visual, Auditivo e Cinestésico vou te dar um exemplo da mesma frase formada por cada um dos canais e depois vou utilizar um VAC.
Suponhamos que tenha sido feita a seguinte pergunta a um jogador de futebol: Como é jogar no maracanã? Veja as seguintes possíveis respostas.
Visual – Jogar no maracanã é maravilhoso, você consegue ver a torcida inteira torcendo.
Auditivo – Jogar no maracanã é maravilhoso, ouvir a torcida não tem preço.
Cinestésico – Jogar no maracanã é maravilhoso, sentir o calor da torcida é muito bom.
VAC – Jogar no maracanã é incrível, ver a torcida gritando seu nome com emoção, é um sentimento imensurável.
Conseguiu entender a diferença na comunicação? Se faça essa pergunta e imagine a resposta que você daria.
Sabendo disso, vamos adiante no nosso processo de elaboração de um planejamento de aula.

Como as aulas devem ser?

Baseado em tudo isso que te falei, a resposta é: DEPENDE!
Não existe nenhum estudo, ao menos que eu saiba, que revele quais são os canais receptivos predominantes em uma média geral.
Todo esse conhecimento que to passando para você foi adquirido, por mim, na prática e com estudos em PNL (Programação neuro-linguística) com base no conteúdo do Jordan Belfort (O Lobo de Wall Street) e um PhD em PNL, autor do Best Seller: Advantage Unfair, Duane Lakin. Esses são as minhas maiores referências em estudos de comunicação e persuasão. A PNL é uma excelente ferramenta para melhorar a comunicação entre emissor e receptor, utilizar essas técnicas para melhorar a efetividade do seu curso é uma excelente escolha.
Uma forma de você conseguir ter o máximo de efetividade no seu planejamento de aula é utilizar de um recurso que eu uso nos meus treinamentos, utilizar aulas curtas para deixar mais confortável pessoas que não estão utilizando o seu canal receptivo predominante.
Me colocando como exemplo, já disse acima que o meu canal receptivo predominante é o cinestésico/visual, dificilmente eu consigo me manter focado em um conteúdo de 40min em aúdio, não faz sentido para mim, não consigo entender com 100% de efetividade. Eu fazendo isso, estou explorando uma parte “fraca” do meu cérebro e isso, evidentemente, prejudica o meu aprendizado.
Quando eu decidi criar o meu curso on-line de SEO, o Black Belt Marketing, esse foi um dos fatores que muito me preocupou: Em que formato eu entregaria esse conteúdo? Em aulas presenciais fica mais fácil você perceber o aluno que está “boiando” na sala e dar uma atenção diferenciada para ele, falar de forma diferente e fazer com que ele entenda o conteúdo.
Na internet essa possibilidade, ainda, não existe, não existem plataformas que te permitem ter esse controle de acompanhamento, dificultando assim a possibilidade de identificar possíveis ruídos na comunicação.
Para solucionar, ou pelo menos diminuir, esse problema eu tomei a decisão de criar aulas curtas justamente para não “cansar” as pessoas que não se conectam inicialmente com o canal de comunicação predominante na minha linguagem.
As aulas curtas permitem o aluno a ver, aplicar e pular para o próximo tópico, eu isolo o máximo que posso cada assunto para que não haja confusão entre aulas.

Qual é o tamanho ideal para um curso on-line?

Está é uma pergunta que tem uma resposta muito subjetiva, o parâmetro que temos para determinar o tamanho de um conteúdo educacional está ligado diretamente ao MEC (ministério da educação) o problema é que o MEC mede a qualidade do conteúdo baseado na quantidade de horas que o aluno estudou. As faculdades, cursos técnicos, Ano letivo são calculados dessa forma.
Na internet é um pouco diferente, isso porque na internet, também off-line, existem diversos cursos e treinamentos que não são regulamentos pelo MEC, os cursos livres. Muitas empresas e professores na hora de montar o planejamento de aula se baseiam na quantidade de horas para montar a sua grade de conteúdo. Isso é um ERRO!
O seu conteúdo deve ter o tamanho suficiente para resolver o problema do seu aluno, a moeda mais valiosa da nossa época é o tempo e é justamente para isso que fazemos um planejamento de aula, Otimizar o tempo.
Foque em produzir um conteúdo que resolva o problema do seu aluno, não se importe com as horas ou a quantidade de aulas, o foco deve ser em RESOLVER O PROBLEMA DO ALUNO, keep it in mind!
Uma pesquisa é uma boa forma de identificar itens importantes para serem acrescentados no seu planejamento de aula.

Pesquisas

Além de você conseguir ter uma base para saber qual é o canal receptivo predominante do seu púbico-alvo, uma pesquisa vai te ajudar a descobrir que tipo de conteúdo é comumente mais aceito pelo seu público.
Naturalmente as pessoas com os mesmos canais receptivos curtem coisas que exploram o seu canal predominante, se uma pessoa tem facilidades em aprender coisas visualmente, dificilmente ela vai se interessar e se destacar com música por exemplo.
Com uma pesquisa, além de identificar esses pontos você consegue colher informações necessárias para fazer também uma execução de uma estratégia de marketing.
Imagine a seguinte situação:
Você decide vender um curso on-line e através de pesquisas de marketing você descobre que o seu público-alvo gasta 2 horas de ida e 2 horas de volta para o trabalho. Ele trabalha 8 horas por dia e tem 2 filhos.
Vamos às contas…
8 horas de trabalho + 1 hora de almoço + 4 horas de trânsito = 13 horas.
13 horas + 8 horas de sono = 21 horas.
Restam 3 horas do dia dele para ele: Fazer as necessidades básicas pessoais (comer, tomar banho, etc…), ficar com a família, ter algum momento de lazer e…. estudar o seu curso!
Essa é uma realidade e muito desse gargalo pode ser evitado com um efetivo planejamento de aula, utilizando um conteúdo que ele possa consumir no trajeto de casa para o trabalho por exemplo.
O objetivo do planejamento é exatamente esse: ganhar tempo! Tanto o seu quanto o do seu aluno.

Vale a pena fazer um planejamento de aula?

Como eu disse algumas vezes acima, o tempo é a moeda do século 21. O que você puder fazer para poupar tempo é de grande importância dentro de qualquer negócio.
Nesse caso, o planejamento de aula vai te ajudar muito a não só poupar tempo como aumentar a efetividade do seu treinamento. Eliminando possíveis ruídos na sua comunicação com o aluno.
Se você quiser lançar um treinamento on-line, eu te indico uma leitura, aqui do blog, que fala sobre uma estratégia de marketing bem eficiente para o lançamento de novos produtos no mercado digital.
O nome da estratégia é : Lançamento semente e consiste basicamente em construir e lançar um produto do zero.

Leia o artigo completo sobre o lançamento semente

 
 
 
 
 

SEO para afiliados: A verdade que não te contam

O assunto de hoje é SEO para afiliados, nos últimos tempos a palavra SEO têm sido fortemente atrelada ao mercado de afiliados e neste artigo eu vou te contar um pouco da minha visão sobre SEO e o mercado de afiliados.
Quero iniciar deixando bem claro que tudo que eu disser neste post é apenas a minha opinião, cada um tem o direito de fazer suas escolhas e não posso e, não, critico ninguém por discordar de mim.
Eu comecei a trabalhar com comunicação digital, profissionalmente, há 10 anos. Em 2008, comecei a dar aulas de web design, design gráfico e marketing. No mesmo ano abri uma agência de comunicação visual e comecei a atender clientes, oferecendo soluções para ampliar as vendas.
O main core do negócio era a venda de sites, que deu uma caída brusca em meados de 2010 e comecei a me especializar unicamente e exclusivamente em SEO para conseguir manter uma quantidade satisfatória de clientes.
Eu vou te contar aqui como você pode fazer SEO para afiliados, quais as vantagens e desvantagens de utilizar o seu conhecimento de SEO para monetizar como afiliado.

A base do SEO

Para subir um site nos rankings do Google você precisa cumprir alguns requisitos, uns fáceis, outros nem tanto.
Hoje, 13/04/2018, enquanto escrevo este post, o fator mais importante para o posicionamento de sites são os backlinks.
Os backlinks vão ajudar o seu site em dois grandes pontos: Ser encontrado e ganhar autoridade.
seo para afiliados backlinks
 

Como um site ganha autoridade no SEO?

O Google é um robô e não consegue interpretar os dados de um site com sensibilidade humana, a referência que ele têm são os apontamentos de outros sites. Com isso, ele consegue entender se aquele site tem autoridade ou não.
Quanto mais backlinks você receber, mais essa autoridade vai aumentar e consequentemente melhor você vai posicionar.
Portanto, para você subir um projeto você vai precisar ter mais autoridade que o seu concorrente, certo?
Além dos backlinks te passarem autoridade, eles também vão te ajudar a ser encontrado.
O robô do Google, rastreia sites aleatórios com uma certa periodicidade. o Google NÃO consegue visitar todos os sites do mundo, ele precisa de algo que faça com que eles sejam encontrados, no caso os links.
Então, quanto mais backlinks você receber, mais autoridade você vai ganhar e mais chances de ser encontrado pelo Google você vai ter.
Depois que o Google conseguir te encontrar, vem o processo de você convencê-lo a posicionar o seu site, que é a parte da otimização que veremos mais pra frente.

SEO para afiliados: Utilizando técnicas de posicionamento para afiliação

Nós vimos acima que a base do SEO é você conseguir ser encontrado pelo Google, e para ser encontrado você vai precisar de backlinks. O ponto é: Backlinks custam dinheiro.

Como conseguir backlinks para um projeto SEO

Eu vou falar aqui das formas consistentes e sólidas de conseguir links para um projeto, algo que você possa escalar, eu imagino que você esteja sério no negócio e queira criar algo duradouro e rentável, não só a curto prazo mas também a médio e longo prazo, acertei?
Para que isso aconteça, você precisa ter uma estratégia replicável e consistente.
A forma natural de conseguir links é: produzindo conteúdo,esperando pessoas gostarem dos seus artigos e naturalmente começarem a citar você como referência em determinado assunto. Isso para o Google é LINDO!
O fato é que você não pode controlar esses fatores, você não pode fazer com que outras pessoas gostem do que você está escrevendo, sabendo disso, nós partimos para o plano B.
O plano B é você ter a sua própria fonte de links, e isso você só consegue de uma forma: Comprando.
Para ficar mais claro, imagine a seguinte situação: Você descobre um lugar que venda garrafa de água mineral por R$ 0,30. E você sabe que facilmente vende essa água por R$ 2,00 em qualquer barraca no centro da cidade.
Isso parece ser um ótimo negócio, não? Compra por R$ 0,30 e vende por R$ 2,00. São R$ 1,70 de lucro em cada garrafa vendida.
Porém, o seu fornecedor só consegue te entregar 2 engradados de água por dia, limitando o seu negócio a 24 vendas diárias. Isso te parece bom?
É exatamente isso que acontece para pessoas que utilizam o SEO para afiliados. Para você ter algo sólido e consistente, você necessariamente vai precisar de um bom fornecedor para subir os seus projetos.
Por que eu falo projetos? Porque dificilmente uma pessoa vai conseguir ganhar uma quantidade de dinheiro satisfatória, principalmente sem experiência, com um único projeto.
Isso acontece porque existem muitos profissionais de SEO muito mais experientes que já dominam diversos mercados.

Como profissionais dominam SEO como afiliado?

O SEO é concorrência direta, para um subir outro tem que cair, concorda comigo? Agora imagine o seguinte: vou falar alguns número hipotéticos para ilustrar o que eu quero te mostrar.
2 anos atrás, o Joãozinho encontrou uma oportunidade no nicho de venda de ração para cachorro. 2 anos atrás, o Joãozinho investiu o equivalente a R$ 4.000,00 em links e hoje o Joãozinho tem um site forte e com bastante autoridade no Google.
Pela lógica, você entrando agora no mercado de venda de ração para cachorro, tecnicamente você vai ter que ser melhor que o Joãozinho, correto? Sendo que esses R$ 4.000,00 que o Joãozinho investiu 2 anos atrás, além de terem sofridos os ajustes monetários padrão a maioria dos sites na internet sofrem o efeito “snowball”. Quanto mais cresce, mais cresce.
E para você ser melhor que o Joãozinho, você vai ter que investir mais do que ele. Caso contrário, seria fácil competir por palavras muito rentáveis com facilidade. Ex.: Comprar iphone 7 plus. Já parou pra pensar no potencial de gerar dinheiro que essa palavra tem?
Agora que você já sabe como profissionais dominam o mercado de SEO como afiliado, vamos falar o que você tem que fazer para ser um top afiliado no mercado de SEO.

Como você pode dominar o mercado de SEO para afiliados

Essa parte do texto vai exigir uma atenção maior, pois faremos alguns cálculos.
Como você já sabe que os seus resultados estão muito ligados ao investimento financeiro vamos às contas.
Existem oportunidades de SEO para afiliados que compensam investir, pois o investimento pode ser pouco e a rentabilidade legal, é exatamente sobre isto que falaremos aqui.
1 domínio custa em média R$ 20,00. Tendo como base os preços normais praticados pelos mais diversos TLD. (terminações).
1 hospedagem custa barato, um servidor bom, na vultr.com você consegue por $10.00. Cerca de R$ 35,00 mensal.
Agora vamos para a parte interessante, não vou incluir na conta os custos de TEMPO. Afinal, alguém vai ter que fazer os sites e escrever os artigos, vou levar em consideração que você se encarregue dessas tarefas.
Para fins de conhecimento, um web designer cobra em média R$ 800,00 para fazer um site simples e um redator a média de R$ 40,00 para escrever um artigo de 2.000 palavras. informações retiradas do Workana.com
Uma simples contratação elevaria os custos de um projeto pra R$ 1.200,00 facilmente (considerando 10 artigos).
Feito isso, você pode começar o processo de posicionamento para ganhar suas comissões como afiliado.
Eu peguei aqui uma lista com os 16 produtos mais vendidos da plataforma Monetizze na presente data.
São eles:
seo para afiliados media de preco
 
Baseado nesses números chegamos ao seguintes dados importantes:
Uma venda como afiliado gira em torno de R$ 64,03.
Os produtos têm em média o preço de R$ 162,92 e a comissão cerca de 39%.
Claro, que isso é uma estatística e existem produtos e situações que fugirão à regra, porém lembra aquela história que te contei sobre o vendedor de água? Então, agora chegou a hora de aplicar os ensinamentos.
Recebendo em média R$ 64,03 por venda, para você ter um faturamento de R$ 2.000,00 mensal você tem que realizar  31 vendas no mês. Isso dá mais que uma venda por dia, considerando o mês com 30 dias.
Até aí, tudo ok? ta dando pra entender legal?
Vamos começar as contas de verdade…
1 link custa em média R$ 150,00 no mercado.
10 links custam R$ 1.500,00 e 20 links R$ 3.000,00.
Um projeto que necessite de 20 links para posicionar nas primeiras posições e POSSIVELMENTE realize uma venda todos os dias custa: R$ 3.000,00 + artigos.
Caso corra tudo bem, você vai receber R$ 2.000,00 por mês. Não incluindo as suas horas de trabalho com processos operacionais (compra de domínios, análise de nichos, criação de sites, configurações,etc…)
Veja estes números divulgados pelo Ahrefs.

0.3% de sites que existem há menos de 1 ano posicionam palavras com mais de 50mil buscas NA PRIMEIRA PÁGINA.
4.8% do sites posicionam no TOP 10 para palavras com MENOS DE 1mil buscas.
Dê uma olhada nessa pesquisa da ignitevisibility.com
seo para afiliados ctr
Uma palavra na primeira posição recebe em média 20.5% de cliques, do volume de buscas total. Veja bem, a PRIMEIRA POSIÇÃO. Agora vamos traduzir esses números para a realidade.
Você tem 4.8% de chance de posicionar um site para uma palavra-chave com menos de 1mil buscas mensais e com menos de 1 ano na primeira página do Google, caso posicione na primeira colocação, terá 20% de acessos.
Estamos trabalhando com uma perspectiva otimista, sempre usando os melhores números.
20% de cliques para 1mil buscas são 200 acessos mensais.
Segue os números estatísticos de conversão.
seo para afiliados ecommerce
O setor com maior conversão é o setor de Farmácia, que chega a 2.44%. De acordo com o Neoatlas.
Baseado nesses números, estatisticamente, você tem:
4.8% de chance de posicionar um site na primeira página, para uma palavra com menos de mil buscas, caso consiga na primeira posição, terá 20% do tráfego que são 200 visitantes em média e convertendo 2.44% terá 4,88 vendas por mês. Com a média de comissão paga por produtores a afiliados: 4,88 * R$ 64,03 = R$ 312,46.
Lembrando que, esta é uma visão de uma perspectiva 100% otimista, pegando os melhores números e trabalhando com as melhores hipóteses possíveis.
Vou te ensinar algo exclusivo que você pode fazer para acelerar um pouco esse processo e conseguir resultados melhores.

Fazer SEO para afiliados com domínios expirados

ahrefs afiliados
O ahrefs também divulgou que, sites com alto DR (domain rating) conseguem atingir a primeira página em menos tempo.
9% das páginas com alto DR chegam na primeira página em até 60 dias.
Essa sem dúvidas é uma alternativa para encurtar o tempo e conseguir melhores resultados fazendo SEO para afiliados.
Eu tenho um grupo no WhatsAPP exclusivo para venda de domínios, nesse grupo é proibido a conversa, somente minha equipe e eu divulgamos a lista de domínios expirados e os participantes que se interessarem chamam os administradores no privado para negociar.
Link para o grupo de compra de domínios no WhatsAPP

Por que eu não faço SEO para afiliados?

Eu vou explicar agora o motivo de eu não utilizar técnicas de SEO para monetizar projetos como afiliado, mediante tudo isso que te falei eu acredito que já tenha olhado com outros olhos para o negócio.
Eu, hoje, atendo clientes oferecendo o serviço de consultoria SEO e tenho meus negócios off-line que envolvem a internet como meio de divulgação. Eu não trabalho forte com venda de info-produtos, principalmente como afiliado.
Eu tenho negócios desde 2008, como disse lá em cima, por 2 anos e meio fui franqueado de uma unidade da Microlins. o Meu core é CRIAR NEGÓCIOS.
Do ponto de vista de empresário utilizar SEO para afiliados é perda de tempo, o retorno é ruim e o risco é alto.
São muitos fatores externos envolvidos em um projeto desse e os que mais me incomodam são:
A instabilidade, o produtor pode a qualquer momento desfazer a parceria, visto que ela não é formalizada em nenhum contrato ou outra forma de passar segurança para o afiliado.
E a outra é que eu definitivamente não consigo divulgar, vender um produto que eu não uso, não tenho nada contra com quem faz simplesmente para mim não dá.
No mais, para ter uma estrutura bem montada, investir em links (seja comprando ou montando PBN) para correr todos os riscos do negócio para mim não compensa. Prefiro usar esse potencial para construir novos negócios e atender clientes que consigo uma rentabilidade muito maior.
Se eu pego 4 projetos que me pagam R$ 5.000,00 mensal tenho um rendimento de R$ 20.000,00 para fazer basicamente o MESMO trabalho que eu faria se fosse afiliado sendo que eu tenho um contrato me dando segurança, tenho meu networking que vai aumentando conforme eu vou atendendo mais clientes, oportunidades de negócios vão surgindo e várias outras vantagens, na minha visão.
Então, é por isso que eu NÃO trabalho com SEO para afiliados 😉
 

Consultoria SEO: Seu site na primeira página do Google

Hoje vamos falar sobre um dos assuntos mais complexos dentro do mercado de SEO, CONSULTORIA SEO.
É extremamente complicado definir o que é uma boa consultoria SEO, pois a maioria não tem parâmetros para mensurar resultados provenientes de uma campanha de SEO.
O meu objetivo com este artigo é fornecer o máximo de informação possível para que você consiga ter o discernimento necessário para tomar a decisão correta na hora de escolher um profissional de SEO para fazer a otimização do seu site.
Este artigo vai ser bem longo e detalhado, eu recomendo que você se concentre bastante na leitura para consiga entender como é feita uma consultoria SEO efetiva.

O que é SEO?

SEO é a sigla para “Search Engine Optimization”, que significa “otimização para mecanismos de busca”, ou otimização de sites. SEO é o conjunto de estratégias com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site nas páginas de resultados naturais (orgânicos) nos sites de busca.
Resumidamente, SEO é um conjunto de técnicas que têm como objetivo melhorar o posicionamento de sites no Google.

Quem executa esse serviço?

O profissional responsável por fazer essas otimizações é o CONSULTOR SEO. Que deve estar atualizado das novidades e tendências impostas pelo Google.

Quais as competências posso exigir de um consultor SEO?

Tecnicamente o consultor SEO tem como objetivo guiar e orientar o cliente no que diz respeito a otimização de sites para que ele consiga melhorar as posições do projeto.
Porém, como vivemos em um mundo bastante versátil e dinâmico, já deixou de ser diferencial um consultor SEO ter outras habilidades dentro do mercado de marketing digital.
Muitos consultores SEO, quando executam uma consultoria SEO, se preocupam, ou deveriam, com o negócio de uma forma geral.
O SEO sozinho não consegue atingir o objetivo final das empresas, que são as vendas, e para isso conta com outros recursos de outras áreas, como por exemplo: vendas, e-mail marketing, atendimento, conteúdo, etc…
Teoricamente, um consultor SEO tem por obrigação entregar ao cliente um site posicionado no Google.

Consultoria SEO: Como funciona?

Como eu falei acima, não existe uma regulamentação que defina como deve ser feito uma consultoria SEO. As informações que eu vou te passar aqui são baseadas no trabalho que EU executo e a forma que eu enxergo o mercado e a necessidade dos clientes. Eu trabalho há 10 anos com comunicação, 08 deles focado 100% na comunicação digital e já vi diversas situações e modelos de trabalho diferentes.
Eu, como consultor SEO, executo toda a parte estratégica do negócio e utilizo a minha equipe como parte operacional do processo. Para você entender melhor vamos colocar os pingos nos is.

O que é a parte estratégica de uma consultoria SEO?

A parte estratégica, evidentemente, é a inteligência da campanha que será executada. O SEO é um mercado que você lida DIRETAMENTE com a concorrência, para você subir no ranking alguém precisa cair, é um confronto direto.
Na primeira etapa da minha consultoria SEO eu me preocupo em entender o mercado que o meu possível cliente atua e começo a fazer uma auditoria dos sites concorrentes.

O que é incluído nessa auditoria?

consultoria seo auditoria
Para um site subir no ranking do Google ele precisa cumprir alguns requisitos básicos de otimização, o SEO é dividido em duas partes: SEO on-page e SEO Off-Page.
O SEO on-page é toda a parte que você tem controle do site, todas as otimizações que podem ser realizadas dentro do site. Ex.: Otimização de títulos, Otimização de imagens, velocidade, conteúdo, etc…
A otimização Off-page é algo que é relevante para o Google, muito por sinal, porém NÃO está sob o seu controle. Ex.: Links, autoridade do site, etc…
Isso acontece porque o Google considera que, além do seu site estar otimizado, você precisa ter referências, o Google precisa confiar em você e para você ganhar a confiança do Google você precisa de links (sites referenciando você) e isso não é possível ter o controle 100%.
Eu, por exemplo, não posso contar que este artigo que estou escrevendo vá ter 50 sites referenciando ele, isso não está no meu controle. O que eu consigo fazer de otimizações é: otimizar meu conteúdo, títulos, velocidade, o on-page em geral.
Se você gostou desse assunto: On-Page e Off-page, você vai curtir este artigo que escrevi sobre otimização.
Bom, voltando, na auditoria inicial o meu objetivo é fazer essa análise da concorrência e entender se é possível ou não ultrapassar os concorrentes, baseado nas informações que eu colho nas análises.

Auditoria interna

A auditoria interna tem o objetivo de verificar o que pode ser melhorado e até que ponto o meu possível cliente vai conseguir “brigar” com a concorrência.
Nessa auditoria interna é verificado itens como:

  • Velocidade do site;
  • Servidores;
  • Conteúdo;
  • Links;

Feito essa parte de auditoria, vamos para a segunda etapa do processo o PLANEJAMENTO.

Planejamento SEO

consultoria seo planejamento

O que é um planejamento SEO?

O objetivo do planejamento SEO é identificar oportunidades para o cliente, analisar possíveis palavras-chaves para incluir na estratégia de SEO.

Como ele é feito?

O planejamento é feito com o auxílio de algumas ferramentas que mostram algumas intenções de busca dos usuários dentro da web, com isso, conseguimos saber exatamente os termos procurados pelo usuário e posicioná-los com o objetivo de receber visitas.

Qual é a finalidade?

A finalidade do planejamento é: NÃO PERDER TEMPO. Não perder tempo produzindo conteúdos que não tem quantidade significativa de buscas e tampouco que a concorrência seja forte, a ponto de não conseguirmos combater.
Esses são os passos iniciais que eu executo aqui, na minha consultoria SEO.
Agora vamos para a parte técnica e processos de execução de todo esse procedimento.

Parte operacional de uma consultoria SEO

Normalmente, em uma consultoria SEO, são envolvidos no processo operacional: redatores, designers e desenvolvedores.

A função de um redator dentro de uma campanha de SEO

Sem conteúdo não tem SEO, logo, é necessário ter alguém na equipe que seja especialista em produzir conteúdo. O meu trabalho como consultor SEO é orientar esse redator a escrever de uma forma que o Google goste. O conteúdo para posicionar é diferente do conteúdo que a maioria pública.
90% dos meus clientes apresentam os mesmos erros: Falta de planejamento (escolhem mal as palavras) e falta de uma boa estrutura no conteúdo.
A maioria dos redatores não conhecem técnicas de SEO, acham que conhecem, e eu tenho como provar isso. Então, é absolutamente normal você contratar empresas de conteúdo, redatores, iniciar blogs e não conseguir ter uma quantidade expressiva de visitas vindo do Google.

Designer e SEO

Designers e web designers sempre são bem-vindo em uma equipe de consultoria SEO, pois eles conseguem trazer uma experiência de usuário mais agradável para o projeto, e isso conta como fator de posicionamento. Criação de peças publicitárias, design de uma forma geral agrada muito o usuário e consequentemente o Google.
A função dos designers dentro de uma consultoria SEO é: melhorar a experiência do usuário, sem atrapalhar o desempenho das outras ações como: velocidade, usabilidade, etc…
Ps.: Como acontece com os designers, são poucos os designers que entendem de SEO e conseguem naturalmente criar coisas que suprem tanto a necessidade de agradar o usuário, quanto agradar o Google. Isso porque muitos dos recursos utilizados por designers acabam pesando muito e ter um site leve é requisito imprescindível para melhorar os resultados em SEO.

Desenvolvedores e SEO

Essa é uma outra função que normalmente é exigida dentro de uma consultoria SEO, desenvolvedores conseguem criar soluções práticas de usabilidade e potencializar o desempenho de sistemas em diversas situações. Ex.: Servidores, sites, etc…
A maioria dos projetos exige um programador/desenvolvedor para fazer reparos e otimizações que objetivam o aumento de velocidade e usabilidade para o usuário final.

Quais são as técnicas de SEO mais comuns utilizadas em uma Consultoria SEO?

Voltando a falar da parte técnica, como você já sabe, o SEO é dividido em duas partes. A otimização on-page é, digamos, a parte mais básica do negócio.
A parte mais complexa fica por conta do off-page que envolve a criação de links e estratégias de link building onde o objetivo final é aumentar a autoridade do site.
Eu escrevi um artigo muito completo sobre Backlinks, neste artigo eu explico detalhe por detalhe como você pode aumentar a autoridade do seu site sem pagar uma consultoria SEO.
Não tem como falar de técnicas de SEO sem falar sobre: White Hat e Black Hat.

White Hat SEO

São técnicas de SEO que utilizam a “legalidade”. O Google, como dono da bola, dita as regras do que é permitido e o que não é permitido fazer para conseguir melhorar as posições do seu site.
Basicamente o Google não quer que você suba no ranking, partindo do princípio lógico o único prejudicado em você subir é ele, ele fatura com venda de publicidade em adwords e as pessoas pagam o Adwords justamente para poderem aparecer bem posicionadas no buscador. Pense comigo: Imagine que TODO MUNDO tivesse acesso a um conteúdo rico, objetivo e claro de SEO? Será que o Google perderia anunciantes? Sim ou sim?
Eu mesmo, já cansei atender empresas que depois da minha consultoria SEO reduziu em até 80% os custos de investimento no AdWords.
Então, o Google cria regras para controlar o ranking e ele conseguir ser favorecido.

Black Hat SEO

São técnicas que infringem as regras impostas pelo Google. Basicamente o Black Hat SEO, hoje, gira em torno da manipulação de links para conseguir autoridade.
Lembra que te falei sobre a construção de autoridade do seu site? Então, é exatamente isto. Qualquer forma de manipulação do algoritmo do Google é considerada Black Hat.
As técnicas de Black Hat SEO mais utilizadas hoje são: PBN (Private Blogs Network) e a compra de links.
Se quiser saber mais sobre Black Hat SEO e como você pode subir o ranking do seu site utilizando técnicas Black hat eu te recomendo que leia os seguintes artigos.
Black Hat SEO – A verdade que não te contam
PBN – Conheça a técnica mais poderosa de posicionamento da atualidade

Cuidados ao contratar uma consultoria SEO

Como o SEO é algo muito pouco divulgado existem muitos “profissionais” que se dizem especialistas em otimização de sites, vou te dar algumas recomendações para você ficar atento quando for procurar um consultor SEO para realizar o seu trabalho de consultoria.
Vou listar algumas das perguntas que os meus clientes mais me fazem e as respostas para cada uma delas.

Perguntas frequentes sobre uma consultoria SEO

SEO demora de 6 a 12 meses para trazer resultados.

MENTIRA. Existem casos e casos, em determinadas situações é possível conseguir resultados bastante expressivos em um curto período de tempo. Eu, mesmo, tenho um case que conseguimos atingir mais de 1 milhão de reais em faturamento com 1 mês de trabalho.
consultoria seo em 1 mes
O Arthur atende um público brasileiro que quer investir em imóveis nos EUA, com 1 mês de trabalho dominamos o mercado para as principais palavras: Tax lien, Tax Deed, investimento imobiliário nos EUA e mais uma série de palavras importantes. Gerou um fluxo de tráfego significativo e ele no primeiro mês conseguiu um investidor com um aporte de 1 milhão de dólares (R$ 3.5 milhões em média).
Caso tenha dúvida sobre a veracidade do fato, basta checar a data de postagem do artigo e a data de registro do domínio do Arthur.

Se você fizer Black Hat o Google vai banir o seu site

MENTIRA. O Google não tem como punir um site por utilizar de uma prática, o que mais é falado no mercado é que práticas Black Hat prejudicam o site a médio e longo prazo. Se isso for verdade, você não deveria estar lendo este blog e eu não seria TOP 0 (Snippet) e TOP 1 para a palavra CONSULTOR SEO.
O Google não pode prejudicar pelo fato de muitas pessoas inocentemente utilizam técnicas que são reprovadas pelo Google, no meu artigo que citei cima sobre Black Hat eu específico quais são essas técnicas que prejudicariam empresas e sites que trabalham de forma honesta. Ex.: E-commerces que utilizam sempre os mesmos descritivos para anúncios dos produtos.

SEO é fácil de fazer, não tem por que custar caro

MENTIRA. O SEO é a forma mais barata de se conseguir tráfego na internet. Porém, custa dinheiro e muito dinheiro, só é mais barata que outras fontes de tráfego.
O Google hoje tem mais de 200 fatores de posicionamento e muitos deles são imprescindíveis para um projeto subir. Aqui, no blog, eu tenho mais de 120 artigos ensinando SEO, tenho um canal no YouTube com mais de 80 vídeos falando basicamente de SEO e ainda assim não consigo ensinar tudo que eu sei, SEO é um mercado bem amplo e sem o acompanhamento de um consultor ou especialista fica extremamente difícil você conseguir resultados expressivos.
O que também contribui para isso é o fato do Google omitir muitas informações importantes sobre o algoritmo e quem não está imerso no mundo do SEO dificilmente consegue ter acesso a informações privilegiadas, que realmente funcionam.

Considerações finais

Espero que este artigo tenha sido esclarecedor, me preocupei o tempo todo em conseguir passar o máximo de informação com a maior clareza possível sobre o assunto consultoria SEO com o objetivo de alertar, educar e ensinar a possíveis clientes e futuros consultores SEO como funciona uma consultoria SEO.
Se você gostou deste artigo e quiser aprender mais sobre o mercado digital, me acompanhe nas redes sociais, YouTube, e claro, se precisar de uma consultoria SEO, conte comigo! Vá no menu superior deste site e deixe uma mensagem, será um prazer trabalhar com você 😉
Participe do meu grupo no WhatsAPP sobre SEO

Clickbait: Como Aumentar Drasticamente A Sua Taxa De Cliques

O assunto de hoje é: CLICKBAIT. Provavelmente você já caiu no bait, se você não sabe o que é essa técnica preste a atenção neste artigo que eu vou te explicar passo a passo como você pode aumentar drasticamente a sua taxa de cliques utilizando este recurso.

O que é o ClickBait?

O Clickbait é um termo pejorativo quando o assunto é venda de publicidade on-line, O Clickbait costuma prover somente o mínimo de informação necessária no título, forçando o usuário a clicar para ter acesso completo da informação.
Provavelmente você já clicou em algum clickbait do tipo:

“Barcelona leva goleada para time da terceira divisão” e quando chega na matéria, de fato, o Barcelona perdeu, mas foi o time sub-15.
“Como posicionar um site na primeira página do Google em 5 minutos.” Esse eu mesmo apliquei =D, quando na verdade, é uma palavra sem concorrência alguma.

Enfim, a ideia do clickbait é despertar a curiosidade do usuário aumentando assim a sua taxa de cliques, eu vou te dar algumas dicas para você aplicar o clickbait nos seus títulos e atrair mais visitantes.
Só pra contextualizar, Bait significa isca em inglês.
clickbait o que é

Guia definitivo para gerar um clickbait perfeito

 
Separei esse tópico em lista para debatermos cada uma das estratégias utilizadas para gerar um clickbait.
O primeiro item da lista é o famoso “How TO” ou “Como fazer”.

Clickbait com “COMO FAZER”

A maioria das pessoas que produzem conteúdo para internet, conscientemente ou inconscientemente utilizam a estrutura “como fazer” e falham na construção da headline por um motivo simples: FOCAM NA SOLUÇÃO e não no problema.
Veja na prática como isso funciona:
Headline tradicional – “Como utilizar técnicas de SEO para aumentar o tráfego do seu blog.”
Headline Clickbait – “Aprenda a técnica que pode triplicar o tráfego do seu blog .”
O segredo para você conseguir atrair a atenção do público é focar em um grande problema que ele está passando e não na solução, não se esqueça de adicionar uma pitada de curiosidade para que o clickbait tenha sucesso.

Clickbait com “lista”

clickbait lista
O conteúdo em lista é um conteúdo muito bem recebido pela maioria dos leitores, o conteúdo em lista tem uma leitura rápida e fácil.
Ex.: 5 coisas que você precisa saber sobre marketing na internet.
O leitor sabe que ele pode entrar no artigo e “scanear” rapidamente, lendo o que faz sentido para ele e ignorando o restante, sem dúvidas é o tipo de headline que mais traz cliques dentro do mercado digital, seja no Google ou mídias sociais (principalmente mídias sociais).
Vamos fazer umas combinações de headlines aqui e depois vamos adicionar umas pitadas de clickbait.
Headline tradicional – “5 Dicas de SEO para melhorar o posicionamento do seu site.”
Headline clickbait – “5 Otimizações de SEO que só os maiores sites fazem.”
Deu para pegar a ideia? Agora vamos dar um boost nisso utilizando alguns recursos de neurociência.

Utilizando recursos de neurociência para dar um boost no seu ClickBait

Nosso cérebro fica o tempo todo buscando métodos e maneiras para poupar energia, quando ele encontra a oportunidade de fazer isso ele não exita, ele sempre optará pelo caminho mais prático e rápido. Por mais que você tenha conhecimento disso, não terá 100% do controle, afinal, isso acontece no seu subconsciente.
Sabendo disso, podemos explorar esse lado subconsciente para aplicar alguns recursos neurológicos e termos benefícios (cliques) que serão convertidos em resultados.

Identificando as “fraquezas” do cérebro.

Conheçam os elementos persuasivos mais utilizados e não identificados pelo cérebro.
Tempo
O tempo é um dos elementos que o cérebro mais gosta, na verdade é o ganho de tempo. Todas as vezes que você utilizar o tempo a favor do leitor, terá grandes chances de atrair a sua atenção com mais facilidade.
Vou dar alguns exemplos de como você pode fazer isso.
Headline Tradicional – “Como fazer o seu site aparecer no Google.”
Headline ClickBait – “Como colocar o seu site no Google em menos de 5 minutos.”
Vale lembrar que o clickbait serve para atrair, porém se o seu conteúdo não entregar o que promete você pode ter problemas.
Esse exemplo que eu dei acima, eu mesmo utilizei em um vídeo no YouTube.
clickbait como colocar o site no google
O que eu entrego nesse vídeo? Verdadeiramente, eu ensino a pessoa a colocar um site na primeira posição do Google em 5 minutos! Quer saber como? Veja o vídeo =D
To brincando, o vídeo realmente ensina, porém eu não falo no título dos “disclaimers” para que isso aconteça, não é possível colocar qualquer palavra no Google em 5 minutos e isso eu explico no vídeo.
Naturalmente as pessoas tendem a ir para o lado mais fácil da coisa e utilizar esse recurso no seu título é fundamental para que você consiga ter bons resultados usando clickbait.
Curiosidade
Essa é uma das mais comuns dentro do universo clickbait, usar curiosidade para fazer o usuário tomar a decisão de abrir o texto é uma técnica bem conhecida.
Veja este exemplo de clickbait utilizando a curiosidade.
clickbait messi
 
 
O link da matéria é esse
Na matéria, fala de um jogador que em 1972 fez uma coisa que o Messi não fez, o Zambiano quebrou um recorde de quantidade de gols.
Eu aposto que você pensou isso quando leu o título da matéria, né? Isso é um ClickBait.
Controvérsia
Utilizar recursos que são contra-intuitivos são maneiras de chamar a atenção do usuário, todo mercado tem suas crenças e pensar estrategicamente como utilizar-las é um grande recurso para o seu Clickbait.
controversia steve jobs
Veja este exemplo: “Por que Steve Jobs Nunca Ouviu seus clientes.”
Woooooooooow, o que te parece isso? existe uma máxima no mercado de sempre ouvir os clientes, o cliente sempre tem razão e blah blah blah.
Isso é muito controverso para quem se interessa por esse tipo de conteúdo e é uma boa pedida para acrescentar nos seus títulos, fortalecendo o clickbait.
Referências
Uma forma de chamar a atenção é com REFERÊNCIAS, citando pessoas referências do mercado.
clickbait cristiano ronaldo
Veja este título referenciando Cristiano Ronaldo, afinal, todo mundo que se preocupa com dieta ou é fã do CR7 tem interesse em saber o que ele come.
Considerações finais
De uma maneira geral, o clickbait é uma excelente ferramenta quando utilizada de forma estratégica, o tempo das pessoas é muito disputado na internet e ter um diferencial quando o assunto é conseguir atenção é fundamental para que você consiga aumentar a sua taxa de cliques.
Se você quiser aprender mais sobre marketing, marketing digital e SEO. Participe do meu grupo fechado e gratuito no Facebook que eu sempre estou compartilhando dicas e estratégias com o pessoal.

 
 
 
 

Screaming Frog SEO Tutorial – Software de Auditoria SEO

Neste artigo você vai aprender a fazer uma auditoria SEO de forma simples e fácil utilizando o Software SCREAMING FROG SEO.
Eu já testei diversos softwares para fazer auditoria e o que mais me agradou até o momento foi esse. Durante este artigo vou te explicando o motivo para eu afirmar que o Screaming Frog SEO é simplesmente o melhor software de auditoria SEO da atualidade.

O que é o Screaming Frog SEO?

Screaming Frog SEO é um software de auditoria interna de sites, ele vai fazer uma análise profunda em um site e retornar um relatório bem completo de diversos itens fundamentais para melhorar a experiência do usuário e também a experiência dos Crawlers do Google.

Com o Screaming Frog SEO eu não vou precisar entender nada de otimização?

Não, ele simplesmente vai te apontar o que tem de errado e ficará a seu encargo executar as ações, neste tutorial eu vou te ensinar a utilizar a ferramenta de forma correta.

Como baixar o Screaming Frog SEO?

O Screaming Frog SEO é uma ferramenta “Freemium”, de graça, com limitações. As limitações dela são de 500 url por site, é mais do que suficiente em vários projetos.

Visão geral do Screaming Frog SEO

screaming frog seo visao geral
Essa é a tela inicial do Software, vou me preocupar em falar dos itens mais importantes para você ter o melhor aproveitamento da ferramenta.
A primeira grande função que veremos aqui é: o STATUS CODE.

Status Code Screaming Frog SEO

Assim que abrir o programa e digitar a url no campo de pesquisa, carregará diversas informações, exatamente igual a imagem acima.
Ali onde está escrito: STATUS CODE representa o código do servidor que foi retornado para determinada função.
O que nos interessa ali são os códigos 404.
screaming frog seo 404
Organizando por ordem decrescente conseguimos visualizar quais elementos apresentam o erro 404.
O erro 404 é um erro de “server not found”, significa que o servidor não encontrou tal elemento, É péssimo para o Google ter erros 404 no seu site.
O erro 404 é apresentado também quando não é encontrado imagens no seu site, como é o caso da imagem acima, do meu site. Algumas imagens estão quebradas e com o Screaming Frog SEO eu consigo saber quais estão quebradas e posso resolve-las facilmente, indo no meu servidor e substituindo as imagens.
Se você está se perguntando, mas Bruno eu consigo fazer isso facilmente olhando página por página.
Pense em um e-commerce, por exemplo, com milhares de páginas? Com o Screaming Frog SEO você consegue saber quais imagens e páginas de produtos estão quebradas com apenas alguns cliques.
Pages Titles
Navegando até a guia PAGE TITLES vamos encontrar todos “titles” do seu site.
page titles screaming frog seo
Na coluna TITLE 1 LENGHT você consegue visualizar a quantidade de palavras que tem em cada título de página do seu site.
title lenght screaming frog seo
O ideal é que você tenha no máximo 65 caracteres, títulos com mais de 65 caracteres dificultam a visualização na Serp do Google.
Ps.: Ignorem o meu desleixo =D.
Meta Description
meta description screaming frog
Nessa guia, você vai ter acesso a todas as metas description do seu site.
O ideal é que fique em torno de 155 caracteres, para também não atrapalhar a visualização na SERP.
Os itens H1 e H2 funcionam exatamente igual, vai mostrar todas as páginas e suas respectivas H1 e H2.
Como criar um SiteMap usando o Screaming Frog SEO
Além de todos esses recursos de análises que te mostrei acima, o Screaming Frog SEO te permite criar um Sitemap de forma simples e fácil.
Basta você acessar o item Sitemaps, localizado no menu principal e selecionar a opção CREATE XML SITEMAPS.
Selecione as opções desejadas e clique em próximo.
Pronto, está feito o seu SiteMaps com o Screaming Frog SEO em menos de 30 segundos.

Considerações finais

O Screaming Frog SEO é uma ferramenta extremamente completa, neste tutorial você teve uma visão geral e viu como ela funciona.
Com essa informação basta utilizar a criatividade para criar oportunidades usando o Screaming Frog.
Ex.: Você pode analisar sites de autoridade do seu nicho, verificar links externos quebrados para encontrar domínios expirados.
Ex.: Você pode verificar qual é a média de palavras-chave que o seu concorrente está usando.
Existem diversas aplicações, basta utilizar a criatividade que sem dúvidas o screaming Frog SEO é a melhor ferramenta do mercado para auditar um site no quesito SEO.

Fórmula de Lançamento Vale a Pena? Descubra AGORA Neste Post

Se você algum dia já pesquisou sobre marketing digital, vendas na internet, marketing on-line e qualquer das suas vertentes, fatalmente já deve ter ouvido falar na conhecida FÓRMULA DE LANÇAMENTO.
Antes de te falar se vale ou não a pena, deixa eu te falar um  pouco o que é a fórmula de lançamento, como ela surgiu e como ela pode ou não te ajudar.

O surgimento da fórmula de lançamento

A história divulgada sobre a criação da fórmula de lançamento é que Jeff Walker, o criador do método, depois de vários anos trabalhando no mundo corporativo pediu demissão e resolveu cuidar dos seus filhos em casa.
Surgindo a necessidade de criar algo para ganhar dinheiro SEM SAIR DE CASA Jeff começou a escrever sobre o mercado de ações e coletar o e-mail dos leitores para enviar as informações.

Jeff não tinha credenciais no mercado financeiro, era somente um estudioso do assunto.

Basicamente a estratégia de Jeff foi: começar a escrever sobre um assunto, criar uma lista de pessoas interessadas nesse mesmo assunto e depois fazer uma oferta de venda.
Depois de ter feito isso pela primeira vez, em 1996, Jeff replicou e aprimorou a estratégia que deu a origem ao treinamento chamado “Product Launch Formula” e posteriormente o fórmula de lançamento aqui no Brasil, trazido pelo Érico Rocha.

Como funciona a fórmula de lançamento?

formula de lancamento vale a pena
Para quem é da área de comunicação a fórmula de lançamento não é nenhum “segredo escondido” muita das técnicas utilizadas para fazer os lançamentos já são conhecidas entre profissionais de comunicação.
A base central do negócio é a construção de relacionamento focada em produção de conteúdo, primeiro você atrai pessoas interessadas em determinado assunto, cria autoridade para essas pessoas e só assim se inicia o processo de vendas.

Fórmula de lançamento: Conheça todas as estratégias e descubra se vale a pena.

Vou desmistificar para você os lançamentos ensinados na Fórmula.
Antes de iniciar quero te fazer uma alerta, se você acha que é possível vender 1 ano de vendas em 7 dias, criar um negócio zero sem entender nada de internet e tecnologia ou ficar rico da noite para o dia não continue lendo esse artigo.

Módulo 0 – O início

A primeira estratégia ensinada dentro da FL é o HLS (Hiper lançamento Semente) traduzindo para um idioma que todos entendem: os famosos congressos online (CONAXX, CONAZZ, CONAYY). Você já deve ter visto algum desse por aí, agora mudou de nome e estão chamando de WorkShop.
Como que funciona esse Congresso, Workshop, Semana do (xxxx), etc…?
O aluno escolhe um nicho de atuação, depois desse nicho definido começa a buscar por palestrantes para o evento.
De acordo com os ensinamentos os palestrantes vão palestrar por que:
Eles realmente querem fazer a diferença no mercado em que atuam;
Querem ter mais exposição do seu trabalhoParte superior do formulário
Parte inferior do formulário
Querem melhorar o seu posicionamento;
Querem fazer parte de uma comunidade;
O processo é tecnicamente simples de realizar.
Sabendo disso, você vai fazer uma lista de Experts da área, é interessante que nessa lista tenham experts que já tenham audiência, e aí começa a prospecção.

Contactando

O contato pode ser por e-mail, telefone, recomendações ou em eventos ao vivo.
Na conversa com os experts da área você explica para ele o que é e como funciona o congresso, basicamente eles gravam aulas, de casa mesmo usando um programa de captura de tela ou uma câmera.
Esse conteúdo é enviado dentro de um prazo para o idealizador do evento e ele joga em um software chamado: STEALTH SEMINAR.
Esse software vai receber os vídeos e exibi-los em horários específicos determinados pelo idealizador, não é nada ao vivo, sacou?

Oferta

A forma de monetização de um HLS é a venda do replay das palestras, estrategicamente você tem que colocar muitos palestrantes em horários diferentes o objetivo é fazer com que as pessoas NÃO consigam assistir todas as palestras.
Assim, eles conseguem vender os Replays, transcrições das aulas, áudios em mp3, mapas mentais e em alguns casos as apresentações usadas pelos palestrantes.
10:00, 14:00 e 17:00 essa programação dura a semana toda, fica realmente difícil da audiência conseguir assistir a todas as palestras.
Antes que eu me esqueça os palestrantes ganham comissão de afiliados nas vendas feitas pelo seu link, são definidos planos Ouro, prata e bronze. Onde são definidos o que cada pacote vai incluir, transcrições, aulas, suporte com grupo no Facebook, Áudio das palestras, etc… isso fica a critério do idealizador.
É inegável que o modelo do negócio é legal, você chama cerca de 22 caras que já estão no mercado, que naturalmente já possui uma audiência e acaba aparecendo usando a expertise deles.
Se você não entende nada sobre o mercado de afiliados, leia este artigo que vai te explicar passo a passo COMO FUNCIONA O MERCADO DE AFILIADOS

Nem tudo são flores

As desvantagens de promover um HLS são sem dúvidas os CUSTOS, são absurdos.
Você vai precisar necessariamente de ferramentas de criação de páginas, área de membros, e-mail marketing, hospedagem de vídeo e exibição das palestras.
As ferramentas sugeridas são:
Criação de páginas: KlickPages R$ 197,00 mensais.
Criação de área de membros (para poder vender as palestras): KlickMembers (…) R$ 200,00 mensais no plano básico.
Ferramenta de e-mail marketing: Klickmail R$ 147,00 mensais.
Hospedagem de vídeo: Vimeo $ 10,00 mensais (cerca de R$ 38,00 mensais)
Exibição das palestras: Stealth seminar $ 197,00. Mas tem uma promoção que nunca acaba e sai por $ 97.00 cerca de R$ 380,00 mensais.
O custo de todas essas ferramentas gira em torno de R$ 1.000,00 mensais. Se você tiver um pouco de conhecimento consegue economizar uma grana utilizando softwares e sistemas alternativos para criação de páginas, área de membros como: OptimizePress.
O pior é que o grande custo desse tipo de lançamento vem da publicidade que como você não tem lista, Blog, site, não tem autoridade e muito menos conhecimento técnico em SEO a única coisa que resta é investir em tráfego pago.

Lançamento Semente

lancamento semente vale a pena
Acredito que esse seja o mais comum dentre os lançamentos.
Neste lançamento você vai precisar necessariamente de uma lista, mesmo que pequena vai precisar.
Se não tiver vai aprender a criar uma recompensa digital (eBook e afins) e criar uma lista através deste produto, mas esse assunto vamos ver mais lá na frente na parte de criação de lista.
Depois disso, começa o relacionamento com a lista que é a chave para que a estratégia funcione. Aí entra uma sequência de webinários com o objetivo de colher informações do tipo: As maiores dúvidas em relação ao tópico X e sugestões para os próximos webinários.
webinários são aulas ao vivo (Seminários on-line).
A ferramenta sugerida para os webinários é a GoToWebinar. Os preços são de $89.00, $199.00 e $429.00 mensais para 100,500 e 2000 participantes. São dólares, ok?
Colhendo essas informações você vai aos poucos construindo o seu produto, por isso o nome é semente. Planta e vê crescer.

Enredo do lançamento

A história é sempre a mesma, a história do herói relutante.
Que segue um script assim:
Eu amo _____________
mas, nunca quis ensinar
Apesar de muitas pessoas insistirem
Mas, por causa de __________ eu decidi revelar os meus segredos _____________.
No caso do Érico a história dele é que ele trabalhava num banco de investimentos largou tudo para empreender, teve sucesso com um método e tudo mais.
Se apaixonou pelo empreendedorismo e nunca quis ensinar, até que decidiu ajudar as pessoas que possivelmente estavam na mesma situação que ele, ganhando cerca de 90 mil reais em um banco em Londres e extremamente infeliz com a falta de liberdade, assim surgiu a Fórmula de lançamento aqui no Brasil.

Primeira etapa – Aquecimento da lista

Conteúdo de valor, produzindo conteúdo que resolva o problema da audiência, como fazem os grandes players do mercado sempre estão te ajudando a resolver alguma coisa.
Existe um certo feeling nessa parte para conseguir perceber se a lista está ou não preparada para comprar, nesse momento inicia-se uma sequência de entrevistas e vídeos.

PPL – Pre-pre-Launch (Pré-pré-lançamento )

#E-mail 01 – Tiro de alerta, na quinta-feira começa.
O primeiro e-mail tem o objetivo de coletar testemunhos e a grande objeção de quem faz o lançamento é que não tem nenhum case para mostrar, as soluções para esse problema são:
01 – Ser o seu próprio testemunho, você não precisa ter vendido esse produto para alguém basta você ser o resultado do seu produto.
02 – Provar cientificamente que o método que você vai vender funciona.
03 – Outras pessoas que já obtiveram resultados com produtos parecidos ao seu.
Os testemunhos são peças fundamentais para que o lançamento tenha sucesso, eles podem ser em texto ou vídeo ,não preciso dizer que em vídeo tem um impacto positivo muito maior né?

PL – Pré-Launch (Pré-Lançamento)

#E-mail 02 – Terça-feira
O objetivo desse e-mail é reforçar o webinário, mostrar que o webinário vai ser legal e que ele não pode perder de jeito nenhum essa aula.
#E-mail 03 – Quarta-feira – O simples que não é fácil
O tema desse e-mail é mostrar para a audiência que a solução que você vai apresentar para eles na aula é simples, mas não é fácil.
Ele precisa entender que o que você vai apresentar no webinário é algo de extremo valor.
#E-mail 04 – Quinta-feira – Reminder
O dia do webinário, você pode enviar um e-mail só para lembrar que chegou o dia e que está na hora pode ser um do tipo: Me encontre ao vivo, Estou te esperando e essas coisas que você recebe toda hora no seu e-mail.
#E-mail 05 – Sexta-feira – Replay
Objetivo: enviar o replay da aula para quem não assistiu.
Enredo: Olha gente atendendo a pedidos vou enviar o replay da aula de ontem, realmente foi muito boa e muita gente ta me pedindo a gravação eu vou deixar essa gravação no ar até a próxima terça-feira aqui vai o link.
#E-mail 06 – Domingo – Só o filé
Enredo: Algumas pessoas falaram que o conteúdo do webinário estava um pouco longo, logo eu resolvi editar e enviar só o filé, ta aqui  o link e lembrando que só ficar no ar até terça-feira.
A ideia é reforçar a escassez dizendo que vai sair do ar, na prática muitas pessoas não assistem o replay de sexta e ficam tentadas em assistir esse “editado”.
#E-mail 07 – Terça-feira – Última chamada
Enredo: Esse e-mail é rápido, é só para te avisar que hoje é o último dia para você assistir o treinamento sobre como fazer XXXX, no final do treinamento eu falo de um curso intenso, avançado e ao vivo para aqueles que querem se tornarem ninjas no assunto, o treinamento só fica disponível até hoje meia noite aproveite.
A estratégia desse lançamento como de alguns outros é muito focada na escassez, sempre dizendo que vai acabar, que são poucas vagas, que é só até hoje, até amanhã isso funciona muito bem. Temos que admitir!

Pós-Lançamento

Depois de ter feito todos os passos citados, vem o pós-lançamento que consiste em:
4 a 5 webinários de explicação sobre o curso;
Grupo no Facebook para interação;
Sempre entregar mais do que prometeu, se prometeu 4 webinários entregue 5, se prometeu 2 aulas bônus entregue 3 e por aí vai…
Pesquisa antes e depois de cada módulo, a ferramenta para pesquisas indicadas é o SurveyMonkey.
Antes do módulo: Quais são as duas maiores perguntas sobre o tópico X.
Depois do módulo: O que você acha que faltou ter em relação a X.
Tente sempre pegar testemunhos quando terminar um lançamento.
Vale a pena investir em um lançamento semente, é simples, fácil e eficiente.
Dicas extras
# 01 – Melhor horário para o Webinário: 20 Horas.
# 02 – Não deixe habilitado a barra de navegação no replay, os resultados são bem menos quando a barra está ativada porque o usuário avança para o final do vídeo e a mensagem acaba não causando o impacto desejado.
# 03 – Desabilite os comentários, não se esqueça, pois, sempre tem um engraçadinho que fica falando besteira.
# 04 – Para produtos de ticket alto tente fazer a venda em dois passos, faça um pré-cadastro e tente a negociação por telefone, WhatsAPP, Skype , etc…

Lançamento relâmpago

formula de lancamento vale a pena relampago
Esse lançamento é mais simples que o semente, bem mais simples por sinal.
Os pré-requisitos para a aplicação dele são:
Necessariamente de uma lista;
Precisa ter um bom relacionamento com a lista;
Precisa ter um produto;
Você vai precisar de ter um bônus também.
Como criar seus bônus
Dica rápida para a criação dos bônus
Bônus que resolvem objeções – é o tipo de bônus que resolvem uma possível futura objeção, um guia de receitas saudáveis para um programa de emagrecimento, de repente ele pode não comprar um programa de emagrecimento por não saber cozinhar comidas saudáveis. Então esse bônus é para matar essa objeção que você sabe que existe dentro do seu mercado.
Bônus que completam uma “falha” do produto – O nome já diz tudo, essa falha não necessariamente é uma “falha”. Imagine que você compre um carro 2.0 e com ele ganhe um guia de como manter o seu carro mais Econômico, basicamente isso.
Bônus que não pode ser comprado – Este é o caso que o bônus vale mais que o produto, típico caso do Mc Donalds com o Mc Lanche feliz. As pessoas compram o lanche para ganhar o brinde.
vamos à sequência de e-mails.

Estrutura do lançamento relâmpago

#E-mail 01 – Agradecimento
Objetivo: Agradecer a lista por algum feito, seja uma meta de vendas batida, seja um número de seguidores alcançados, enfim esse e-mail 01 é um apenas um gancho para entrar a sequência de e-mails a seguir.
Enredo: Estamos muito agradecidos por você ter nos ajudado a alcançar XYZ, ficamos felizes realmente pois isso faz parte do nosso projeto de alcançar XYZ e por isso queremos retribuir toda a confiança depositada a nós com { Uma grande vantagem } Frete grátis, 30% de desconto, 40% de desconto, etc…
#E-mail 02 – Desculpa, Chateado, Triste.
Objetivo: Inserir escassez, escassez e escassez.
Enredo: Desculpe, disse que ia abrir um desconto de tantos % para o treinamento X, mas infelizmente não vou conseguir pois as vagas são limitadíssimas e a resposta que recebi foi muito positiva, me perdoe mas só conseguirei disponibilizar X vagas então pode ser que você fique sem a sua vaga, etc e tal…
#E-mail 03 – Oferta
Objetivo: Vender!
Enredo: Geralmente é enviado uma oferta acima do que foi prometido e SEMPRE com muita escassez, aqui não tem mistério é dever de casa de uma boa copy fazendo a tão chamada “oferta irresistível”.

Ps.: Não se esqueça de pôr um limite de tempo na oferta.

#E-mail 04 – Última chamada
Objetivo: Vender para quem não comprou ainda.
Enredo: Última chamada não tem mistério, é o de sempre. Resolvemos abrir mais tantas vagas e até 23:59 de hoje você pode comprar todas as vantagens que te prometi anteriormente e etc…
O tempo de duração desse lançamento é de 1 a 4 dias é bem rápido mesmo por isso o nome é relâmpago.

Lançamento de afiliados

Sem dúvidas o menos elaborado da lista.
Pré-requisitos para esse lançamento:
Uma lista;
Um produto para promover;
Um bônus;
Uma data limite;
A estratégia central é bem simples, a única coisa que eu acrescentaria aqui é o diferencial no bônus principalmente se você for afiliado de um lançamento grande.
Tente dar bônus que possam complementar o produto do afiliado, por exemplo um bônus de como comprar tráfego no Facebook para quem compra um produto tipo a fórmula de lançamento vale a pena para o usuário.

Sequência de e-mails

#E-mail 01 – Antecipação
Objetivo: Dizer que algo de grande vai acontecer e que nos próximos dias ele vai ser avisado.
#E-mail 02 – Gerar autoridade para o produtor
Objetivo: Gerar autoridade e dizer que vai ter um encontro com um expert da área X e quer convidar o lead a participar do evento.
#E-mail 03 – Webinário com o produtor.
Objetivo: Avisar que está ao vivo.
#E-mail 04 – Oferta
Enredo: Oferta com bônus original e bônus extra, criado por você.
Nesse tipo de lançamento não tem muito o que falar, é uma estratégia bem simples.
Eu vou deixar aqui como um “Bônus” uma lista de gatilhos mentais mais usados nas copys da fórmula de lançamento.
Bônus: Gatilhos mentais
Deixa eu te explicar o que são gatilhos mentais antes de a gente começar.
Nosso cérebro é dividido em várias partes, dentre elas vamos destacar duas que são o estado límbico e o Neocortex.
O Neocortex é responsável pelo processamento de informações do nosso cérebro, é o que está fazendo eu escrever este texto é o que me faz pensar e agir é o que diferencia o ser humano dos animais por exemplo.
Em contrapartida o nosso estado límbico não processa as informações, ele simplesmente vai lá e faz. Como passar a marcha de um carro, você não processa essa informação simplesmente faz, piscar os olhos dentre outras reações automáticas.
Um dos maiores estudiosos dessa área, Robert Cialdinni, escreveu um livro chamado “As armas da persuasão” onde detalha bem o estudo que ele fez para comprovar como certas palavras e ações influenciam diretamente no comportamento humano.
Então é disso que vamos falar, vamos aprender alguns dos gatilhos revelados por Robert Cialdinni e usar-los com o objetivo que o nosso leitor tome ações subconscientemente, ok?
Vamos começar pelo qual eu acredito ser o mais importante dentro das estratégias da Fórmula de lançamento, o Gatilho da Escassez.
Escassez
O sentimento de perda é muito mais forte do que o sentimento de ganhar algo, no marketing é aplicado como: Vagas limitas, Última chance, Últimas unidades, Última unidade.
Quando o consumidor vê um objeto que ele quer e enxerga que existe uma possibilidade dele perder automaticamente esse gatilho é ativado fazendo com que ele tome a ação de comprar.
A escassez funciona muito e nos 3 lançamentos que te ensinei acima são usados gatilhos mentais da escassez.
Mas, lembre-se a escassez TEM QUE SER REAL, caso o consumidor desconfie que não seja verdadeiro você arruinou a sua campanha, perdeu a confiança já era!
Autoridade
Damos muito mais atenção para quem é autoridade do que para quem não é, Se você fala para uma pessoa e essa pessoa te reconhece como uma autoridade as chances são de que ela leve muito mais a sério quando você falar de determinado assunto.
Você não acata as decisões de um médico? não acata as decisões de um advogado? Por que? porque você enxerga eles como autoridades no que fazem, caso você não tenha esse senso com você dificilmente vai acatar.
Se eu disser algo relacionado a direito para você, você pode não acreditar, mas se eu disser algo relacionado a marketing as chances de você acatar são maiores.
Uma forma de gerar autoridade é com resultados, quando você mostra resultados naturalmente esse gatilho é disparado na sua cabeça.
Reciprocidade
Somos gratos por quem nos ajuda, sempre queremos retribuir um favor a quem nos fez algo.
Dentro das estratégias do fórmula o gatilho está sempre presente é com ele que são criadas as listas de e-mails, oferecendo algo gratuitamente( em troca do e-mail ) não é tão gratuito assim, conteúdo de valor e etc… Como eu faço aqui, no meu blog escrevo conteúdo relevante, ajudo várias pessoas e essas pessoas que são ajudadas são gratas a mim e de uma forma ou de outra querem/vão/tentam retribuir o que eu faço por elas. Não que eu espere isto, mas é o que acontece.
Prova Social
As pessoas são diretamente influenciadas pela ação de outras, se liga só nesse vídeo que explica bem o que estou falando.

A menina fica sentada, todo mundo levanta ela percebe que as pessoas levantam quando faz o som e começa a levantar.
Quando todo mundo sai e ninguém está vendo ela, ela continua fazendo o mesmo movimento. Quando chega o rapaz aos 1:40 do vídeo e pergunta para ela o motivo de ela estar levantando ela simplesmente responde: Todo mundo que estava aqui, levantava.
Depois disso o que acontece? Ele também passa a levantar. Isso prova como somos influenciados pelo nosso subconsciente.
Dentro de um lançamento a coleta de vários testemunhos, o burburinho que faz de quantidade de likes, compartilhamentos e comentários acerca de algo faz com que muitas pessoas se interessem em saber o que está acontecendo.
Eu APOSTO que você já viu algum vídeo por que tinha milhares de visualizações, não? this is social proof man!
PORQUE
Utilizamos muito o porquê também, quando existe algum motivo por estarmos fazendo algo automaticamente passa mais confiança.
Robert Cialdinni provou isso em um experimento em uma fila de fotocópias.
Um dos alunos, parte do experimento pedia para furar a fila para tirar uma cópia e quase ninguém deixava se não me engano 20 e poucos % aceitaram o pedido.
Depois ele fez a mesma coisa em outra fila, mas dizendo que estava com pressa e teria que ir ao médico o resultado foi bem diferente, 92% das pessoas disseram sim e deixaram ele tirar a cópia.
Não satisfeito ele foi em outra fila e tentou furar dizendo que tinha que tirar as cópias, porque que tinha que tirar cópias e o resultado foi 88%.
Com isso ele constatou que o motivo das pessoas deixarem ou não ele furar a fila não foi em si o motivo e sim ter um motivo, um motivo qualquer que seja ativa o gatilho do “porque” na cabeça das pessoas.
Dentro da fórmula é aplicado nos ganchos, estou dando um desconto PORQUE aconteceu isso, isso e isso.
Lembra no lançamento relâmpago? como inicia? Com um PORQUE.
Antecipação
Outro elemento forte nas estratégias, antecipação faz com que as pessoas almejem algo. são parte da receita do sucesso da Apple, utiliza muito de antecipação.
Na fórmula, são os e-mails enviados antes de iniciar os lançamentos, os e-mails de PPL dizendo que vai acontecer algo, que está preparando algo isso gera antecipação e desejo.
Esse aí foi descoberto no cinema, reza a lenda que no meio da apresentação de um filme acabou a fita aí cortaram e colocaram: CONTINUA…
Será que funcionou esse lance de criar uma antecipação na televisão?
Prova
Diferente da prova social a prova tem por objetivo provar de fato algo, resultados, métodos científicos, pessoas comprovando o resultado e etc…
Utilizados por meio de testemunhos coletados, sempre tem um impacto muito forte o próprio Érico antes de virar Popstar usava e abusava das provas, se você procurar no canal dele do Youtube vídeos antigos provavelmente vai encontrar um monte, eles eram usados como quebra de objeções e para mostrar mesmo que o método que ele ensina funciona ou funcionou para algumas pessoas.

Considerações Finais

Essa a minha análise sobre a fórmula de lançamento, saber se vale a pena ou não é uma questão muito pessoal acredito que eu tenha passado praticamente tudo sobre o conteúdo da fórmula e fica a seu critério definir se vale a pena ou não para você.
Vou deixar algumas referências de outros artigos que já escrevi aqui no blog que falam sobre estratégias da fórmula de lançamento.
Lançamento Semente
Mercado de afiliados
Guia de Marketing Digital
 
 
 
 
 
 
 

Aluguel de Sites: Como constuir uma renda recorrente na internet

Aluguel de sites é um modelo de negócios na internet que te permite ter uma renda recorrente, nessa modalidade de negócios você vai criar sites, posicionar-los e locar para empresas e empresários interessados em estar no topo do Google.
O assunto de hoje é: ALUGUEL DE SITES! Preparei um tutorial que vai te ensinar do zero a como rentabilizar o seu conhecimento de SEO alugando sites e recebendo mensalmente por isso.
Quando eu comecei a falar sobre essa modalidade de monetização com SEO muita gente se interessou e me fizeram diveeeeeeeeeersas perguntas acerca do assunto, perguntas como: Como faço, quais nichos são os melhores, como cobrar, como fazer os sites, etc….
Neste artigo eu vou responder essas e diversas outras dúvidas relacionadas a aluguel de sites e te ensinar também como você pode começar o seu negócio de aluguel hoje mesmo.

O que você precisa saber de SEO para iniciar o seu negócio

Antes de te falar como funciona viver de aluguel de sites, preciso te dizer quais os conhecimentos técnicos de SEO você vai precisar dominar para iniciar o seu projeto.
Por se tratar de posicionamento de sites local a concorrência tende a ser bem baixa não necessitando de muitos recursos para atingir as primeiras posições.
O que você vai precisar dominar bem são as técnicas de SEO On-page e também de conversão, de nada adianta posicionar e não converter.
Se for você novo em SEO e estiver perdido em relação ao SEO On-page te recomendo que faça esse treinamento gratuito que eu disponibilizei no meu canal do YouTube, aproveite e se inscreva que sempre está rolando novidades por lá.

Vamos começar agora o nosso tutorial para você construir o seu negócio de aluguel de sites.

Escolher o nicho é o primeiro passo para o negócio dar certo

aluguel de sites nicho de mercado
99% dos casos de tentativas mal-sucedidas na construção de um negócio de aluguel de sites têm algo em comum: O NICHO.
Eu vou te dizer exatamente quais são os nichos corretos para você inciar o negócio.

Validação de um nicho para aluguel de sites

Para que um nicho seja validado e entrar como opção de prospecção no negócio ele precisa cumprir alguns requisitos básicos, os requisitos são:
Ser difícil de encontrar em loja física
O primeiro grande requisito que um nicho necessariamente deve cumprir é ser difícil de encontrar em loja física, isso porque força o potencial cliente a fazer buscas no Google, muita gente veio falar comigo que estava fazendo sites de: Advogados, contadores, dentistas para alugar. Esses são de longe as melhores opções, esses profissionais têm outros canais de vendas e não dependem 100% da internet.
Se você quiser ir a um dentista você não tem o Google como sua opção mais óbvia, você pode perguntar a amigos, parentes que conheçam dentistas e ir por indicação.
No ruim de tudo encontrar um consultório dentista no centro da sua cidade acredito que não seja a coisa mais difícil de fazer no mundo.
O empresário sabe disso e não vai valorizar o seu trabalho caso ele não enxergue valor suficiente, e de verdade, você não consegue gerar tanto valor com SEO para esses nichos que não dependem 100% do Google.

Ticket médio alto

Ter um alto Ticket médio é algo tão imprescindível quanto ser difícil de encontrar em loja física, isso porque como na maioria dos casos a quantidade de buscas é relativamente baixa, logo o alto ticket compensa a quantidade baixa de vendas.
Vamos fazer umas contas básicas: Se você posiciona uma empresa que vende um produto de R$ 5.000,00 e você consegue fazer com que ele receba 10 orçamentos mensais, de 10 orçamentos fecham 2. Isso significa que através do seu trabalho você gerou R$ 10.000,00 de faturamento.
Com esse faturamento é possível ele te pagar R$ 800,00 – R$ 1.000,00 e até mais mensalmente para você, não?

Já tenham investimento em publicidade na internet

Mais um grande requisito, procurar empresas que já invistam em publicidade na internet, mais especificamente: GOOGLE ADWORDS.
Muitas empresas reconhecem essas dores que citei acima com isso eles fazem o “mais fácil” para aparecer no Google, pagam. A maioria não faz ideia que é possível posicionar sites no Google sem pagar Adwords.
Aí é que entra o seu trabalho, conseguir gerar resultados iguais ou superiores aos que ele tem no Google Adwords com um investimento mensal menor do que o que ele tem hoje.
Para descobrir o quanto uma empresa investe no Google Adwords é bem simples, existem várias ferramentas que fazem esse trabalho eu particularmente utilizo o SemRush.com para realizar essa tarefa e cumpre muito bem.
LISTA DE NICHOS PARA VENDER CONSULTORIA SEO OU ALUGAR SITES

Estrutura dos sites

Segundo passo é entender qual vai ser a estrutura dos sites, qual plataforma usar, como usar,etc….
Quem me acompanha a algum tempo sabe que eu friso muito na questão da velocidade do site e nesse projeto não vai ser diferente, você tem que ter um site rápido, o mais rápido possível pois a lentidão além de atrapalhar no seu posicionamento vai te atrapalhar muito na conversão desse projeto em específico.
O seu site vai ser um site exclusivo para a captação de leads e a velocidade (ou falta de velocidade) tem um impacto muito negativo nesse processo.

Servidor

O servidor vai ter um papel fundamental no processo de ganho de velocidade, a indicação é que utilize uma VPS eu uso e recomendo a Vultr.com o plano de $5.00 (Dólares) é mais do que suficiente para você colocar uns 10 sites sem problemas.

Neste artigo eu falo a diferença entre uma hospedagem compartilhada e uma hospedagem do tipo VPS. Link para o artigo.

Plataforma

Utilizar um CMS é fundamental para esse processo, você vai precisar de ter facilidade de gerenciamento visto que por diversas vezes você vai ter que fazer alterações no site.
O WordPress é uma excelente opção, existem temas bem fáceis para a construção e manipulação de conteúdo.
Veja este site que foi feito com esse objetivo por um aluno meu: Móveis Planejados em BH.
Este site cumpre todos os requisitos de uma estrutura de SEO, tem uma boa linkagem interna, fácil navegação, responsividade e usabilidade.
O tema utilizado foi o AVADA que é o tema que eu uso e recomendo para projetos de SEO.

Layout

O ideal é que o layout siga o manual de boas práticas de uma otimização On-Page, seguindo preferencialmente a estrutura SILO fortalecendo a linkagem.
O modelo que eu te dei como exemplo está perfeito para esse fim, bem organizado e as páginas bem feitas, você pode seguir esse modelo que certamente é um modelo de sucesso. (Evidentemente adaptando para os nichos).

Domínio

dominios para aluguel de sites
O domínio não tem influência direta no posicionamento, mas nesse caso o domínio vai ser muito importante.
Você pode utilizar um domínio pra cada site ou pode utilizar um domínio genérico e contar com sub-domínios para a locação, nessa segunda opção o ideal é que você tenha algo relacionado a sua cidade e nos sub-domínios fazer a divisão dos sites.
Ex.: www.riodejaneiro.com
Sub-domínios:

  • Alugueldecarropipa.riodejaneiro.com
  • Instalacaodepiscina.riodejaneiro.com
  • alugueldeferramentas.riodejaneiro.com

E assim por diante, dessa forma você economiza e muito na compra dos domínios e gera uma url “amigável” para o usuário, fator importante nesse tipo de negócio.

Ferramentas e Plugins necessários no projeto

Plugin Contact Form 7

O plugin Contact form 7 é essencial para esse negócio, sem ele você não tem como receber os pedidos de orçamentos, logo não faz sentido posicionar sites para alugar no setor de serviços.
O plugin é gratuito e você pode fazer o download dele através do próprio repositório do WordPress.

SerpLab

O Serplab.Co.Uk é necessário para você fazer o acompanhamento das palavras-chave, com ela você vai conseguir monitorar o posicionamento das suas palavras no Google.
Fundamental para que você tenha uma projeção de quantidade de vendas que é possível realizar em um site, use a Calculadora de ROI para você ter uma visão mais ampla.

WP All-in-one Migration

Como a tendencia é você criar diversos sites, fica muito trabalhoso fazer 1 por 1.
Com o WP All-in-one Migration você consegue exportar um modelo e depois é só replicar o mesmo arquivo em outros sites e alterar os textos.
É a forma mais fácil de realizar esse procedimento que eu conheço.

Considerações finais

Ter um negócio de aluguel de sites é um modelo extremamente rentável e escalável, inicialmente é um trabalho grande por conta de existirem várias etapas envolvidas desde o processo de criação até a locação do site.
É necessário fazer o site, posicionar, encontrar empresários que paguem por isso, negociar preços, locar, receber (Acredite, receber é um problema).
Porém é um ótimo negócio visando lucro a médio e longo prazo.
Vale lembrar que você pode criar infinitos sites, em diversas cidades do Brasil logo a escalabilidade é incrível.
Se você curtiu o modelo de negócios de aluguel de sites e quiser aprender mais sobre como construir e administrar um negócio desse eu te recomendo a conhecer o meu treinamento de SEO que eu ensino passo a passo como posicionar sites de maneira simples.

CONHECER O BLACK BELT MARKETING

 
[thrive_leads id=’6090′]

Calculadora de ROI SEO

Hoje é um post diferente, por diversas vezes consultores e agências encontram dificuldades em conseguir mostrar o valor do SEO para seus possíveis clientes, dificultando a negociação e alimentando uma objeção óbvia: SERÁ QUE ISSO REALMENTE FUNCIONA?
Eu fiz uma calculadora de ROI SEO para te ajudar a entender ou mostrar para os seus clientes os possíveis retornos que você poderá obter decorrente de um trabalho de SEO.
Você só vai preencher a calculadora colocando os dados de VOLUME DE BUSCAS, TAXA DE CONVERSÃO EM LEADS, TAXA DE CONVERSÃO e TICKET MÉDIO DO PRODUTO.
Com isso a calculadora vai te retornar a estimativa de retorno financeiro caso você atinja a 1°,2° ou 3° posição no Google.
[CP_CALCULATED_FIELDS id=”1″]
 
Compartilhe esta calculadora no seu Facebook, tenho certeza que ela ajudará muitas pessoas que se encontram nesta situação.