Como funciona o algoritmo do Google – Todas as atualizações

como funciona o algoritmo do Google

Fala meus amigos, no artigo de hoje vamos falar sobre o Algoritmo do Google!

Mas, de uma forma diferente eu fiz uma relação de atualizações desde quando eu comecei a trabalhar com SEO, eu peguei várias épocas e vou tentar simplificar aqui para vocês um pouco sobre essa história.

O objetivo do artigo é fornecer informações de TODOS os principais updates que o algoritmo sofreu, como evitar ser punido por cada um deles e consequentemente tirar melhor proveito.

Sem enrolação, vamos para o conteúdo que vai vir chumbo grosso por aí.

Panda

panda algoritmo do google

Lançado em Fevereiro de 2011
Atividade: Mensal
Objetivo: Punir sites com conteúdo pobre

O panda é o algoritmo que define a qualidade do conteúdo das páginas no Google, ele rebaixa sites com Conteúdo pobre, SPAM ou “thin content” que são conteúdos rasos.

Inicialmente ele não foi incorporado oficialmente no algoritmo, gerando na época muitas teorias e especulações sobre o real efeito do Panda, mas em janeiro de 2016 ele foi oficialmente incorporado no algoritmo.

O Panda hoje é aplicado em real time, agora os resultados do Panda são bem mais rápidos do que antes (Pois eram feitos mensalmente).

O que o Panda é programado para pegar:

  • Conteúdo duplicado –  Não que você vá ser punido por isso, simplesmente vai perder pontos com o Panda lembrando que ele é um ALGORITMO, uma máquina, ok?
  • Plágio – Conteúdo duplicado e plágio são coisas diferentes, muitos sites têm conteúdo duplicado sem querer, colocam Títulos repetidos ou até mesmo páginas com conteúdo igual isso é caracterizado conteúdo duplicado e não plágio, plágio é de fato copiar o conteúdo de alguém sem direitos autorais que cabe punição do pirate que veremos mais para frente aqui no artigo.
  • Conteúdo Pobre – Sabe aqueles conteúdos com 300-400 palavras que claramente tem o objetivo de “enganar” o Google? Então, o Panda não gosta disso.
  • User-generated spam – São spam feitos “manualmente” em fóruns, comentários em blogs, postar em sites de diretórios, resumindo. SPAM, tudo e qualquer spam principalmente se for com textos relacionados a propagandas.
  • Keyword stuffing – Repetição excessivas de palavras, antigamente era muito fácil ranquear dessa forma pois o algoritmo tinha como base principal a quantidade de palavras dentro de uma página.
  • Experiência do usuário ruim  – Isso tem ficado cada vez mais claro, em 2011 o Google se manifestou contra a experiência do usuário e em 2015 ele tomou medidas drásticas em relação a experiência do usuário. O Panda pune páginas que são pobres no quesito UX, páginas feitas em flash, páginas não responsivas, difícil leitura, etc…

2. Penguin

penguin algoritmo google

Lançado em Abril de 2012.
Atividade: Começou tendo algumas aparições esporádicas e hoje funciona em tempo real.
Objetivo: Eliminar sites com spam e links manipulados.

O Penguin trabalha para rebaixar sites que têm links não-naturais, em 2016 ele foi anunciado como parte do algoritmo e agora trabalha em tempo real. Isso significa que as punições para esses tipos de infrações são bem mais rápidas.

O que o Penguin é programado para pegar:

  • Links vindo de sites com baixa qualidade  – ( SPAM) porém recentemente o Google falou que não vai mais utilizar esse critério como algo prejudicativo por conta do crescimento de interesse sobre o assunto: NEGATIVE SEO, vou deixar o link aqui para o meu artigo sobre Negative SEO.
  • Links vindo de sites criados especialmente para enviar link (PBNs) – Por isso há uma preocupação grande em “esconder” os sites do Google que fazem parte de uma PBN, o Penguin não gosta de manipulação de links.
  • Links vindo de sites sem relevância – Antes do Penguin, qualquer link tinha valor igual. Era normal ver sites de oficina mecânica recebendo links de consultórios médicos e estava tudo ok , vai fazer isso hoje.
  • Compra de links – não preciso me estender nesse tópico né? Qualquer manipulação de links o Penguin ta no teu pé, comprando então nem se fala.
  • Super otimização de textos âncora – Sabe aqueles links que você faz em comentários de blogs? Spamando o nome do seu site? Então, o Penguin não gosta disso.

 3. Pirate

pirate algoritmo google

Lançado em agosto de 2012.
Atividade: Teve uma atuação em outubro de 2014.
Objetivo: Rebaixar sites que conteúdo pirateado.

Essa atualização passou despercebidos por muitos, rebaixou basicamente sites que continham conteúdo que infringiam os direitos de copyright. A maioria dos sites afetados foram: sites de downloads, de filmes, download de livros e músicas, download de torrents.

Você vê sites com conteúdo pirata ranqueado porque para o Google é praticamente impossível rastrear tudo isso, até existe a ferramenta de denúncia o Copyright Infringement Reports mas a quantidade de sites que são criados a todo o tempo com conteúdo pirata é fora de série, principalmente no nicho adulto.

 4. Beija-Flor (Hummingbird)

beijaflor google

Lançado em agosto de 2013
Atividade:
Objetivo: Tentar entender melhor a real intenção de busca do usuário.

O Hummingbird não foi uma atualização para “punir” sites e sim alterou a forma com que o buscador se comporta, ele começou a mostrar resultados que fazem parte do mesmo campo semântico tentando assim entender a real intenção de busca do usuário, hoje o Google reconhece sinônimos e isso graças ao Humminbird.

Vou te mostrar um exemplo prático da aplicação do Hummingbird.

beija-flor algoritmo google

Acredito que nem preciso me estender muito nesse tópico para que você entenda o que é o Humminbird, olha o resultado que é apresentado para “SEO PARA LEIGOS”.

Os dois primeiros resultados estão falando sobre “SEO PARA INICIANTES” e o terceiro tem SEO PARA LEIGOS no título, O Google reconhece que Leigos e iniciantes têm o mesmo significado, você não precisa necessariamente utilizar a palavra-chave exata para ranquear, utilize sinônimos e a criatividade.

5. Mobile Friendly Update (Mobilegeddon)

 mobilegedon algoritmo google

Lançado em Abril de 2015
Atividade:
Objetivo: Dar prioridades para sites adaptados a dispositivos móveis e rebaixar sites que não ofereçam uma boa experiência para o usuário.

Esse update foi batizado como “Mobilegeddon” porque foi uma alusão ao “ARMAGEDDON”, acredito que de todos os grandes updates que o Google fez no algoritmo esse foi o que mais “prejudicou” os desavisados.

Basicamente os sites que não estavam adaptados para dispositivos móveis simplesmente desapareceram da SERP.

Portanto, hoje para você não ser prejudicado pelo Mobilegeddon faça um site responsivo, como a maioria dos sites hoje são basicamente desenvolvidos em duas plataformas as chances de você ter um site não responsivo são mínimas.

O site ou é em HTML ( bootstrap) ou CMS ( WordPress, Joomla, Drupal) que também utilizam HTML baseado em Bootstrap, logo é raro ter algum site afetado pelo Mobilegeddon hoje.

6. RankBrain

rankbrain

Lançado em Outubro de 2015.
Atividade:
Objetivo: Entregar resultados baseado na relevância.

O RankBrain é o sistema que ajuda o Google a entender melhor o comportamento do usuário dentro da plataforma do buscador, ele trabalha ocultamente para conseguir entregar um resultado mais próximo do que o usuário está buscando possível.

Quando o RankBrain foi lançado o Google falou que esse seria o Terceiro maior fator de ranqueamento, e hoje em Abril de 2017 muitos consideram ser o fator número um para ranqueamento.

Eu vou criar um artigo depois falando só sobre RankBrain, é um assunto muuuuuuito extenso.

Afinal, é o “Cérebro” do Google.

Resumidamente, ele consegue entender o que você deseja ver. Quando você faz uma busca no teu celular, depois vai para o desktop não é nenhuma mágica em o Google mostrar resultados pertinentes ao que você estava procurando, para você entender melhor faça um teste prático AGORA, pense em uma música que você goste e comece a digitar lentamente a letra dela no Google, as chances são de que o Google vai sugerir a música exata que você está digitando, isso porque ele “te conhece” e quer o melhor para você.

Lembrando que várias músicas têm frases iguais né? Ele vai mostrar o que você tem costume de ouvir, mas não diretamente o grupo ou banda e sim o gênero musical, isso é MUCHO LOCO!

rankbrain como funciona

Eu nunca procurei por essa música diretamente no Google e como ele sabe que eu curto Metallica? meu histórico de busca denuncia, agora veja o resultado que eu tive procurando no notebook da minha esposa, com a conta dela logada e o registro dela.

rankbrain outro computador

Só de colocar SO CLOSE, me mostrou resultados COMPLETAMENTE diferentes do meu, tudo bem que sugeriu SO CLOSE NO MATTER HOW FAR que é parte da música do Metallica, mas enfim a relação entre SO CLOSE com Metallica para mim é muito maior do que para ela.

Resumidamente o RankBrain ajuda o Google a mostrar o resultado que você quer ver, baseado nas suas buscas.

É claro que o entendimento do RankBrain para que possa sugerir são fatores do SEO tradicional, Links, otimização on-page, etc… só que ele usa alguns “extra-fatores” que identifica a relevância da página com o usuário.

Ps.: Me cobrem de fazer um artigo só sobre SEO explorando o RankBrain, eu sei fazer umas coisas legais para “enganar” o cérebro do Google e conseguir tirar muita vantagem de tráfego com isso.

  7. “Possum” ( Marsupial ou algo do tipo)

possum algoritmo

Lançado em setembro de 2016 ?????
Atividade:
Objetivo: Entregar melhores resultados baseado na sua localização.

Possum é o nome para os recentes updates do Google para buscas locais, depois de ter falado sobre o Possum o Google começou a retornar diversos resultados diferentes baseado na localização do usuário ( mostrando evidentemente o mais próximo de você). Isso faz com que muitas empresas que não tem um endereço fixo claro para o Google fossem fortemente impactadas, fica aí a dica pra SEO local NUNCA deixe de colocar endereço, telefone, etc…

Isso ajuda ao Possum saber que o seu site está em determinada localização e assim mostrar nos resultados.

 8. Fred

fred-algorithm

Lançado em março de 2017: March 8, 2017
Atividade:
Objetivo: Filtrar conteúdo de baixa qualidade e resultados com o propósito de vendas e monetização com afiliação.

O último update do Google, muitos mitos e crenças pairam sobre o Fred, até porque é um update muito novo escrevo este artigo no dia 13/04. Tem menos de 1 mês que o Fred ta rolando.

Agora vamos aos fatores, tudo que sabemos sobre o Fred é baseado nas alterações que temos tido na SERP.

De todos os projetos que eu tenho somente um teve grandes perdas na SERP e JUSTO o que tinha exatamente o que o Fred disse que ia rebaixar, sites com conteúdo pobre e com o objetivo único de vender.

O meu site é Super-otimizado e com o objetivo claro de vendas.

Por que que eu falo tanto que os mini-sites vão acabar?

Cada vez mais o Google ta evoluindo o seu algoritmo, cada vez mais ele tem priorizado o conteúdo basta analisar todas essas atualizações que passei para vocês.

Começou colocando “ranks” nos links, acabou com o SPAM de links ( Penguin), Otimizou a experiência do usuário (Beija-flor), Passou a entender o que o usuário busca para mostrar melhores resultados ( Rank Brain) começou a mostrar resultados mas eficientes baseado na localização ( Possum) e agora o Fred deixou bem claro que vai priorizar o conteúdo de qualidade.

Certo, não acredita em mim então vou deixar o link da SearchEngineland.com falando sobre o Fred.

Vou fazer melhor, vou copiar uma parte do texto e traduzir aqui para vocês.

“…advertisement, outdated, thin and scraped content, as well as incomprehensible articles made up of 300 word ‘SEO texts’ pumped to the brim with main keyword mentions and void of any useful information or a sense of readability.”

“…propaganda, falta de atualização, conteúdo pobre ou scrapeado, também artigos com leitura ruim feito com 300 “textos SEO” sem passar uma mensagem clara ou com uma boa experiência de leitura.”

“Juan Gonzalez from Sistrix analyzed 300 website domains on Google Germany, Spain, the United Kingdom and the United States, all of which lost Google search results visibility after March 13, 2017. Juan said that “nearly all losers were very advertisement heavy, especially banner ads, many of which were AdSense campaigns … Another thing that we often noticed was that those sites offered little or poor quality content, which had no value for the reader.”

Juan Gonzalez da Sistrix Analisou 300 domínios no Google: Alemanha, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos, todos eles perderam posições depois do dia 13 de março de 2017, juan disse que “Todos os que perderam tinham muitas propaganda, especialmente banners Ads, muitos deles tinham campanhas de Adsense… Outra coisa que nós percebemos foi a queda dos sites que ofereciam conteúdo pequeno ou pobre, que não oferecia nenhum valor para o leitor.

Considerações finais

Baseado em tudo isso que te falei, o que te leva a crer que o Fred é mais uma “pegadinha” do Google em dizer que vai rebaixar sites com pouco ou conteúdo pobre? O que te leva a crer que a estratégias de mini-sites vai durar para sempre? Em todas essas atualizações que citei acima foram várias épocas boas para ranqueamento e várias estratégias diferentes, desde Keyword Cloaking/Stuffing até altas campanhas para geração de links fortes.

Como eu disse anteriormente a maioria dos meus projetos por sorte atendiam aos requisitos do Fred, não estou dizendo que acabou spinner de conteúdo e acabou qualquer técnica black hat, não elas continuarão, porém em outras escalas.

As páginas agora terão que ser o mais descritivas possíveis, os sites devem possuir um sitemaps bem estruturado, CÓDIGO LIMPO e o mais natural possível ( me refiro aos money sites) todos os meus sites parecem sites de verdade, quem entra não diz que é um money site.

Se você curtiu esse artigo deixe o seu comentário e não se esqueça de me cobrar o artigo do RankBrain para SEO, participe do meu grupo no Facebook e WhatsApp Sobre marketing, marketing digital e SEO, ok? Te espero lá no grupo, abraço.

google algoritmo explicado

 

 

Leia também

brunomedeirosjj
Digital Marketer, profissional da área de comunicação e tecnologia há 10 anos, ajuda empresas e empreendedores a aumentarem os seus resultados utilizando o potencial da internet.
3 Comentários
  1. Lincon Sousa disse:

    É difícil encontrar um conteúdo que esteja claro, objetivo e direto ao ponto. Nesse artigo, aprendi muitas coisas, tirei muitas dúvidas e agora sei que estou no caminho certo em relação aos projetos que eu estou criando. Essa do RankBrain é bem interessante mesmo, à noite eu gosto de ouvir músicas e quando vou ouvir alguma do Metallica, é só começar a digitar que aparece a música que eu quero, muito doido isso rsrsrs

    Eu não tive problema com o Fred, pois sempre tento escrever artigos de qualidade, porém eu não tenho muitos recursos, eu começo a dominar a serp, mas depois vou só perdendo posições, pois meus concorrentes são fortes. Mas continuo na luta ai hehe

    Muito obrigado Bruno, você escreveu um baita artigo bem completo, cheio de informação de qualidade e me ajudou bastante, espero que você continue assim. Abraço.

    • brunomedeirosjj disse:

      Valeu pelo Feedback, cara a expectativa é que melhor to curtindo bastante poder cooperar de alguma forma para o mercado de search e marketing digital em geral.
      Ainda bem que está indo no caminho certo, né? hahhaha eu tbm tive sorte dessa vez todos os meus projetos são baseados em conteúdo e não tive problemas.
      Parabéns pelo bom gosto musical, quem sabe um dia a gente num marca pra ouvir um som? hahahaha
      Seek and destroy!

  2. […] post Como funciona o algoritmo do Google – Todas as atualizações apareceu primeiro em Consultor de Marketing Digital […]

Deixe um Comentário