Gestor de Marketing x Consultor de Marketing

Dentre tantos termos que existem no marketing e no marketing digital, eis que surge mais uma dúvida recorrente: Gestor de Marketing ou Consultor de Marketing?

Afinal, qual é a diferença entre ambos e quais são as suas atribuições e funções dentro de uma empresa ou organização?

Vamos iniciar o artigo desmistificando as palavras Gestor e Consultor de acordo com o dicionário Aurélio.

Significado de Gestor

  1. Gerente, Administrador.

Significado de Consultor

  1. Aquele a quem se consulta ou o que dá conselhos.
  2. Pessoa qualificada que, junto de uma empresa, dá pareceres e trata de assuntos técnicos da sua especialidade.
  3. Pessoa que consulta.

É muito comum as empresas, principalmente as grandes dar nomes aos cargos para pessoas competentes à determinadas áreas e que não necessariamente competem com o real significado da palavra, Gestor de marketing, Gestor de T.I, Gestor de Projetos, etc...

Então, vamos pular essa parte e ir direto ao ponto, direto ao que realmente você quer saber por aqui.

Gestor de Marketing: O que faz?

gestor de marketing o que faz

O trabalho do Gestor de Marketing é bem parecido com o do consultor, o objetivo do gestor é gerenciar e administrar.

Enquanto o consultor de marketing fica responsável por dar conselhos e pareceres técnicos em relação ao trabalho que está sendo desenvolvido.

Falando de uma forma prática ambos fazem as mesmas coisas, possuem as mesmas habilidades técnicas e trabalham em busca do mesmo objetivo.

Gestor de Marketing: Habilidades e Competências

Quero ressaltar que estou falando aqui de MARKETING em geral e não somente de marketing digital, eu sempre defendo a ideia de que o marketing digital não existe, tudo que fazemos hoje no digital são adaptações do que sempre foi feito no mundo off-line.

É claro que com suas adaptações e facilidades, ferramentas de automação de processos, maior alcance, etc...

Dentre as habilidades e competências para o Gestor de Marketing ou consultor eu vou destacar as que eu julgo mais importantes.

Primeira habilidade

Ter a habilidade e competência de atingir pessoas qualificadas a comprarem os seus produtos.

Como eu faço isso?

Existem várias formas de você encontrar pessoas interessadas em determinados produtos, eu vou te ensinar algumas técnicas utilizando ferramentas digitais para que você consiga fazer isso.

Por que ferramentas digitais? Porque simplesmente são as que mais funcionam nos dias de hoje, a atenção das pessoas está voltada para a internet.

Atingindo Pessoas

Na internet, é chamado de TRÁFEGO e existem basicamente duas formas de você conseguir gerar tráfego, Orgânico ou Pago.

Isso estou falando em uma esfera global, ok? Não de mídia A ou B. Todo o processo gira em torno desses pilares que vou te falar agora.

Tráfego Orgânico

gestor de marketing trafego organico

Um bom Gestor de marketing tem a habilidade de gerar tráfego orgânico para os seus projetos, é classificado tráfego orgânico quando você não paga diretamente a aquisição desse tráfego, resumidamente é: Você não se apresenta para as pessoas e sim o contrário, as pessoas vêm atrás de você.

Dentre as técnicas mais conhecidas de geração de tráfego orgânico posso te destacar o SEO ( Search Engine Optimization) que são técnicas de otimização de sites para os buscadores ( Google, Bing, Yahoo, Etc...)

Para você ter ideia o Google em 2014 ( a última notícia que vi do gênero) tinha mais de 100 Bilhões de pesquisas por mês, logo é uma excelente opção para atrair tráfego.

Lógico que as primeiras posições no Google em determinados casos valem centenas de milhares de Reais, imagine você ter uma loja virtual que apareça em Primeiro lugar para a palavra "Comprar Iphone 7 Plus"? Quanto valeria esse "ponto comercial"? e é isso que você como gestor de marketing é capaz de fazer para uma empresa.

Fazer com que a empresa apareça nos buscadores e assim consiga gerar mais tráfego e consequentemente mais vendas.

Como otimizar um site para aparecer no Google?

Para você aparecer no Google depende de uma série de fatores, o Google tem um algoritmo com mais de 200 fatores que determinam que aparece ou não aparece na SERP ( tela de resultados).

A título de conhecimento, o Google não revela o que ele determina ser relevante ou não para posicionar os sites tudo que sabemos sobre SEO é baseado em testes.

E nesses testes é comprovadamente que o Google utiliza 03 pilares para determinar quem aparece e quem não aparece nos resultados.

Pilar 01 - Otimização On-page

Otimização On-Page é o que acontece dentro das páginas web, O Google precisa entender que o conteúdo que ele está vendo realmente condiz com o que é buscado.

Se você quer aparecer para a palavra: "GESTOR DE MARKETING" o Google tem que entender que a sua página está falando sobre esse assunto e ele faz isso baseado em: palavras-chaves, distribuição semântica, imagens e vídeos.

Ele considera também fatores como: Tempo de permanência dos usuários, experiência do usuário de uma forma geral, Tempo de carregamento do site, adaptatividade para dispositivos móveis.

Palavras-Chaves 

As palavras-chaves fazem muito sentido para o Google, o ideal é que você tenha a sua palavra-chave exata a que você quer aparecer no título da sua página, ideal que tenha também a palavra distribuída entre as 150 primeiras palavras do texto.

Isso vai fazer com que o Google quando fizer a leitura da sua página identifique que você está sendo claro no que quer dizer, mas CUIDADO! Repetição excessiva de palavras com o objetivo de ranquear não é legal, pois diminui a experiência do usuário e o Google não gosta disso.

O seu texto tem que ser sensível e agradável à leitura, as palavras-chave têm que ser utilizadas de forma estratégica e coerente dentro da sua página.

Distribuição semântica

O robô do Google utiliza de Tags para determinarem a relevância de cada tópico dentro da sua página, essas Tags são representadas por H1, H2, H3 que são elementos de HTML que é onde é feita toda a estrutura de páginas da web.

Quando você faz um texto e não distribui semanticamente as tags de maneira correta, você dificulta o trabalho de leitura do Google e assim evidentemente prejudica o seu posicionamento.

As tags são bem simples de usar, por padrão todo o texto inserido vem com a tag <p> que significa parágrafo que representa um texto comum, como este que você está lendo.

Você utiliza H1, H2 para determinar a relevância, a prioridade em que o Google tem que interpretar o que você quer dizer. Além de ajudar o Google, facilita o entendimento do usuário e ganha alguns pontos no fator "Experiência do usuário".

Imagens e vídeos

Falando ainda da experiência do usuário, o Google entende que um artigo com imagens e vídeos oferecem uma experiência melhor do que os artigos e páginas só com texto.

Eu tenho um vídeo que preparei onde falo bem sobre otimização on-page e vou deixar o link aqui para você assistir eu tenho certeza que vai te ajudar muito a sanar essas dúvidas e outras sobre otimização de páginas na web.

 

Pilar 02 - Backlinks

Um dos grandes diferenciais do Google no inicio em relação aos outros buscadores foi a capacidade de entender os "LINKS" ( sites mencionando outros sites) toda a estrutura de ranqueamento hoje é baseada em links.

Isso facilita muito o trabalho do Google, pois assim ele consegue entender quem é mais relevante e quem não é. Baseado na quantidade e qualidade dos links que o seu site recebe.

Se você tem um site que fala de futebol e recebe um link do GloboEsporte.com o Google interpreta isso como uma coisa boa, reconhece que o seu site tem qualidade pois um portal reconhecido está falando de você.

Os backlinks ajudam o Google de duas formas, a primeira é o reconhecimento de qualidade do seu site e a segunda é que fica mais fácil para ele poder te achar.

Por mais que o Google utilize um Robô para fazer a varreruda na web, já parou para imaginar quantas páginas são criadas todos os dias? Muitas páginas não entram no radar do Google e logo não posicionam, com backlinks isso fica mais fácil.

Backlinks é a parte mais complexa do SEO, eu escrevi um artigo completo sobre backlinks e você pode conferir ele neste link: Backlinks: Guia Completo.

Como Criar Backlinks

Qualquer manipulação de links é considerado Black Hat pelo Google e é passível de punição, a maneira "correta" de criar links para o seu site é criando conteúdo de qualidade e as pessoas espontaneamente mencione você em outros sites.

Eu vou deixar aqui um vídeo que completa esse treinamento que citei acima, que eu falo bastante sobre backlinks e como criar os seus links de forma legal para o Google.

 

Pilar 03 - Palavras-chave

Na verdade o ideal para esse tópico seria PLANEJAMENTO, como o SEO é baseado na concorrência não faz sentido querer sair brigando por qualquer palavra-chave.

Isso porque como você viu acima, exitem fatores de ranqueamento que não são 100% manipuláveis como: Tempo de domínio, Autoridade do domínio, Quantidade de links.

Você não vai conseguir atrair 200-300 links e equiparar-se com o seu concorrente da noite para o dia, por isso o planejamento de palavras-chave é fundamental nesse processo.

Você analisar as palavras certas para poder competir de forma inteligente.

Como você já sabe o que é e como fazer a otimização On-page, já entende sobre backlinks essa etapa se torna fácil.

Você vai analisar cada palavra que você deseja ranquear baseada nos critérios que você acabou de aprender.

Se o título do seu concorrente é otimizado, se a página dele é otimizada de uma forma geral e se o domínio tem autoridade.

Saca esse vídeo que eu fiz mostrando na prática como eu faço uma análise SEO e como você também pode fazer.

Pronto, esse foi um pouco de SEO e como você pode e deve gerar tráfego orgânico como um bom Gestor de Marketing, vamos falar agora da outra forma de geração de tráfego, o pago.

Tráfego Pago

Existem várias mídias para você anunciar, a grande maioria delas trabalham com o formato CPC ( Custo por Clique) que resumidamente é: Você anuncia para determinado público e paga um valor baseado na quantidade de lances que outras pessoas deram para atingir o mesmo público que você.

Vou citar um exemplo de como funcionam os anúncios no Google Adwords por exemplo.

 

 

gestor de marketing adwords

Toda a área circulada de verde são os resultados orgânicos e em vermelho os pagos.

Suponhamos que o Google esteja cobrando R$ 3,00  para a palavra "Marketing digital".

Cada vez que o usuário clicar no seu anúncio, você vai pagar os R$ 3,00.

90% dos anúncios na internet são baseados nesse formato.

Principais mídias para você comprar tráfego para  seu site

Facebook

Instagram

Google

Linkedin

Twitter

O Gestor de marketing deve avaliar qual é a melhor opção de acordo com a presença do público em determinada mídia, a presença de pessoas nas mídias varia de acordo com o mercado alguns mercados têm comunidades forte no Facebook outras no Twitter e etc...

Essa é a primeira etapa do trabalho de um gestor de marketing, conseguir trazer pessoas qualificadas para comprar os seus produtos. Agora vamos à segunda parte da etapa: A CONVERSÃO ( Vendas )

Funil de vendas

Depois de obter sucesso na primeira tarefa o gestor vai então em busca do Grand Finale, A venda de fato.

Para que isso aconteça existe todo um processo envolvido, funil de vendas talvez seja o assunto mais complexo dentro do processo e do trabalho do gestor.

Vou tentar simplificar e resumir o máximo que eu puder talvez eu escreva um  artigo exclusivamente para falar sobre funil de vendas.

Um funil é uma sequencia de processos que o Lead ( potencial cliente) percorre até chegar ao objetivo final de comprar o produto de fato, em alguns casos esse funil pode ser mais longe em outros mais curtos.

gestor de marketing funil de vendas

Então aqui nós utilizamos o processo anterior de geração de tráfego, para que eles entrem no topo desse funil e vá descendo até comprar.

Esse processo existe em qualquer tipo de negociação, quando você vai comprar um carro você passar por esse funil acontece é que nem sempre você passa por esse funil de uma empresa específica, mas as etapas são respeitadas.

Você não acorda um dia e fala: Ok, vou comprar um carro.

Não, você planeja, pesquisa, faz uma viabilidade financeira até chegar na última etapa que é ir na loja e comprar.

O trabalho do Gestor de marketing é desenhar essa campanha, planejar esse funil.

Eu vou deixar um vídeo aqui também onde eu ensino fazer um funil básico, de ante-mão adianto que não existe um Formato perfeito para um funil, não existe fórmula da criação de funis, cada mercado reage de uma forma e necessita de adaptações.

Faça esse que vou te ensinar e conforme o público for respondendo você vai adaptando, esse modelo é um modelo digamos que padrão para ser trabalhado.

 

Considerações finais

2100 palavras, tem tanta coisa para falar sobre gestão de marketing que as vezes até me empolgo e passo dos limites.

Mas, em resumo é isso o trabalho do gestor de marketing é basicamente o mesmo do consultor de marketing sendo muita das vezes distinguidos pela forma de contratação ou atribuições, na maioria das vezes os consultores são freelancers e prestam o serviço de consultoria em marketing, enquanto o gestor na maioria dos casos é um cargo ocupado dentro de uma empresa.

Eu, particularmente não gosto de rotular como A ou B simplesmente faço o trabalho e me preocupo com o que mais importa no processo: RESULTADO.

Espero que este artigo tenha sido esclarecedor e se você quiser saber mais sobre marketing, Marketing digital e SEO eu te convido a participar do meu grupo fechado no Facebook , onde sempre compartilho conteúdo exclusivo com os membros.

Um forte abraço e até a próxima.

gestor de marketing grupo

 

By | 2017-04-26T15:56:25+00:00 abril 26th, 2017|Marketing digital, SEO|

Leave A Comment